Júlia de Sousa
Júlia de Sousa
12 Out, 2014 - 09:15
Metas profissionais: vantagens e desvantagens

Metas profissionais: vantagens e desvantagens

Júlia de Sousa

Estabelecer metas profissionais pode ter tanto de positivo como negativo. O importante é que saiba encontrar o ponto de equilíbrio.

O artigo continua após o anúncio
Como tudo na vida estabelecer metas profissionais pode ter vantagens ou desvantagens. Tudo depende da forma como as gere.
Para muitos, ter objetivos definidos é essencial para que possam estabelecer um plano para as suas carreiras. No entanto, é importante que saiba encontrar um ponto de equilíbrio para que possa tirar o maior partido das suas metas. Claro que para reconhecer as vantagens e desvantagens de ter um plano traçado é preciso conhecê-las. Mas nós ajudamos.

As vantagens

1. Rumo a seguir!

Sim, esta é a primeira grande vantagem. Ter metas profissionais bem definidas significa que sabe exatamente qual o rumo que pretende dar à sua carreira, que caminho seguir, que áreas escolher, … o que lhe queira chamar. No fundo, definir as suas metas vai “força-lo” a pensar de forma objetiva no seu futuro enquanto profissional, passando obviamente pelas áreas de atividade que mais o cativam, as funções que gostaria ou pretende desempenhar, os cargos que ambiciona ocupar, as competências que vai necessitar de desenvolver e de que forma poderá alcançar o seu fim.

2. Palavra de ordem: definição de prioridades

Ter metas profissionais claras, significa por si só ter prioridades definidas. Um profissional com objetivos claros em termos de carreira é aquele que orienta o seu trabalho mediante os fins que pretende atingir e esta “filosofia” transparece no trabalho diário, onde (tendencialmente) o trabalho obedece uma linha de prioridades.

3. Motivação acima de tudo!

Se bem geridas, é isto que acontece: as metas originam motivação. Ou seja, fazem com que continue a trabalhar afincadamente para atingir o seu fim. O efeito motivador que podem originar conduz a níveis de eficiência e produtividade mais elevados, já que permitem fazer uma análise simples do trabalho realizado e por realizar. As metas profissionais podem, portanto, funcionar como uma espiral de motivação, em que resultado gera resultado até alcançar o grande objetivo, seja uma promoção, um novo emprego, etc. 

As desvantagens

1. Sentimento de fracasso

Já diz a música “Toda a alma tem uma face negra” e o mesmo se pode dizer das metas profissionais. Nem todas as pessoas têm a mesma “capacidade de encaixe” e são muitos os que interiorizam em demasia os seus planos profissionais. O que acontece é que nem sempre são capazes de lidar com a demora em atingir esses objetivos ou com o facto de não terem atingido a “amplitude” desejada. É aqui que entra o sentimento de fracasso. Quem não alcança os resultados pretendidos pode ficar bastante afetado com o sentimento de “falhanço”. Se é o seu caso, pare! Lembre-se que os erros devem servir como ferramenta de aprendizagem, que lhe permitem evoluir. É fundamental que não se deixe desmotivar, mas antes, que aprenda com os erros cometidos e evolua com eles.

2. Incapacidade de lidar com a pressão e desmotivação

Sim, é verdade! Ainda que seja você mesmo a estabelecer as suas metas profissionais, corre o risco de não saber lidar com a pressão, muitas das vezes provocada pela ausência de resultados imediatos, que – quase inevitavelmente criam o efeito contrário das vantagens anteriormente enumeradas e – conduz à desmotivação. Lembre-se que os frutos não se colhem no imediato, é necessário que cresçam e amadureçam; o mesmo se aplica à sua carreira. 

3. Impossibilidade de mudar de direção

Se para uns ter metas profissionais significa saber exatamente o que se pretende em termos de carreira, a outros pode “cegá-los” e impossibilita-los de ver o óbvio: estão na carreira errada, por exemplo. Ainda que tenha objetivos profissionais é fundamental que mantenha o seu espírito crítico e mente aberta, de forma a poder fazer uma introspeção e perceber se está ou não no caminho certo.

Equilíbrio acima de tudo!

Com vantagens ou desvantagens, mais seguras ou mais perigosas, a verdade é que as metas profissionais ocupam um lugar central nas carreiras de muitas pessoas. Qualquer profissional tende a estabelecer objetivos profissionais, mas é importante que saiba encontrar o balanço certo, que lhe permita ver se está ou não no caminho certo e, se necessário, reajustar as suas metas.

Veja também: