Clara Henriques
Clara Henriques
07 Abr, 2015 - 08:15
Abertas as candidaturas para concorrer à União Europeia

Abertas as candidaturas para concorrer à União Europeia

Clara Henriques

A União Europeia acaba de abrir novas vagas de emprego em Bruxelas e Luxemburgo, prometendo salários que rondam os quatro mil euros por mês.

O artigo continua após o anúncio
Sempre sonhou ter uma carreira europeia? Então certamente que esta notícia lhe vai interessar. A União Europeia anunciou que está a recrutar profissionais para Bruxelas e Luxemburgo, oferecendo um salário de mais de 4 mil euros por 40 horas semanais.
Para concorrer a estes lugares excecionais, os candidatos deverão dominar pelo menos duas línguas europeias, sendo que uma delas “tem de ser  o inglês, o francês ou o alemão”. Pode ler-se em notícia que também é preciso ter, no mínimo, “três anos de formação superior, tendo um diploma comprovativo atribuído até 31 de julho de 2015”. O domínio das línguas é absolutamente fundamental para qualquer trabalho além-fronteiras, nomeadamente na União Europeia.
FIQUE ATENTO:
Se quer receber mais notícias gratuitas como esta, basta registar-se no E-Konomista. Toda a informação sobre emprego actualizada ao minuto.
No site oficial da União Europeia está anunciado que os candidatos “irão colaborar na definição e desenvolvimento de políticas, bem como na gestão de recursos, incorporando assim os quadros permanentes da organização. Para além destas ofertas, estão outras disponíveis nos diversos institutos e organismos, apesar de serem relativas a trabalho temporário.
Fundada em 1993, a União Europeia é uma união económica e política dos 28 Estados-membros independentes que estão geograficamente no continente europeu.
Se quer fazer parte deste projeto – apresse-se, porque as candidaturas decorrem apenas até dia 21 de abril. Consulte aqui.

Veja também: