Publicidade:

Carreira profissional bem sucedida: 9 dicas fundamentais

Acabou de iniciar um novo emprego? Para o preparar para uma carreira bem sucedida, damos-lhe algumas sugestões que deve aplicar nos primeiros 3 meses.

Carreira profissional bem sucedida: 9 dicas fundamentais
Como começar uma carreira profissional bem sucedida?

Gerir uma carreira profissional bem sucedida é tão desafiante quanto fonte de satisfação. A maior dificuldade poderá estar em adotar uma postura profissional e estrategicamente inteligente logo desde o início.

Carreira profissional bem sucedida: como começar uma?


Entrar com o pé direito num novo trabalho pode ser determinante para um futuro profissional risonho. Os primeiros tempos numa nova carreira profissional, nomeadamente os primeiros três meses, são cruciais para definir uma base sólida a partir da qual se poderá lançar em direção a um futuro brilhante.

carreira

Numa altura em que a entrevista de emprego ainda está na memória de todos os intervenientes, é importante começar logo de início a mostrar o que vale, e que tudo o que consta no seu currículo e o que foi falado na entrevista corresponde totalmente ao que na prática irá acontecer.

Mas, entre em funções, é importante abraçar desde logo todos os desafios que lhe aparecem pela frente, mesmo não sabendo que tipo de resultados daí podem advir, ou mesmo que não sejam exatamente o que estaria à espera – simplesmente diga “sim” e siga em frente!

9 sugestões para ser bem sucedido desde os primeiros dias na empresa


Quais são então as coisas que se deve fazer nos primeiros três meses numa carreira profissional bem sucedida?

1. Assegurar-se de que os objetivos a que se propõe são atingíveis

Não se deixe cegar pelo sonho – é positivo acreditar que tudo irá correr bem, mas manter o foco em objetivos que são realisticamente concretizáveis é um bom ponto de começo.

No final dos primeiros três meses de trabalho, os seus resultados deverão ser facilmente palpáveis, de modo a poder fazer-se um balanço.

Além disso, dessa forma, irá encarar cada dia de trabalho como estando ao serviço de objetivos e resultados concretos. Naturalmente, o papel do seu líder nesse aspeto será fundamental. Se ele ainda não lhe deu objetivos concretos, e prazos para os concretizar, então o melhor será falar com ele e pedir-lhe para que o faça.

2. Refletir sobre esses objetivos

Muitas dessas metas que estabeleceu poderão vir a sofrer algumas alterações ao longo do tempo, face às próprias mudanças do mercado laboral em que se move, por isso, é importante que reflita sobre elas regularmente. Pense sempre de que forma poderá melhorar fazer aquilo a que se propôs.

3. Encontre por si próprio as soluções para possíveis problemas

Muitas vezes os novos colaboradores detetam falhas na estrutura da empresa ou no modelo de negócios. Isto é normal, pois tais falhas tornam-se mais claras para quem acaba de chegar do que para quem já está acostumado ao modus operandi da instituição.

Discuta estes problemas com o chefe e com a sua equipa, de modo a sugerir soluções. Fazer de conta que está tudo bem, quando acha que não está, e não expor a sua opinião acerca de coisas que podem ser melhoradas é seguir o caminho mais fácil.

Muitas vezes este tipo de análise vem por experiência num antigo emprego, mas não é preciso que se saiba que está a comparar o seu novo emprego com um antigo – esse facto não é relevante e pode dar a impressão de que estava mais satisfeito no seu trabalho anterior.

4. Não se fique apenas pelo seio do seu grupo habitual de trabalho

Uma vez conhecendo bem os seus colegas com quem colabora com maior proximidade, faça também um esforço para conhecer os restantes elementos da empresa com quem tem menor grau de contacto. Conhecer mais pessoas para além da sua equipa poderá ser benéfico para pedir conselhos e perspetivas novas. Além disso, pode ser uma boa oportunidade para aprender mais.

9 estratégias para melhorar a sua autoconfiança

5. Frequente o maior número de reuniões a que possa ir

Muitas vezes poderá achar que não vai fazer nada a certas reuniões, por ser ainda cedo para saber como dar o seu contributo, mas o simples facto de dizer “presente” em todas, é positivo, pois mostra que está disponível para tudo o que estiver a acontecer. Se não tiver nenhum contributo real a dar, não haverá problema, pois as outras pessoas sabem que acabou de chegar.

Conheça 9 estratégias para aumentar a sua autoconfiança >>

6. Manter os bons hábitos

Não deixe que o facto de entrar numa nova realidade de trabalho o distraia do estilo saudável de vida que vinha a manter. Por muito que pareça que o seu tempo para as suas atividades preferidas se tornou mais escasso, tente sempre reajustar-se de maneira a não perder os seus hábitos de vida que o mantêm são, física e psicologicamente.

7. Mostre desde a primeira hora aquilo que pode trazer como valor acrescentado ao trabalho e à empresa

Se quer ter uma carreira profissional bem sucedida, não se acanhe. As pessoas não irão ver o seu valor se não o mostrar. Aproveite todas as oportunidades que aparecerem para o fazer. Não é preciso impor, ou convencer os outros, simplesmente aplique o seu know-how sempre que o momento chegar.

8. Procure obter feedback desde logo

Se pedir reacções ao seu trabalho desde o início, está a criar um hábito nas pessoas que o rodeiam. Consulte regularmente o seu chefe e os seus colegas para perceber de que forma estão a perceber o seu trabalho, e em que o podem ajudar. É uma ótima maneira de evitar “tiros no escuro”. Assim, saberá sempre o que está a fazer bem, e o que precisa de melhorar.

9. O que é o sucesso para si?

Muito importante e na base de todas as sugestões elencadas é que o leitor se conheça bem e saiba em que consiste o sucesso para si. Só depois de definir as suas ambições é que poderá lutar para concretizá-las.

Desenvolvimento pessoal: o segredo para ter sucesso >>

Veja também:

Catarina Reis Catarina Reis

Consultora de carreira com mais de 10 anos de experiência, possui formação superior em Gestão de Recursos Humanos e Psicologia. É naturalmente curiosa, desenvolvendo múltiplos projetos paralelos que envolvem a Fotografia, a Música, o Marketing Digital e o Cinema.