ebook
GUIA DO REGRESSO ÀS AULAS
Prático e Descomplicado
Assunção Duarte
Assunção Duarte
11 Mai, 2021 - 11:22

Turismo sustentável: viajar verde é cada vez mais a tendência

Assunção Duarte

O turismo sustentável pode salvar o nosso planeta e não é sinónimo de nunca mais poder viajar ou andar de avião. Saiba tudo sobre este tema.

Turismo sustentável

turismo sustentável é um turismo responsável e inteligente que garante que os nossos filhos e netos possam continuar a viajar e a conhecer o mundo como nós. E ele é muito necessário porque o turismo tem sido um dos grandes responsáveis pela emissão de gases de efeito estufa e contribui bastante para o esgotamento dos recursos naturais como a água ou florestas. 

Uma das opções de viajar verde é dar prioridade ao turismo rural ou agroturismo, evitando regiões muito populares e superlotadas. Mas, também, pode viajar para os locais mais famosos e ser um praticante da modalidade de turismo sustentável, desde que analise a sua pegada como turista e varie um pouco as opções que costuma fazer. 

Turismo sustentável: o transporte importa

jovem a apreciar a natureza de bicicleta

O transporte representa cerca de 75% das emissões globais de carbono no sector do turismo. Por isso, ao preparar a sua viagem, é muito importante que pense bem no meio de transporte que vai utilizar. Se a distância for alcançável por comboio, autocarro, carro alugado ou bicicleta, essa será sempre a melhor opção. 

Por exemplo, um comboio produz menos 90% de emissões de dióxido de carbono do que um avião e nem precisa apanhar nenhum Expresso do Oriente para se poder deliciar com paisagens que desfilam pela janela. Elas estão por todo o lado e nunca as chegará a conhecer se viajar apenas nas nuvens. 

Se alugar um carro, escolha sempre a opção mais verde no combustível  – híbrido ou elétrico – e, se houver um transporte público ou um excursão para locais que queira visitar, essas são ainda melhores opções. Claro que nada bate uma bicicleta ou uma caminhada a pé. Fará turismo e irá regressar de férias em excelente forma.

Pode ir de avião, mas com regras

Se já reduziu as suas viagens de avião às mesmo inevitáveis, pela distância ou pelo tempo que tem disponível para gastar em férias, lembre-se que, mesmo de avião ainda pode fazer opções verdes:

Companhia aérea com frota recente

Existem sites, como o Atmosfair, que comparam e avaliam a eficiência das principais companhias do mundo. Aviões mais recentes tendem a ser mais seguros e mais amigos do ambiente, tal como os eletrodomésticos.

mala de viagem verde

Voe em classe económica

Viajar em primeira classe ou classe executiva é um desperdício de combustível por passageiro transportado. Além dos recursos exagerados que normalmente estão associados a esta classe e que representam mais lixo no final do voo. 

Bagagem mais leve, menos combustível gasto

Quanto mais pesado for um avião, mais combustível ele vai gastar. A bagagem de cada passageiro pode ajudar a reduzir a pegada real de qualquer voo.

Não imprima nada em papel

Se anda sempre com o smartphone no nosso bolso, tente não imprimir nada que possa estar no seu telemóvel. Mas lembre-se que a bateria do seu telemóvel também faz parte da sua pegada ambiental.

Já é tempo de mudar para um carregador solar e, se for portátil, é o ideal para viajar. Existem várias opções no mercado que pode pendurar na mochila ou na roupa para carregar ao sol enquanto visita locais fantásticos.

Turismo sustentável: O alojamento também pode ser verde

quarto de hotel moderno

20% do total de emissões para atmosfera do sector do turismo vem do alojamento pelo que, mais uma vez a sua opção pode fazer a diferença. Ao reservar não se iniba de perguntar sobre todas as opções verdes que gostaria de ver no hotel ou casa onde vai passar as férias:

  • Que tipo de aquecimento ou ar condicionado utiliza e como é alimentado? Opte por energia de painéis solares ou eólica;
  • Tem banheira ou tem chuveiro? Opte sempre pelo chuveiro;
  • E a iluminação, é led ou convencional? Opte pelo led.

Pesquise sempre primeiro as opções de ecoturismo que podem fornecer coisas tão importantes como biopiscinas que utilizam apenas plantas para filtrar a água.

Faça no hotel como em sua casa: poupe

Trocar toalhas todos os dias, deixar a Tv, ar condicionado ou o aquecimento ligado quando sai do quarto, tomar duches ou banhos demasiado longos, são coisas que não faz em casa, por isso, não o faça no hotel. O que o hotel gasta é pago na fatura que você apresenta ao planeta.

E já sabe, se fizer lixo, tente reciclá-lo. Pergunte na recepção onde e como o pode fazer se não tiver nada no quarto para o efeito. Se não houver nesse local ou país o hábito de reciclar, ainda é mais importante que traga consigo o que conseguir e recicle quando estiver de volta a casa.

homem a verificar ar dos pneus e preparar o carro para viajar
Veja também Como preparar o carro para viajar: 5 dicas essenciais

Turismo sustentável: sem plástico e papel

Sabonete em vez de gel

Viajar com um sabonete ou barra de champô pode ser muito mais económico para si e reduz admiravelmente o número de embalagens que deixa para trás.

Sacos de pano em vez de plástico

Substitua tudo o que quer transportar em sacos de plásticos por sacos de pano ou mochilas laváveis e reutilizáveis. 

sabonete artesanal

Garrafa de água reutilizável

É muito fácil reabastecer a sua garrafa com água potável no aeroporto, hotel, museus, restaurantes ou fontes públicas. Se tiver mesmo de comprar uma, use-a múltiplas vezes antes de a deitar fora na reciclagem.

Mais ecrã e menos papel

Já vimos como pode substituir os bilhetes de transporte ou reservas de hotel pela memória do seu telemóvel. Mas também o pode fazer com mapas ou folhetos turísticos. Mas claro, esta poupança só é viável se já tiver optado pelo seu carregador solar para telemóvel.

Turismo saudável: dicas sempre verdes

mulher a limpar a praia

Cuidado com o que compra

Tente saber mais sobre o seu local de destino para poder fazer opções de turismo sustentável quando chega.

Procure produtos do fairtrade (certificação de comércio justo) nos mercado locais, restaurantes ou produtores com soluções orgânicas, ou de permacultura (agricultura sustentável). Vai ver que vai conhecer muito mais da cultura local.

Evite também qualquer tipo de compra de animais selvagens ou compra de produtos derivados como chifre de rinoceronte, pele de animais ou bushmeat (carne de animais exóticos como comida). Estes animais, também ajudam a manter o nosso planeta em equilíbrio.

Viajar e limpar também é gratificante

E que tal contribuir para manter limpo aquele destino que tanto quer visitar e conhecer? Antes de viajar para lá, faça uma pesquisa por ações de limpeza ou associações que promovam essas iniciativas no seu local de destino. Se houver alguma no período em que vai estar de visita, tente participar. É uma forma de ajudar e, ao mesmo tempo, conhecer ainda melhor a cultura do local que visita. 

Quem sabe não poderá até plantar uma árvore local e deixar a sua marca nessa região. Contribuir para a reflorestação do planeta é uma das medidas mais eficazes de combater o aquecimento global. O que mais se pode querer de um turista sustentável? 

Veja também