Clara Henriques
Clara Henriques
16 Out, 2014 - 08:00
Apple e Facebook oferecem congelamento de óvulos a colaboradoras

Apple e Facebook oferecem congelamento de óvulos a colaboradoras

Clara Henriques

A Apple e a Facebook incluiram no seu pacote de benefícios para as colaboradoras o congelamento de óvulos. A medida vai dar que falar.

O artigo continua após o anúncio
Há quem ache que o mundo não anda bem e notícias como estas fazem-nos acreditar que, de facto, existem coisas estão longe de se igualarem à natureza.
Segundo notícia avançada, as empresas Apple e Facebook estão a pagar às suas funcionárias o congelamento de óvulos. Parece bizarro, mas é mesmo isso. Ao que parece o pacote de benefícios que estas duas empresas oferecem aos seus trabalhadores inclui custos de congelamento de óvulos que podem atingir um máximo de 20 mil dólares, que representam 15,7 mil euros.
Segundo declarações das respectivas empresas, o objectivo desta medida passa por permitir que as mulheres “possam concentrar-se na sua carreira sem abdicarem da possibilidade de virem a ter filhos um dia, optando assim pelo congelamento de óvulos”.
Brigitte Adams, fundadora do fórum eggsurance.com e defensora deste método, defende que “oferecer este benefício é uma forma de as empresas investirem nas mulheres e apoiarem-nas na construção da vida que desejam”.
Pode ler-se também em notícia que o Facebook já implementou esta medida, estando já a cobrir estes custos para as funcionárias que desejem fazê-lo. Já a Apple assegura que vai avançar com este benefício já em Janeiro do próximo ano.

Veja também: