ebook
Ebook Finanças (s)em Crise
Um guia para tempos complicados
Catarina Milheiro
Catarina Milheiro
03 Mar, 2021 - 10:08

2ª fase dos Exames Nacionais: as alterações em 2021

Catarina Milheiro

Porquê recorrer à 2ª fase dos exames nacionais? O que muda em 2021 por imposição da terceira vaga da pandemia? Saiba tudo.

jovem a realizar exame na 2ª fase dos exames nacionais

A 2ª fase dos Exames Nacionais é, habitualmente, uma fase do calendário escolar em que muitos alunos estão envolvidos, seja para melhorar as notas das disciplinas ou para ingressar no Ensino Superior.

Contudo, este ano houve alterações no calendário escolar e é importante que fique a par de tudo.

2ª fase dos exames nacionais em 2021 com muitas alterações

O ano passado foi um ano escolar atípico e tem-se mantido assim desde o início do novo ano. Foram operadas mudanças profundas na educação e a 2ª fase dos Exames Nacionais não foi exceção.

Fique atento a tudo o que precisa de saber, tendo em conta a situação que vivemos. 

O ano letivo ficou em suspenso devido às medidas de confinamento impostas pela pandemia. Como tal, ficou decidido que as provas de aferição do 2º ano de Educação Física e Expressão Artística ficariam canceladas.

No entanto, a realização dos exames nacionais de acesso ao ensino superior mantém-se de pé, embora o calendário dos mesmos fosse completamente alterado.

2ª fase dos exames nacionais: o que mudou

Face às alterações do calendário escolar, como já referimos, as provas de aferição de Educação Física e de Expressão Artística foram canceladas e os exames nacionais também foram adiados.

O que significa que, em 2021, a primeira fase será realizada em Julho (e não em Junho) e a 2ª fase dos exames nacionais será em Setembro (em vez de Julho, como estaria previsto).

Tais alterações estão relacionadas com o facto de o calendário escolar ter andado todo para a frente, devido às medidas impostas pelo Governo para dar resposta à Pandemia no início deste ano.

Importa ainda referir que em 2021, a Comissão Nacional de Acesso ao Ensino Superior (CNAES), propõe que sejam apenas realizados os exames nacionais necessários para a candidatura a cada curso. No entanto, admite a possibilidade de melhoria de nota.

Assim, calendário dos exames do Ensino Secundário é o seguinte:

  • 1ª fase dos exames nacionais: entre 2 e 16 de julho;
  • 2ª fase dos exames nacionais: entre 1 e 7 de setembro.

Calendário escolar 2020/2021

Conheça as alterações impostas devido à pausa letiva que ocorreu em janeiro.

Outras alterações ao calendário escolar e de exames em 2021

Datas para o final do 3º período

Para o ensino pré-escolar, 1º e 2º ciclos, o final do terceiro período está marcado para o dia 8 de Julho. Já para os 7º, 8º, e 10º anos de escolaridade, o final do terceiro período será no dia 23 de Junho.

Relativamente aos 9º, 11º e 12º anos, a data de término está marcada para o dia 18 de Junho.

Provas de aferição do 2º, 5º e 8º anos

O Ministro da Educação já tinha referido que as provas de aferição do 2º ano de Educação Física e Expressão Artística estão totalmente excluídas do calendário escolar. Estas provas estariam previstas para decorrer entre o dia 3 e 11 de Maio.

Contudo, as provas de aferição do 2, 5º e 8º anos irão realizar-se entre os dias 14 e 21 de Junho, sendo que a componente oral da prova de inglês do 5º ano será entre 27 de Maio e 9 de Junho.

Provas finais do 9º ano

A 1º fase das provas finais do 9º ano será entre o dia 28 de Junho e 2 de Julho, com afixação dos resultados a 19 de Julho. Relativamente à 2ª fase, esta decorrerá entre 21 a 23 de Julho, com afixação dos resultados a 3 de Agosto.

Exames Nacionais: fases e datas de afixação de resultados

  • 1ª fase dos exames nacionais: entre os dias 2 a 16 de Julho, com afixação dos resultados a 2 de Agosto;
  • 2ª fase dos exames nacionais: entre o dia 1 e 7 de Setembro, com afixação dos resultados a 16 de Setembro.

Quais são as características técnicas das provas finais de ciclo e exames finais em 2021?

Conforme descrito pelo IAVE, na informação complementar sobre os exames, que disponibiliza online, estas provas irão conter questões obrigatórias cujas respostas serão contabilizadas para a classificação final.

No entanto, os alunos terão ainda acesso a mais questões, às quais poderão responder. Neste caso serão contabilizadas para a classificação final as respostas nas quais obtenham melhor pontuação.

É importante ainda referir que, no ano passado, o Governo decidiu que só os alunos do ensino secundário que quisessem prosseguir estudos no ensino superior, eram obrigados a fazer as provas finais do 11º e 12º anos, nas disciplinas que funcionavam como ingresso aos cursos pretendidos.

Em 2021 ainda não se sabe quem tem de fazer exames e qual a sua ponderação nas notas finais do secundário.

Veja também

Aviso Legal

O Ekonomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O Ekonomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].