Uvas: 6 benefícios da fruta dos deuses

Moscatel, brancas, pretas e passas - são apenas algumas variedades das uvas. Entre elas há elementos comuns: a doçura e vários benefícios para a saúde.

Uvas: 6 benefícios da fruta dos deuses
As uvas são ricas em fibras, vitaminas e minerais

É essencial comer fruta durante todo o ano. Contudo, no verão, a fruta torna-se mais apetecível e, com efeito, a oferta é mais variada: melancia, meloa, uvas, figos, pêssegos, alperces.

Uma das razões para o aumento do consumo é a frescura das frutas. E, na verdade, há diversas formas de desfrutar das mesmas, seja em saladas de fruta, smoothies, batidos ou gelados. Por outro lado, não podemos esquecer as propriedades que estas possuem, nomeadamente os antioxidantes, taninos, polifenóis e fibra.

Uvas: quais os benefícios para a saúde?

1. Fortalecem o sistema imunitário

gripe

A vitamina C está sempre no centro das atenções quando o assunto é o combate às gripes e constipações. Ao agir na luta contra as infeções, as células eliminam as bactérias nocivas à saúde, para além de manterem a pele saudável e promoverem os processos de cicatrização.

Para além das uvas, também os kiwis, citrinos, bagas e pimentos vermelhos são alimentos ricos em vitamina C.

2. Melhoram a coagulação sanguínea

coagulação sanguínea

As uvas são ricas em vitamina K, conhecida como a vitamina da coagulação. Outro poder que também lhes é reconhecido está relacionado com o papel importante que desempenham ao nível dos ossos e do cérebro, no metabolismo ósseo e capacidade cognitiva. Propriedades estas que estão ser avaliadas através de investigação médica, nomeadamente em relação a doenças neurodegenerativas, como a doença de Alzheimer.

Podemos encontrar a vitamina K essencialmente nos vegetais de folha verde, como é o caso dos agriões, alfaces e brócolos.

3. Controlam a prisão de ventre

prisão de ventre

A presença de ácidos orgânicos, açúcar e celulose distingue as uvas como um eficaz tratamento no combate à prisão de ventre, problema comum a 20% da população.

Ao serem ricas em fibra, as uvas estimulam o funcionamento dos intestinos. Ainda que com um efeito laxante suave, têm a capacidade de tonificar os músculos estomacais e do intestino.

4. Previnem doenças cardiovasculares

doenças cardiovasculares

As uvas estão identificadas como um dos alimentos que têm a capacidade de baixar os níveis de colesterol, uma vez que contêm flavonoides benéficos, com um grande impacto nos níveis de colesterol.

Por sua vez, ao aumentar os níveis de ácido nítrico no sangue, evita a formação de coágulos sanguíneos, tornando-se numa forma eficaz de reduzir as probabilidades de ataques cardíacos.

5. Previnem o cancro

cancro da mama

Os antioxidantes e os radicais livres presentes nas uvas ajudam na prevenção de cancro, mas já alguns alguns estudos que defendem o sumo de uva como medida preventiva do cancro da mama.

6. Contêm ácido fólico, essencial na gravidez

ácido fólico

Uma das carências vitamínicas mais comuns nas grávidas é o ácido fólico, também conhecido como vitamina B9. Deste modo, os nutricionistas aconselham o consumo de uvas nos primeiros meses de gravidez.

Por conterem ácido fólico, as uvas contribuem para o bom desenvolvimento do tubo neural do feto, que se fecha ainda antes de uma pessoa normalmente realizar o teste de gravidez.

Cuidados no consumo

Para além de todos os benefícios apresentados, as uvas contêm poucas gorduras. Contudo, as uvas pretas, assim como as uvas passas, estão desaconselhadas para os diabéticos devido ao seu elevado teor de açúcares. Uma alternativa passa pelas uvas brancas, que contêm menos açúcar, mas ainda assim são ricas em hidratos de carbono.

Veja também: