Publicidade:

Cursos de especialização tecnológica: tudo sobre o assunto

Cursos de Especialização Tecnológica: uma opção de estudos que permite fazer um curso na universidade sem tirar a licenciatura.

Cursos de especialização tecnológica: tudo sobre o assunto
Sabe tudo sobre os cursos de especialização tecnológica?

Os perfis de qualificação de nível intermédio são procurados pelas empresas em Portugal; e quem pode conferir esse grau de qualificação são precisamente os CET – Cursos de Especialização Tecnológica. Saiba tudo sobre esta alternativa de formação que é pós-secundária, mas não superior.

Sabe tudo sobre os cursos de especialização tecnológica?


Os Cursos de Especialização Tecnológica (CET) são formações não superiores, com a duração média de um ano (normalmente entre as 1200 horas e as 1560 horas), mas que podem ser ministradas depois do ensino secundário, e conferem aos alunos qualificação de nível 5 de acordo com o Quadro Nacional de Qualificações em vigor em Portugal. São cursos que visam a preparação do aluno para uma especialização científica ou tecnológica numa determinada área de formação, sem necessidade de ingressar numa universidade ou instituto politécnico.

guia de cursos

Quem pode frequentar?

Os Cursos de Especialização Tecnológica podem ser ministrados a quem:

  • já for detentor de um curso do ensino secundário ou de habilitação equivalente;
  • tiver já o nível 4 de qualificação do Quadro Nacional de Qualificações (QNQ);
  • foi aprovado a todas as disciplinas dos 10.º e 11.º anos e tiver estado inscrito no 12.º ano de um curso de ensino secundário ou de habilitação legalmente equivalente sem o concluir;
  • for titular de um diploma de especialização tecnológica ou de um grau ou diploma de ensino superior e pretender realizar uma requalificação profissional.

Onde podem ser frequentados os CET?

Os cursos CET Podem ser ministrado em:

  • estabelecimentos de ensino públicos e particulares ou cooperativos com autonomia ou paralelismo pedagógico que mantenham cursos de nível secundário de educação;
  • centros de formação profissional da rede sob coordenação do Instituto do Emprego e Formação Profissional, de gestão direta ou participada;
  • escolas tecnológicas criadas ao abrigo do despacho conjunto dos Ministros da Indústria e Energia, da Educação e do Emprego e da Segurança Social;
  • outras instituições de formação acreditadas pelo Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social.

Na maioria dos casos, o aluno deverá aguardar o parecer da entidade de ensino da sua preferência para saber se obteve aprovação das habilitações referentes às áreas indispensáveis para a frequência do curso.

Porquê optar por um Curso de Especialização Tecnológica?

Com estes cursos, os alunos têm a oportunidade de aprofundar conhecimentos científicos e tecnológicos na área de formação que pretendem e desenvolvem competências para quando vierem a exercer uma profissão. Além disso, podem também ingressar no ensino superior, ou ainda fazer uma requalificação profissional.

Como escolher um curso superior: guia completo de cursos e saídas profissionais

O que têm os Cursos de Especialização Tecnológica de verdadeiramente especial?

Trata-se de cursos que dão um tipo de formação técnica de alto nível, munindo o formando de alguns conhecimentos que por norma são adquiridos no ensino superior, deixando os fundamentos científicos para segundo plano, e incutem responsabilidades de conceção, direção e gestão nos alunos.

Este tipo de cursos pauta-se também por desenvolver a capacidade de os alunos se integrarem no mundo laboral, favorecendo a resolução de problemas em contexto profissional, e com diversas atividades práticas relacionadas com os domínios de natureza tecnológica do trabalho em causa. A verdade é que a maioria dos CET inclui alguns meses de estágio em contexto real de trabalho.

Quais as componentes do plano de estudos de um CET?

De um modo geral, a formação dada nos cursos de especialização tecnológica abrangem três grandes componentes:

  • formação geral e científica
  • formação tecnológica
  • formação em contexto de trabalho (estágio)

Equivalência ao 12.º ano do secundário

Quem não tiver concluído o 12.º ano, poderá ter aqui uma oportunidade para obter equivalência ao fazer um curso de especialização tecnológica, e ver o ensino secundário concluído. Nesse caso, as cargas horárias de cada uma das três componentes do curso serão aumentadas de modo a alcançar o número de créditos necessários.

melhores cursos superiores

Uma porta para o ensino superior

Engane-se quem pensar que estes cursos são apenas uma via alternativa para quem não quer prosseguir estudos. Obter aprovação a um curso de especialização tecnológica dá também direito a ingressar no ensino superior. Existe um concurso especial, específico para quem o desejar.

Veja o nosso guia completo que o ajuda a escolher o curso superior >>

Exemplos de cursos de especialização tecnológica disponíveis em Portugal

A ATEC oferece novos cursos de Formação Profissional de Especialização Tecnológica em Matosinhos. Tratam-se de cursos financiados com estágio integrado. Vejamos os cursos disponíveis:

  • Curso de Técnico/a Especialista em Mecatrónica Automóvel, Planeamento e Controlo de Processos
  • Curso de Técnico Especialista em Automação Robótica e Controlo Industrial
  • Curso de Técnico Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos
  • Curso de Técnico/a Especialista em Tecnologias e Programação de Sistemas de Informação
  • Curso de Técnico/a Especialista em Tecnologia Mecatrónica
  • Curso de Técnico Especialista em Automação Robótica e Controlo Industrial
  • Curso de Técnico/a Especialista em Tecnologia Mecatrónica
  • Curso de Técnico Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos
  • Curso de Técnico/a Especialista em Tecnologias e Programação de Sistemas de Informação
  • Curso de Técnico/a Especialista em Gestão e Controlo de Energia

Conheça o top 10 dos cursos com mais emprego em Portugal >>

A FEUP abriu vagas para os seguintes cursos de especialização tecnológica:

  • Condução de Obra / Escola Sec. António Sérgio – MIEC
  • Tecnologias e Programação de Sistemas de Informação / Escola Secundária Fontes Pereira de Melo – MIEEC
  • Telecomunicações e Redes / Escola Secundária Fontes Pereira de Melo – MIEEC
  • Técnicas de Auditoria a Sistemas de Gestão / ISQ – MIEGI
  • Técnicas de Gestão da Qualidade e do Ambiente / ISQ – MIEGI e MIEA
  • Técnico Especialista em Tecnologia Mecatrónica / CENFIM – MIEM
  • Técnico Especialista em Tecnologia Mecânica / CENFIM – MIEM
  • Automação, Robótica e Controlo Industrial / ATEC – MIEM e MIEEC
  • Gestão de Redes e Sistemas Informáticos / ATEC – MIEEC e MIEIC
  • Tecnologia Mecatrónica / ATEC – MIEEC e MIEM
  • Tecnologia Mecatrónica Automóvel, Planeamento e Controlo de Processos / ATEC – MIEM
  • Telecomunicações e Redes / ATEC – MIEEC
  • Tecnologias e Programação de Sistemas de Informação / ATEC – MIEIC
  • Tecnologia de Materiais,  Metalurgia e Metalomecânica / CINFU – MIEMM
  • Técnico Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos / INOVINTER – MIEEC

programação

O CINEL está versado na formação profissional de qualidade nas áreas de eletrónica, energia, telecomunicações e tecnologias de informação, permitindo o desenvolvimento de competências profissionais.   Esta entidade oferece os seguintes cursos de especialização tecnológica, uns ministrados em Lisboa, outros no Porto:

  • Técnico/a Especialista em Automação, Robótica e Controlo Industrial
  • Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos
  • Técnico/a Especialista em Automação, Robótica e Controlo Industrial
  • Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos
  • Técnico/a Especialista em Tecnologias e Programação de Sistemas de Informação
  • Técnico/a Especialista em Desenvolvimento de Produtos Multimédia
  • Técnico/a Especialista em Automação, Robótica e Controlo Industrial
  • Técnico/a Especialista em Desenvolvimento de Produtos Multimédia
  • Técnico/a Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos
  • Técnico/a Especialista em Telecomunicação e Redes
  • Técnico/a Especialista em Telecomunicação e Redes

Com toda esta oferta, promovida por entidades de renome, com perfis tão diversificados, não há de facto razão para não conhecer melhor esta via de formação. Aposte!

Veja também:

Catarina Reis Catarina Reis

Consultora de carreira com mais de 10 anos de experiência, possui formação superior em Gestão de Recursos Humanos e Psicologia. É naturalmente curiosa, desenvolvendo múltiplos projetos paralelos que envolvem a Fotografia, a Música, o Marketing Digital e o Cinema.

Saiba tudo sobre emprego