Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
André Freitas
André Freitas
20 Nov, 2019 - 17:26

Novo Ford Mustang Mach-E: 10 coisas que deve saber sobre este SUV elétrico

André Freitas

O novo Ford Mustang Mach-E é a mais recente aposta da marca americana para o segmento elétrico. Veja tudo o que já se sabe sobre este revolucionário SUV.

Ford Mustang Mach E

A Ford decidiu entrar no segmento dos SUV elétricos. E, para entrar em grande, a fabricante americana optou por se inspirar no seu clássico e ícone: o Ford Mustang.

Aquilo que era uma tendência e aposta, passa a ser uma certeza: o mercado dos SUVs e elétricos encontra-se num elevado crescimento, e a Ford não poderia ter escolhido um modelo melhor e mais adequado para uma aposta tão grande.

Assim, o novo Ford Mustang Mach-E é o modelo mais recente da fabricante americana, que foi revelado pela marca no dia 17 de novembro, em Los Angeles, com grande pompa e circunstância.

O novo Ford Mustang Mach-E também será o primeiro Mustang de 5 portas. Desde o seu lançamento em 1964, nunca existiu um Mustang com mais de 3 portas.

Para além deste novo SUV, a Ford também apresentou o Mustang Coupé Elétrico, que será denominado como Mustang Lithium e terá cerca de 900 cv de potência.

Surpreenda-se com o novo “monstro” silencioso e conheça 10 curiosidades sobre o novo Ford Mustang Mach-E SUV.

10 Factos surpreendentes sobre o novo Ford Mustang SUV

Ford Mustang Mach E
Fonte: Ford

1. Design exterior

O novo Ford Mustang Mach-E é um carro impressionante, e embora tenho mais o aspeto de crossover, a Ford decidiu apelidá-lo de SUV.

Com alguns detalhes a fazer lembrar o Ford Mustang Coupé, como os faróis LED com três barras verticais, ou a grelha frontal (que agora é totalmente fechada), o Mach-E continua a seguir a linha do modelo original e apresenta-se como um carro de estilo desportivo.

De linhas arrojadas e bastante agradáveis, o Mustang Mach-E não perde a sua identidade, nem o seu símbolo: o cavalo galopante continua a destacar-se tanto na parte frontal, como na traseira.

O que os consumidores procuram agora no mercado automóvel são carros desportivos onde possam levar a família e amigos. E foi precisamente isso que a Ford criou. Um carro desportivo onde se pode levar toda a família.

2. Interior

Ford Mustang Mach E
Fonte: Ford

O interior não contém qualquer material de origem animal. É composto por materiais de elevada qualidade, como o couro sintético “Sensico” aplicado nos assentos e no volante, ou o tecido Premium Black Onyx ou Space Grey aplicados no painel.

O painel é bastante semelhante ao do primeiro Mustang, o que, para além de ser bastante agradável a nível estético, é também mais um ponto onde a Ford demonstra não querer perder a essência do Mustang original.

3. Tecnologia

O grande destaque é, sem dúvida, o enorme ecrã tátil vertical de 15,5 polegadas que se encontra no centro do painel central.

Mesmo com um botão físico de volume, o painel continua a ser bastante incrivelmente agradável e dá (mais) um toque moderno ao interior do automóvel.

O painel de instrumentos, também ele digital, tem 10,2 polegadas.

Equipado, de fábrica, com o sistema SYNC, e com uma interface bastante apelativa e intuitiva, este equipamento faz lembrar aquele que é utilizado nos modelos da Tesla. O SYNC adapta-se às preferências do utilizador e apresenta até sugestões personalizadas.

Se tem por hábito ligar todos os dias, à mesma hora, à mesma pessoa, o carro vai registar esse padrão e, passado algum tempo, vai simplesmente sugerir ligar a essa pessoa nessa determinada hora.

O Co-Pilot 360 2.0, o mais recente sistema de segurança ativa da Ford, é um dos outros equipamentos de série oferecidos neste modelo.

4. Bateria e carregamentos

Ford Mustang Mach E
Fonte: Ford

O Mach-E pode ser equipado com dois tipos de baterias de iões de lítio: a unidade standard contém 288 células, e a bateria de longo alcance 376 células. Ambas têm uma garantia de 8 anos ou 160.000 quilómetros.

Obviamente que a autonomia de qualquer veículo depende de inúmeros fatores. No entanto, a Ford indica que um modelo equipado com bateria de longo alcance e tração traseira, deve ter uma autonomia de pelo menos 480 quilómetros.

O Mustang Mach-E, na sua versão mais simples, possui um único motor elétrico na parte traseira, utilizado para acionar apenas as rodas traseiras.

A tração a quatro rodas também está disponível, mas para isso é utilizado um pequeno motor montado junto ao eixo dianteiro.

A variante GT vem equipada com um grande motor elétrico em cada extremidade do carro, para permitir atingir velocidades mais elevadas.

Os modelos equipados com a bateria de longo alcance e tração nas quatro rodas têm cerca de 332 cavalos de potência. Os modelos GT têm ainda mais potência: 459 cavalos.

O Ford Mustang Mach-E SUV será vendido com um carregador convencional. No entanto, é possível comprar um equipamento para carregamento rápido a ser instalado em casa.

Com este equipamento, o carro pode ganhar 51 quilómetros de autonomia por hora de recarga.

5. Bagageira

A bagageira do Ford Mustang Mach-E tem uma capacidade de 821 litros quando carregada até ao tejadilho, podendo este número aumentar para os 1687 litros, se o banco traseiro for rebatido.

Mas este carro traz mais uma novidade… Na frente, onde nos carros a combustíveis fósseis se localizaria o motor, é possível encontrar um outro compartimento de carga com capacidade para 136 litros.

Esta bagageira adicional, à semelhança de outros modelos da Ford, contém um dreno, o que permite a fácil lavagem deste compartimento. .

Este espaço extra pode ser bastante útil para, por exemplo, durante o verão armazenar bebidas com gelo. Posteriormente, o gelo derrete e fica com água, que será facilmente retirada ao abrir o dreno.

6. Motorizações

O Mustang Mach-E SUV estará disponível em cinco motorizações: Select, California Route 1, Premium, First Edition e GT.

Cada motorização tem especificidades próprias, mas podemos destacar a autonomia nas versões California Route 1 e Premium (até cerca de 480km), e a performance na versão GT (dos 0 aos 100 em menos de 4 segundos).

7. Experiências de condução

Ford Mustang Mach E
Fonte: Ford

Este modelo conta com três diferentes tipos de “experiências de condução”: Whisper (Sussurro), Engage e Unbridled (Desenfreado).

Estes diferentes tipos de condução diferenciam-se muito mais do que apenas pelo desempenho do motor ou controlo sobre a direção do carro.

O carro irá adaptar-se tendo em conta o tipo de experiência selecionado, como por exemplo: a iluminação ambiente, sons e até as animações do ecrã central, alteram-se.

8. Portas inovadoras

Está a imaginar um carro sem maçanetas? Pois, é assim o novo Ford Mustang Mach-E, sem maçanetas.

As maçanetas foram substituídas por pequenos botões nos quais o condutor tem apenas que tocar para que as portas se abram.

As portas frontais têm um puxador, mas as portas traseiras não.

Se preferir, pode simplesmente fazer download da aplicação para o seu smartphone e, utilizando a tecnologia Bluetooth, o carro abrirá a porta ao detetar a sua presença.

9. Ford Mustang Mach-E vs Concorrência

Ford Mustang Mach E
Fonte: Ford

Os concorrentes do Ford Mustang Mach-E não são aqueles que concorriam diretamente com o Mustang tradicional de duas portas, logicamente.

Com o seu novo Mustang 100% elétrico, a Ford deixa de competir diretamente com a Dodge ou a Chevrolet e passa a competir com a Mercedes, a Jaguar, a Audi, e claro, a maior fabricante de carros elétricos neste momento, a Tesla.

A adaptação de um modelo tão carismático e icónico como o Mustang, está a ser bem recebida por todos. Aliás, até o dono da Tesla, Elon Musk, felicitou a Ford por esta jogada genial.

O Ford Mustang Mach-E vai concorrer diretamente com o Tesla Model Y (ainda em fase de desenvolvimento) a nível de performance, preço e outros atributos.

Outros elétricos com os quais o Mach-E vai concorrer diretamente são o Jaguar I-Pace, o Mercedes EQC e o Audi E-Tron.

10. Preços e lançamento

Em relação aos preços, apenas são conhecidos aqueles que vão vigorar no mercado norte-americano. Assim, de acordo com cada modelo os preços serão os seguintes:

  • modelo Select, de entrada de gama, na sua versão base, custará pouco mais de 40.000 dólares
  • modelo Premium irá custar cerca de 50.000 dólares
  • modelo California Route 1 terá o preço a iniciar nos 52.000 dólares
  • modelo First Edition custará perto de 60.000 dólares
  • modelo GT irá custou pouco mais de 60.000 dólares

Em 2020 entrarão no mercado apenas as versões Premium e First Edition. Para as restantes motorizações, vai ser preciso aguardar até 2021.

Nos Estados Unidos é já possível fazer uma pré-reserva deste modelo através de um depósito (reembolsável) de apenas 500 dólares.

Quanto a Portugal, ainda não há data de lançamento ou preços.

Veja também