ebook
Ebook Finanças (s)em Crise
Um guia para tempos complicados
Afonso Aguiar
Afonso Aguiar
07 Jan, 2021 - 11:46

Sistema Start and Stop: o guia completo

Afonso Aguiar

Saiba tudo sobre o sistema Start and Stop: vantagens e desvantagens, o que fazer quando não funciona, como desligar e mais.

carro com sistema start and stop

Inventado na década de 70, mas apenas massificado já no Séc. XXI, o sistema Start and Stop tem como objetivo desligar o motor quando o mesmo não é necessário, como no trânsito, por exemplo.  

Assim, poupa a carteira aos condutores ao diminuir o consumo de combustível (principalmente em percursos citadinos). 

Contudo, há quem defenda que este sistema é irritante e que muitos dos componentes do motor têm um desgaste maior, uma vez que o motor arranca mais vezes. Será isto verdade? 

Para além disso, não é de todo incomum depararmo-nos com amigos ou conhecidos que afirmam perentoriamente que o sistema não funciona.

Ou seja, há muitas questões que se colocam sobre este tema. Assim, neste artigo vamos explorar estas e outras dúvidas, analisar prós e contras e descobrir como funciona corretamente com este sistema e possíveis causas para o não funcionamento.

Como funciona o sistema Start and Stop

O chamado start and stop é um sistema que desativa o propulsor em pequenas paragens e mantendo-o em stand-by e voltando a ligar o veículo ao tirar o pé do pedal do travão ou pisar na embraiagem (dependendo do tipo de transmissão).

Ao parar o veículo sem o desligar com a chave, o automóvel apercebe-se que se encontra num momento de paragem rápida, como semáforo, tráfego ou situações similares. Nesse momento, ele corta o funcionamento das velas e a injeção de combustível.

Nos carros de transmissão automática, isso acontece quando se pressiona o pedal do travão até o fim. Por outro lado, nos de caixa manual costuma acontecer quando se coloca o automóvel em ponto morto, sem pisar a embraiagem. Para ligar o carro novamente, basta soltar o freio ou pisar na embraiagem e o motor volta a funcionar. 

Para ser capaz de tudo isto, o carro com sistema start and stop precisa de:

  • Motor de arranque reforçado;
  • Bateria com maior capacidade, sendo que em alguns carros elétricos ou híbridos incorporam uma segunda bateria;
  • Motor de combustão interna otimizado;
  • Sistema elétrico também ele otimizado;
  • Alternador mais eficiente;
  • Sensores adicionais.

O que fazer quando não funciona?

Cada marca automóvel costuma implementar o sistema Start and Stop com medidas de segurança diferentes. Além disso, o facto de o automóvel ser automático ou de transmissão manual, também influencia. Portanto, é importante ler toda a informação sobre este sistema no manual de instruções. 

Ainda assim, há alguns motivos que são causas quase unânimes de todas as marcas e modelos quando este sistema  não funciona. Por exemplo: 

Cinto de segurança

Muitos veículos não permitem a utilização do sistema Start and Stop se não tiver o cinto de segurança devidamente colocado. É uma das formas de as marcas obrigarem o condutor a seguir as regras de segurança e o Código da Estrada. 

Nestes casos, basta colocar o cinto, que o sistema começará a funcionar.

Temperatura exterior e do motor

Uma vez que todo o sistema de um automóvel necessita de ser lubrificado, refrigerado e arrefecido, caso a temperatura do motor esteja muito alta, após viagens longas, ou por influência da temperatura exterior, o sistema não irá funcionar. Isto porque não é aconselhável que o motor seja desligado abruptamente para evitar um choque térmico.

Também o frio poderá impedir que o sistema funcione, uma vez que o motor, ainda não aquecido, gasta mais combustível ao religar o carro, o que acaba por ir contra o propósito inicial do sistema start and stop.

Por norma, está estabelecido que temperaturas exteriores inferiores a 0ºC e superiores a 30ºC provocam o não funcionamento do start and stop. Além disso, tem de ter em conta, que após viagens longas a velocidades elevadas o motor sobreaquece e, por outro lado, se o veículo estiver muito tempo parado, arrefece.

Inclinações acentuadas

O sistema start and stop para o motor quando sente não ser necessário continuar com o mesmo ligado. Em subidas acentuadas não costuma funcionar, porque vai contra o propósito da circunstância que é trabalhar para o carro não cair.

Zonas alagadas

Uma vez que em zonas alagadas há uma probabilidade maior do tubo de escape estar totalmente ou parcialmente debaixo de água, o sistema Start and Stop automaticamente deixa de funcionar.

Isto porque o arranque do motor origina um processo de sucção no tubo de escape. Se a água for sugada em excesso, pode causar danos irreparáveis ao motor.

Consumo elétrico do carro

Este é um dos pontos que muitos se esquecem! Sendo um sistema elétrico, ter o ar condicionado ligado, um smartphone a carregar e as luzes ligadas vai sobrecarregar a bateria. Para que tudo funcione corretamente a funcionalidade é desativada.

Se quiser voltar a ligar, tem de diminuir a carga da bateria. Desligar só o ar condicionado costuma funcionar.

Bateria

Finalmente, se o seu carro já tem alguns anos de vida o problema mais comum é a bateria. Isto deve-se ao facto de as baterias dos automóveis com este sistema  serem obrigatoriamente maiores e sujeitas a maior desgaste, uma vez que o sistema é elétrico.

Uma bateria de um automóvel com start and stop costuma custar um mínimo de 100€ nas versões mais baratas, mas esse valor poderá inflacionar consideravelmente se optar por um modelo mais potente.

E se não for nenhuma das causas acima?

Por vezes o sistema Start and Stop não funciona apesar de as circunstâncias não indicarem que naquele momento o automóvel não está a cumprir os requisitos. 

Nestes casos, o melhor que tem a fazer é desligar o sistema e dirigir-se o quanto antes a uma oficina. Pode tratar-se de um simples defeito no seu sistema, ou de algo mais grave, como algum problema no alternador.

Há muitos condutores que se limitam a desligar o sistema, sendo essa uma alternativa na maior parte dos modelos.

Apesar de ajudar a poupar combustível e também a reduzir as emissões de CO2, também aumenta o desgaste de outras peças, o que também tem os seus problemas associados.

Start and Stop: os prós e os contras

condutor a carregar no botão start and stop

Tal como qualquer sistema inovador, também o start and stop apresenta vantagens e desvantagens.

Numa primeira análise, a vantagem mais reconhecida é a redução do consumo de combustível e, consequentemente, uma pequena diminuição da emissão de gases poluentes.

Contudo, este não é a única vantagem. Por outro lado, existem também alguns aspetos contra que importa conhecer.

Vantagens

1. Redução do consumo de combustível

Como já referimos, esta é a primeira, e mais óbvia vantagem deste sistema. Pode parecer banal mas, essencialmente em ambientes urbanos onde há uma maior quantidade de semáforos e trânsito mais abundante, este sistema mostra-se bastante eficaz. 

Se experimentar cronometrar o tempo que passa parado nestas situações, verá que não é tão residual quanto isso, principalmente nas grandes cidades.

2. Mais silencioso

Com o sistema Start and Stop, quem está no interior do habitáculo é poupado a todos os ruídos e vibrações relativos ao facto de o motor estar a trabalhar, principalmente nos motores a diesel (embora sejam cada vez menos barulhentos e vibrantes). 

Se tiver em conta que o grosso da condução é feita em cidade, isto representa uma maior tranquilidade durante grande parte do tempo que passa no interior do carro.

3. Pode sempre ligar ou desligar o sistema Start & Stop

Regra geral, as marcas permitem que este sistema seja desligado, salvo algumas exceções, como a Chrisler. 

A questão que surge neste ponto é que muitos condutores podem desconhecer esta funcionalidade, que é até bastante simples. 

Na maioria dos carros, para desligar o start and stop  é apenas necessário pressionar o botão com um “A” junto a uma seta no sentido dos ponteiros do relógio. Ou então, basta pressionar o botão que diz “start/stop”. Noutros modelos, é possível fazê-lo a partir do computador de bordo.

Em qualquer dos casos deverá surgir um aviso no painel de instrumentos, ou uma luz no próprio painel, a indicar que a tarefa foi bem-sucedida.

Normalmente, ao desligar o botão Start and Stop, o sistema deixa de funcionar até que a viatura seja desligada. Quando é ligado novamente, voltará tudo ao normal.

Para o desligar permanentemente, é provável que tenha de pedir ajuda profissional. Pode variar de marca para marca e modelo para modelo. Antes de tomar essa decisão, faça o teste e desligue-o durante algumas viagens, para perceber se o consumo do automóvel aumenta, comparando com os momentos em que o sistema está funcional.

O grande objetivo do sistema Start and Stop, como já referido,  é ajudar a reduzir o consumo de combustível, reduzir emissões de CO2 e dar algum conforto à condução. Por isso, avalie as suas necessidades antes de tomar uma decisão definitiva.  

Desvantagens

1. Ar condicionado

Imagine que circula na cidade com o ar condicionado ligado e está parado num semáforo. O sistema Start and Stop entra em ação e o ar condicionado desliga-se, pois a bateria não tem capacidade suficiente para aguentar muito tempo um aparelho de ar condicionado ligado e este gasta bastante energia.

Atualmente, e em carros não muito antigos, o ar condicionado impede a ativação do sistema, não permitindo que o motor se desligue. Em alternativa, o Start and Stop é acionado e o fluxo de ar em vez de ser desligado é drasticamente reduzido por alguns instantes. 

Porém, caso a paragem seja um pouco mais longa, o motor reinicia sozinho, de forma a alimentar devidamente o ar condicionado.

2. Barulho de ligar e desligar

Em cidades com bastantes semáforos e trânsito, como a cidade do Porto, por exemplo, passar o tempo a ouvir o motor a reiniciar pode ser um pouco irritante. No entanto, como já referido, tem sempre a opção de desligar este sistema.

3. Bateria mais cara

A bateria terá de ter uma capacidade um pouco maior para suportar o sistema Start and Stop, o que implica custo acrescido relativamente a veículos sem este sistema. 

Uma bateria com capacidade média (80Ah) custa entre 100€ a 120€, enquanto uma bateria com um pouco mais de capacidade (110Ah) poderá ir até aos 150€.

mulher a alinhar a direção com volante
Veja também A importância de alinhar a direção do carro

Outras questões acerca do sistema Star and Stop

O motor desgasta mais com a utilização deste sistema?

Uma das principais questões prende-se com o desgaste do motor. Será que, por arrancar mais vezes, estamos a desgastar mais esse componente?

Um veículo com Start and Stop tem um sistema de arranque muito mais reforçado do que um modelo sem este sistema. Assim, está preparado para efetuar muitos mais ciclos de arranque, tendo um alternador diferente e um motor de arranque suficientemente forte para suportar arranques muito mais frequentes.

A nível eletrónico, os comandos e os sensores da bateria, da cambota, da rotação das rodas e de posição neutra (ou ponto morto) são suportados por um software capaz de analisar todos estes dados e avaliar a necessidade de ativar ou não o Start and Stop.

Quando o veículo fica imobilizado, o sistema desliga o motor, mas a maioria das outras funções, como o rádio ou as luzes continuam ativas.

O sistema Start/Stop ajuda o carro a consumir menos?

Vários especialistas garantem que o sistema Start and Stop ajuda a consumir menos, uma vez que, com o motor de arranque reforçado, voltar a ligar o carro consome unicamente o equivalente a 0,7 litros a cada 100 km. 

Isso significa que desligar e voltar a ligar consome menos combustível do que mantê-lo ligado em pequenas paragens.

As estimativas apontam que, graças a este sistema, cada carro pode poupar cerca de 10 a 30% de combustível, dependendo do uso. Além disso, como não está tanto tempo ligado, acaba por diminuir a emissão de CO2.

Não tendo sistema Start and Stop, pode-se cumprir a sua função manualmente com a chave de ignição?

Não é recomendado, uma vez que os veículos equipados com este sistema têm outro tipo de preparação e resistência ao elevado número de arranques do motor. 

Caso o faça, o carro ficará mais suscetível ao desgaste.

Agora que efetivamente sabe tudo sobre este sistema já pode decidir se mantê-lo ligado ou adquirir um veículo com esta funcionalidade é, ou não, o ideal para si e para as suas necessidades.  

Veja também

Aviso Legal

O Ekonomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O Ekonomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].