Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
André Freitas
André Freitas
08 Out, 2019 - 10:47

SUV que passaram a pagar Classe 1 aumentaram as vendas

André Freitas

As vendas dos SUV aumentaram, muito por causa de uma mudança na legislação. Saiba qual foi e que impacto tiveram estas vendas na economia nacional.

Honda CR-V 2019

O mercado automóvel, e as suas vendas encontram-se em metamorfose. De dia para dia e cada vez mais, vemos uma maior quantidade de SUV e mini SUV nas nossas estradas. Estes dois segmentos de carros têm conquistado a sua quota de mercado, e ganho o seu espaço nas garagens dos portugueses.

Recentemente, as vendas dos SUV que pagam apenas classe 1 aumentaram. Um factor que contribuiu para esse aumento foi a recente revisão da lei das portagens por parte do Governo.

Esta revisão foi pressionada pelas fabricantes de automóveis instaladas em Portugal, e levou a que vários modelos de carros considerados classe 2, passassem agora a ser considerados como classe 1.

Como tal, este segmento que já se encontrava em elevado crescimento, tornou-se ainda mais apetecível.

O que mudou para as vendas dos SUV classe 1 terem aumentado?

Audi Q3
Fonte: Audi / Audi Q3 Sportback

Primeiro, é importante perceber quais foram as alterações registadas na lei, alterações essas que entraram em vigor no dia 1 de janeiro de 2019. Até então, eram considerados como classe 1 os automóveis ligeiros com até 1,10 metros no eixo da frente. A partir de 1 de janeiro de 2019, este limite subiu para 1,30 metros.

Esta alteração beneficiou, principalmente, o segmento SUV. Estes automóveis, mais altos, pagavam classe 2 nas portagens. No entanto, este tipo de automóveis que eram considerados como classe 2 e agora cumprem o limite de altura para a classe 1, têm ainda que cumprir algumas outras condições:

  • têm que ter um peso bruto superior a 2300 kg e inferior ou igual a 3500 kg;
  • altura, medida à vertical do primeiro eixo do veículo, igual ou superior a 1,10 metros e inferior a 1,30 metros;
  • lotação igual ou superior a 5 lugares;
  • não podem ter tração às quatro rodas (permanente ou inserível);
  • têm que cumprir a norma de emissões EURO 6 (apenas para veículos com matrícula posterior a 01-01-2019);
  • é obrigatória a subscrição do sistema Via Verde.

Como é que isso se refletiu nas vendas dos SUV classe 1?

Com esta “pequena” alteração, há 23 modelos que passaram agora a ser considerados como classe 1, ao invés de classe 2. Estes modelos viram as suas vendas no primeiro semestre de 2019 sofrerem um aumento de 34,4%, segundo a ACAP – Associação Automóvel de Portugal. E este crescimento não foi maior pois entrou em vigor a nova norma de emissões WLTP.

No total, foram vendidos, no primeiro semestre de 2019, 2944 automóveis que eram classe 2 e passaram agora a ser considerados como classe 1. Foi um aumento de cerca de 25%, face ao número de veículos comercializados no mesmo período, no ano anterior.

Do total de 24 modelos de automóveis que beneficiaram com esta alteração, 19 são SUV. Desses, foram 11 os modelos cujas vendas aumentaram. Por outro lado, 8 viram as suas vendas diminuir, com destaque para o Nissan X-Trail, cujas vendas diminuíram em 2019 num total de 2741 unidades.

Para esta diminuição contribuíram também as dificuldades com a homologação de novos carros, principalmente a gasóleo, de acordo com a norma de emissões WLTP.

No lote de modelos que viram as suas vendas aumentarem destacam-se o Renault Kadjar, o Renault Scénic, o Toyota Rav4, o Kia Sportage e o Jeep Renegade. Também o Opel Grandland X deve ser referido. Não pelo seu aumento nas vendas, mas sim pela sua entrada no mercado. A Opel só começou a vender o Grandland X, em Portugal, no início do ano de 2019, na sequência desta revisão das classes das portagens.

Se também é fã da tendência dos SUV, os automóveis desportivos mais altos, aqui tem mais uma boa razão para adquirir um automóvel deste segmento.

Automóveis que eram classe 2 que passaram a classe 1 nas portagens

Range Rover Evoque
Fonte: Range Rover / Range Rover Evoque
  • Ford EcoSport
  • Ford Kuga
  • Honda CR-V
  • Hyundai Tucson
  • Jeep Compass
  • Jeep Renegade
  • Kia Sportage
  • Range Rover Evoque
  • Lexus Nx
  • Mazda CX-5
  • Mitsubishi Eclipse Cross
  • Nissan e-NV200
  • Nissan X-Trail
  • Opel Grandland X
  • Opel Mokka X
  • Peugeot Rifter
  • Renault Kadjar
  • Renault Koleos
  • Renault Scénic
  • Toyota RAV 4
  • Citroën Berlingo
  • Opel Combo
  • Peugeot Partner
Veja também