ebook
           
GUIA DO REGRESSO ÀS AULAS
Patrocinado por Escola Virtual - Grupo Porto Editora
Afonso Aguiar
Afonso Aguiar
22 Jun, 2022 - 21:18

Chegou o Aiways U5, o primeiro 100% elétrico chinês em Portugal

Afonso Aguiar

Com um design completamente moderno, o Aiways U5 traz também consigo tecnologia de ponta. Venha conhecer este elétrico chinês.

Aiways U5

Comercializado em território nacional desde o início de junho de 2022, o Aiways U5 é o primeiro carro 100% elétrico chinês a chegar a Portugal, mas é também mais do que isso.

Oriundo de um mercado com pouca presença na Europa, pode-se dizer que corresponde a mais um passo rumo à expansão das construtoras chinesas no Velho Continente, ao mesmo tempo que, graças a pequenas características estéticas, arrisca-se a ser um sinal de que os automóveis futuristas de filmes como “Minority Report” ou “Blade Runner” poderão não ser tão impensáveis assim.

Aiways: o primeiro 100% elétrico chinês a chegar a Portugal

Design futurista

Com 4.68 metros de comprimento, 1.87 metros de largura e 1.7 metros de altura, o Aiways U5 é claramente um SUV de classe D. Além do perfil elegante e as dimensões generosas, é nos detalhes que se destaca, salientando-se, entre outras coisas, o spoiler cuidadosamente desenhado e os manípulos das portas retrácteis.

As luzes LED, em forma de L na parte da frente e a atravessar toda a largura do veículo atrás, não só não podiam faltar, como também ajudam a atribuir o ar refinado ao Aiways U5. As jantes são de liga leve de 17 polegadas na versão original, podendo receber um upgrade na versão premium para 19”.

No tejadilho vem incorporado com barras capazes de transportar até 75 kg. Além disso, o duplo spoiler no extremo do tejadilho foi desenhado com o propósito de garantir o aerodinamismo ideal, sem descurar uma aparência sofisticada.

Porém, em termos estéticos, no Aiways U5 nada sobressai mais do que a ausência de uma verdadeira grelha frontal na parte inferior do capô. Existe efetivamente duas pequenas grelhas laterais e uma pequena frontal debaixo do mesmo, mas é a não existência da tradicional grelha frontal que permite acreditar que os designs futuristas dos carros dos filmes de ficção científica não estarão tão errados assim.

Interior confortável e espaçoso

Não foi só no exterior do automóvel que a marca chinesa procurou não desiludir. Também o interior foi desenhado com o intuito de garantir a satisfação e conforto do seu comprador. Na versão prime, os bancos são forrados a couro, e o do condutor e passageiro dianteiro têm ainda a possibilidade de regulação elétrica (respetivamente em seis e em quatro direções), além do apoio lombar eletronicamente ajustável em duas direções.

Os bancos traseiros são rebatíveis a 60:40 e, levantando o piso de carga, é possível criar um compartimento plano com uma capacidade de 1.543 litros. Além disso, graças às suas unidades retentoras para cadeiras de criança I-SIZE, o Aiways U5 oferece segurança extra para os mais pequenos.

No que diz respeito às parte eletrónica e de infotainment, oferece um painel de instrumentos tripartido (4.2″/7″/4.2″), que mostra um resumo digital das principais informações do veículo, como o estado de carga da bateria e a impercetível travagem regenerativa.

No centro do comando, encontra-se um ecrã tátil LCD suspenso de 12.3″ com resolução 1920 x 720, com propriedades antibrilho, antirreflexos e antiesbatimento, capaz de controlar facilmente os sistema de entretenimento, ar condicionado e inclusive a abertura do teto panorâmico (outro dos destaques deste SUV).

Utilizando um iPhone pode conectá-lo com o comando central graças à inclusão do Apple CarPlay, sendo que a única crítica inequívoca deste modelo será mesmo o facto de não possuir o sistema AndroidAuto para os restantes smartphones.

Aiways

Motor 100% elétrico

Sendo 100% elétrico, conta apenas com um motor 150 kW, o equivalente a 204cv, e um binário de 310 Nm. São essas características que permitem ao Aiways U5 acelerar dos 0 aos 100 km/h em apenas 7.8 segundos.

Em termos de bateria, a marca anuncia uma razoável autonomia de 400 km (testado em circuito urbano – WLTP) que é garantida pela assegurada pela bateria de 63 kWh. Utilizando um carregador DC de 90kW, é possível carregar a bateria dos 20 aos 80% em apenas 35 minutos. Tal como habitual, caso opte pelos carregador AC, mais comuns num reabastecimento doméstico, reabilitar totalmente a bateria poderá demorar quase 10 horas.
Tecnologia de ponta

A marca chinesa também não quis descurar a tecnologia de ponta presente na maior parte dos SUVs da atualidade. Vem equipado com 12 radares ultrassónicos, cinco câmaras HD, três radares de ondas milimétricas e duas câmaras interiores, permitindo assim uma visibilidade digital panorâmica e completa.

Estes permitem detetar nas estradas veículos, peões e obstáculos, sendo que, conciliando com os sistemas de auxílio à condução presentes no Aiways 5 o risco de colisão é bastante pequeno e a segurança claramente aumentada.

Entre estes últimos encontram-se a travagem automática, o alerta de colisão frontal, o aviso de ângulo morto, assistência de mudança de faixa de rodagem e cruise control adaptativo, capaz de desacelerar quando se aproxima demasiado de outro veículo frontal.

É graças à inclusão destes sistemas que o Aiways 5 pode gabar-se de ser capaz de uma condução autónoma de nível 2. Tudo junto mais os seis airbags presentes no habitáculo, cumpriram os requisitos para que fosse classificado com cinco estrelas pelo sistema de testagem de segurança Euro NCAP.

Preço

A comercialização dos modelos da Aiways em Portugal está a ser feita num sistema híbrido de vendas através da plataforma online da marca ou da rede física de agentes, que de momento encontra-se na Univex, em Lisboa, e na CAM, no Porto).
O preço de lançamento é de 46.728 € para particulares. No entanto, há um preço especial para frotas. O mesmo encontra-se situado nos 33.990 € + IVA, acarretando consigo uma garantia de de 5 anos ou 150.000 km e de 8 anos ou 150.000 km para as baterias.

A expansão chinesa na Europa

Apesar de ser o primeiro modelo 100% elétrico chinês em Portugal, o Aiways U5 não é o primeiro, nem único, passo da expansão das construtoras chinesas na Europa. A própria Aiways já mostrou a versão protótipo do Aiways U6, garantindo que esse será o primeiro SUV coupé do mercado mundial.

Porém, outras marcas chinesas também começaram a entrar no mercado europeu, como são os exemplos do SUV Xpeng G3 e o sedan P5 da Xpeng na Suécia e Países Baixos; a Nio e Hongqi na Norugega e, talvez o causador de maior expectativas de todos, o anúncio da Zeekr de que até 2024 lançará o primeiro carro com capacidade de condução autónoma de nível 4, sendo que a mesma marca já tem presença na Europa e com promessa de inclusão breve em Portugal com o coupé 001.

A invasão das marcas chinesas no mercado europeu parece cada vez mais uma certeza. Para já, em Portugal, pode-se começar a usufruir do Aiways U5.

Veja também