Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Isadora Freitas
Isadora Freitas
17 Abr, 2018 - 18:31

As aldeias mais bonitas de Portugal

Isadora Freitas

São muitos os recantos de beleza ímpar que celebram a identidade cultural lusa. Saiba quais as 10 aldeias mais bonitas de Portugal e faça-se à estrada.

As aldeias mais bonitas de Portugal

Em Setembro de 2017, a iniciativa 7 Maravilhas de Portugal anunciou, em Piódão, Distrito de Coimbra, as sete vencedoras da edição Aldeias: Dornes na categoria de Aldeias Ribeirinhas, Sistelo de Aldeias Rurais, Fajã dos Cubres na rúbrica de Aldeias de Mar, Piódão de Aldeias Remotas, Castelo Rodrigo de Aldeias Autênticas, Monsaraz de Aldeias Monumento e Rio de Onor na categoria de Aldeias em Áreas Protegidas.

Entre as 49 aldeias pré-finalistas, encontravam-se três Aldeias do Xisto: Cerdeira, Casal de São Simão e Gondramaz. Deixamos-lhe aqui um cheirinho a estes 10 belíssimos lugares onde a memória cultural, tingida de bucolismo, é celebrada de forma colectiva. Faça as malas e rume às aldeias mais bonitas de Portugal para uma experiência inesquecível e tão nossa.

As 7 Aldeias-Maravilha

1. Dornes, uma Aldeia Ribeirinha

Situada numa pequena península à beira-Zêzere, no concelho de Ferreira do Zêzere, a Aldeia de Dornes parece ser uma quimera. Ligada aos Templários, com uma torre de cinco faces construída pelos Cavaleiros durante o período romano na Península Ibérica, é uma vila de paisagens mágicas que o convida a entregar-se à História do país e à sua inequívoca beleza. Aproveite para partir num passeio fluvial pelo Rio Zêzere, ideal para retemperar o corpo nos dias de mais calor.

 

2. Sistelo, uma Aldeia Rural

Em pleno Parque Nacional da Peneda-Gêres, agasalhada pela nascente do rio Vez, Sistelo é uma pequena aldeia do concelho de Arcos de Valdevez conhecida pelos seus imensos socalcos verdejantes e centenários, moldados para fazer crescer cereais e alimentar o gado. Por entre as casas de granito desta encantadora aldeia rural, vislumbram-se os espigueiros e a misteriosa Casa do Castelo de Sistelo, erigida no final do século XIX.

 

3. Fajã dos Cubres, uma Aldeia de Mar

Fajã dos Cubres é uma aldeia na bonita Ilha de São Jorge, nos Açores, cujo nome vem de uma planta de pequenas flores amarelas. Do seu património à beira-mar, destacam-se as casas e povoados tradicionais e a Ermida de Nossa Senhora de Lurdes, edificada em 1908, onde há quem peregrine para se lavar nas águas milagrosas do poço aí erguido. Classificada como Sítio de Importância Internacional pela Convenção RAMSAR, é uma aldeia onde o mar move as suas gentes e cujas paisagens serenas se imprimem na memória dos seus visitantes de forma perene.

 

4. Piódão, uma Aldeia Remota

Em plena paisagem protegida da Serra do Açor, no concelho de Arganil, a pequena Aldeia Histórica do Piódão é também conhecida como aldeia presépio, com casas em xisto e lousa, de janelas e portas azuis espraiadas pela encosta do monte. É um sítio onde se respira História e, facilmente, se esquece o stress que a vida da cidade imprime no corpo e na alma. Num enquadramento natural de beleza ímpar, salta à vista a belíssima Igreja Matriz, datada do século XVII, com as suas torres cilíndricas pintadas de branco e azul.

 

5. Castelo Rodrigo, uma Aldeia Autêntica

Situado na entrada sul do Parque Natural do Douro Internacional, Castelo Rodrigo é uma aldeia medieval onde são muitos os vestígios históricos que a tornam autêntica e uma das aldeias mais bonitas de Portugal. Não perca a oportunidade de espreitar a Igreja de Nossa Senhora do Rocamador, fundada para apoio dos peregrinos de Santiago de Compostela, as velhas muralhas, o Castelo, o Pelourinho quinhentista e a cisterna medieval.

 

6. Monsaraz, uma Aldeia Monumento

Monsaraz é uma pequena aldeia fortificada no Alentejo que repousa no cimo de uma colina, junto ao Rio Guadiana. Com ruas estreitas e casas de paredes caiadas de branco, é um sítio onde se poderá perder em mil recantos, sempre com a albufeira de Alqueva e a paisagem alentejana como pano de fundo. Do vasto património que a levou a vencer a rúbrica de Aldeias Monumento, destacam-se as muralhas, a Igreja Matriz, o Castelo de Monsaraz, a Casa da Inquisição e o Pelourinho. Aproveite para escapar ao calor do Alentejo ao dar um passeio de barco no Alqueva ou um mergulho na Praia Fluvial de Monsaraz.

 

7. Rio de Onor, uma Aldeia em Áreas Protegidas

Inserida no Parque Natural de Montesinho e na Zona de Protecção da Rede Natura 2000, Rio de Onor é uma aldeia de típicas casas serranas de xisto que reparte o nome com o rio que a atravessa. Permeada também pela fronteira com Espanha, é um sítio onde muitos dos seus habitantes são bilingues ou até trilingues, falando Português, Espanhol e Rionorês, um dialecto nascido da tradição e do convívio entre as gentes de Rio de Onor e a sua homónima espanhola Rihonor de Castilla. Não perca a oportunidade de ver a ponte romana, a Igreja Matriz e um Castro medieval nesta aldeia onde a entreajuda e a partilha de terrenos, rebanhos e moinhos prevalecem.

 

As Aldeias do Xisto que completam a lista das 10 aldeias mais bonitas de Portugal

Inseridas na Rede das Aldeias do Xisto, três das 49 aldeias nomeadas para as 7 Maravilhas de Portugal – Cerdeira, Casal de São Simão e Gondramaz – surgem aqui como a nossa escolha para completar a lista das 10 aldeias mais bonitas de Portugal. Aventure-se até ao centro do país e conheça estes três lugares de uma magia singular sem que tenha de passar horas à procura de alojamento, experiências ou restaurantes. Visite a plataforma Book in Xisto e verá que, em poucos cliques, terá uma escapadinha agendada a uma Aldeia do Xisto.

8. Cerdeira

Nomeada na categoria de Aldeias Autênticas, a Cerdeira é uma aldeia no coração da Serra da Lousã com arte a brotar em cada esquina. De construções desalinhadas, é um lugar bucólico que inspira à criação artística, funcionando, para muitos, como um retiro criativo. Os alojamentos, a Casa das Artes, os ateliers, a Biblioteca, a Galeria, o forno comunitário e o Café da Videira são alguns dos espaços que, aninhados no silêncio e beleza ímpar da serra, fazem da Cerdeira uma aldeia única, perfeita para uma escapadinha imaginativa.

 

9. Casal de São Simão

Casal de São Simão é uma aldeia de uma só rua onde hoje é palpável um sentir colectivo. As casas, na maioria de quartzito, foram reconstruídas com afecto pelas mãos de novos aldeões que procuravam reencontrar no campo o conforto de uma vizinhança vibrante. O sentimento estende-se aos visitantes. Verá que será recebido de braços abertos e convidado a sentar-se à mesa, recheada de sabores locais. Uma vez neste belíssimo recanto em Figueiró dos Vinhos, nomeado na categoria de Aldeias Rurais, conheça o conceito das Lojas Aldeias do Xisto e visite a Ermida de São Simão, pousada no ermo de um monte.

 

10. Gondramaz

Aninhada na vertente ocidental da Serra da Lousã, Gondramaz, nomeada na rúbrica de Aldeias Remotas, é uma aldeia de ruelas estreitas e sinuosas envolvidas numa paisagem natural deslumbrante. Terra de artesãos que criam figuras carismáticas de pedra, é um sítio que inspira à tradição e onde os tons de xisto encaixam com harmonia no verde da serra, parecendo despertar todos os sentidos.

 

Veja também: