Publicidade:

Os 100 melhores filmes de comédia de sempre, segundo a BBC

Para dar umas boas risadas, nada como assistir aos 100 melhores filmes de comédia, segundo a BBC. Películas e produções de fazer chorar, de tanto rir.

Os 100 melhores filmes de comédia de sempre, segundo a BBC
Dê as maiores gargalhadas com estes filmes

Em 2017, a BBC reuniu 253 críticos de cinema de 6 continentes e 52 países diferentes e pediu-lhes para escolherem os 100 melhores filmes de comédia de sempre. Assim, se chegou a esta lista bem completa, com produções tanto do início do século XX como já do século XXI.

Nesta lista dos 100 melhores filmes de comédia, segundo a BBC, há espaço para filmes mudos e películas bem recentes, dos anos 2000. Embora haja um clara domínio das produções americanas, existe lugar para um filme francês no top 10. Pronto para conhecer os 100 melhores filmes de comédia?!

Melhores filmes de comédia: conheça o top 10


10. The General (Clyde Bruckman and Buster Keaton, 1926)

Em Portugal, conhecido por A Glória de Pamplinas ou Pamplinas Maquinista, este é um filme mudo americano que nos conta a história de Johnnie (Buster Keaton), um homem apaixonado polo seu comboio – General – e pela deslumbrante Annabelle Lee (Marion Mack).

Quando a Guerra Civil Americana tem início, Johnnie não é aceite como combatente, passando a ser mal visto por Annabelle. Porém, quando ela e o comboio General são raptados por espiões da União, Johnnie terá de mostrar aquilo que vale e correr atrás de ambos. Orson Welles considerou este filme a melhor comédia de sempre e, até mesmo, o melhor filme de sempre.

9.This Is Spinal Tap (Rob Reiner, 1984)

Esta é uma espécie de documentário sobre uma banda fictícia chamada, precisamente, Spinal Tap. O filme satiriza o comportamento e as ambições musicais das bandas de hard rock e heavy metal da altura, assim como as particularidades dos documentários da época, caraterizados por uma certa divinização das estrelas rock.

Os membros desta banda ficcionada são David St. Hubbins (Michael McKean), Derek Smalls (Harry Shearer) e Nigel Tufnel (Christopher Guest). O humor de todo o filme assenta em várias piadas relativas ao mundo da música e aos seus bastidores e que vão, certamente, arrancar-lhe umas quantas gargalhadas.

8. Playtime (Jacques Tati, 1967)

Em Portugal intitulado A Vida Moderna, este é um filme francês que se encontra dividido em seis partes, cada uma das quais ligada entre si por dois personagens que se encontram durante o dia: Barbara (Barbara Dennek), uma jovem turista americana que visita Paris com um grupo sobretudo composto por mulheres de meia-idade e o Sr. Hulot (Jacques Tati), um francês perdido na modernidade parisiense. As seis partes intitulam-se: O aeroporto; Os escritórios; A feira de comércio; Os apartamentos; O Royal Garden; O carrossel dos carros.

7. Airplane! (Jim Abrahams, David Zucker and Jerry Zucker, 1980)

O Aeroplano é um filme americano que parodia com a produção de 1957 Zero Hour! e Airport 1975. A película assenta num humor surreal, com trocadilhos tanto visuais quanto verbais e piadas cheias de humor negro. Por exemplo, apesar do avião mostrado no filme ser a jato, os efeitos sonoros que se ouvem ao longo do filme são os das hélices de um helicóptero.

6. Life of Brian (Terry Jones, 1979)

A Vida de Brian é um filme do famoso grupo humorístico Monty Python. O seu argumento é uma sátira à época em que Jesus Cristo viveu e é considerado, por alguns, uma blasfémia. A película é controversa, pois combina a comédia com alguns temas religiosos. Em todo o caso, tem vindo a ser considerado, ao longo dos anos, um dos melhores filmes de comédia de sempre.

O filme conta a história de Brian (Graham Chapman), um homem da Judeia que vive uma vida paralela à de Jesus Cristo e se alia a grupos contra o domínio romano. Entretanto, começa a ser seguido como se fosse um grande sábio e o salvador da humanidade, algo que ele nunca teve a intenção que acontecesse.

5. Duck Soup (Leo McCarey, 1933)

Um filme americano que conta a história de Rufus T. Firefly. Ele que assume a presidência da Freedonia, um pequeno país a viver uma grande crise financeira. Excêntrico, por natureza, Rufus não tem nenhum talento para a função e só é eleito a pedido da milionária Teadstale, em quem está interessado. A trama intensifica-se quando Trentino, embaixador de Sylvania, entra na disputa pela milionária e a guerra é declarada.

4. Groundhog Day (Harold Ramis, 1993)

O Feitiço do Tempo é um filme americano, cuja história se passa na cidade de Punxsutawney, na Pensilvânia. Bill Murray interpreta um meteorologista presunçoso e arrogante que fica preso numa armadilha temporal que o faz reviver o mesmo dia vezes sem conta. Embora inicialmente ele aproveite essa situação para se divertir e brincar, rapidamente acaba por ficar farto e, durante esta experiência acaba por melhorar como pessoa e conquistar a personagem interpretado por Andie MacDowell.

3. Annie Hall (Woody Allen, 1977)

Este é um filme americano sobre Alvy Singer (Woody Allen), um humorista judeu e divorciado que faz terapia há quinze anos. Ele acaba por se apaixonar por Annie Hall (Diane Keaton), uma cantora em início de carreira e com uma mente algo complexa. Depressa começam a viver juntos, até que começam a surgir uma série de crises conjugais.

2. Dr Strangelove or: How I Learned to Stop Worrying and Love the Bomb (Stanley Kubrick, 1964)

Esta é uma comédia anglo-americana de humor negro, baseada no romance Red Alert, um thriller sobre a Guerra Fria, de Peter George. O filme satirizou a tensão nuclear vivida à época. Basicamente, o General Ripper fica maluco e monta um plano para iniciar uma Guerra Nuclear. Assim, as autoridades máximas dos Estados Unidos da América e da União Soviética têm de tentar deter um avião-bombardeiro, cuja tripulação recebera ordens para lançar uma bomba nuclear na Rússia.

1. Some Like It Hot (Billy Wilder, 1959)

Quanto mais quente melhor é o grande “vencedor” deste ranking. Dois músicos de jazz acabam por, acidentalmente, testemunhar o Massacre do Dia de São Valentim, em Chicago (1929), executado por gangsters. Como tal, acabam por ser perseguidos pelos executores do crime. Para escaparem, os músicos acabam por se vestir de mulher, maquilharem-se e irem para a Flórida, onde acabam por integrar uma banda musical… feminina!

Lista completa dos 100 melhores filmes de comédia (por ordem decrescente)

100. The King of Comedy (Martin Scorsese, 1982) / The Ladies Man (Jerry Lewis, 1961)
99. The Jerk (Carl Reiner, 1979)
98. The Hangover (Todd Phillips, 2009)
97. The Music Box (James Parrott, 1932)
96. Born Yesterday (George Cukor, 1950)
95. Ghostbusters (Ivan Reitman, 1984)
94. Rushmore (Wes Anderson, 1998)
93. South Park: Bigger, Longer & Uncut (Trey Parker, 1999)
92. The Exterminating Angel (Luis Buñuel, 1962)
91. What’s Up, Doc? (Peter Bogdanovich, 1972)
90. A New Leaf (Elaine May, 1971)
89. Daisies (Vera Chytilová, 1966)
88. Zoolander (Ben Stiller, 2001)
87. Gentlemen Prefer Blondes (Howard Hawks, 1953)
86. Kind Hearts and Coronets (Robert Hamer, 1949)
85. Amarcord (Federico Fellini, 1973)
84. Waiting for Guffman (Christopher Guest, 1996)
83. Safety Last! (Fred C Newmeyer and Sam Taylor, 1923)
82. Top Secret! (Jim Abrahams, David Zucker and Jerry Zucker, 1984)
81. There’s Something About Mary (Bobby and Peter Farrelly, 1998)
80. Office Space (Mike Judge, 1999)
79. The Dinner Game (Francis Veber, 1998)
78. The Princess Bride (Rob Reiner, 1987)
77. Divorce Italian Style (Pietro Germi, 1961)
76. Design for Living (Ernst Lubitsch, 1933)
75. The Palm Beach Story (Preston Sturges, 1942)
74. Trading Places (John Landis, 1983)
73. The Nutty Professor (Jerry Lewis, 1963)
72. The Naked Gun: From the Files of Police Squad! (David Zucker, 1988)
71. The Royal Tenenbaums (Wes Anderson, 2001)
70. In the Loop (Armando Iannucci, 2009)
69. Love and Death (Woody Allen, 1975)
68. Ninotchka (Ernst Lubitsch, 1939)
67. Sons of the Desert (William A Seiter, 1933)
66. Hot Fuzz (Edgar Wright, 2007)
65. Caddyshack (Harold Ramis, 1980)
64. Step Brothers (Adam McKay, 2008)
63. Arsenic and Old Lace (Frank Capra, 1944)
62. What We Do in the Shadows (Jemaine Clement and Taika Waititi, 2014)
61. Team America: World Police (Trey Parker, 2004)
60. Shaun of the Dead (Edgar Wright, 2004)
59. Toni Erdmann (Maren Ade, 2016)
58. Zelig (Woody Allen, 1983)
57. Mean Girls (Mark Waters, 2004)
56. Broadcast News (James L Brooks, 1987)
55. Best in Show (Christopher Guest, 2000)
54. Harold and Maude (Hal Ashby, 1971)
53. The Blues Brothers (John Landis, 1980)
52. My Man Godfrey (Gregory La Cava, 1936)
51. Seven Chances (Buster Keaton, 1925)
50. Women on the Verge of a Nervous Breakdown (Pedro Almodóvar, 1988)
49. The Discreet Charm of the Bourgeoisie (Luis Buñuel, 1972)
48. Trouble in Paradise (Ernst Lubitsch, 1932)
47. Animal House (John Landis, 1978)
46. Pulp Fiction (Quentin Tarantino, 1994)
45. Big Deal on Madonna Street (Mario Monicelli, 1958)
44. Bridesmaids (Paul Feig, 2011)
43. M*A*S*H (Robert Altman, 1970)
42. The Awful Truth (Leo McCarey, 1937)
41. Borat: Cultural Learnings of America for Make Benefit Glorious Nation of Kazakhstan (Larry Charles, 2006)
40. The Producers (Mel Brooks, 1967)
39. A Night at the Opera (Sam Wood and Edmund Goulding, 1935)
38. The Philadelphia Story (George Cukor, 1940)
37. Sullivan’s Travels (Preston Sturges, 1941)
36. A Fish Called Wanda (Charles Crichton and John Cleese, 1988)
35. Singin’ in the Rain (Stanley Donen and Gene Kelly, 1952)
34. Clueless (Amy Heckerling, 1995)
33. Anchorman: The Legend of Ron Burgundy (Adam McKay, 2004)
32. Raising Arizona (Joel and Ethan Coen, 1987)
31. Tootsie (Sydney Pollack, 1982)
30. Monsieur Hulot’s Holiday (Jacques Tati, 1953)
29. When Harry Met Sally… (Rob Reiner, 1989)
28. It Happened One Night (Frank Capra, 1934)
27. The Apartment (Billy Wilder, 1960)
26. Mon Oncle (Jacques Tati, 1958)
25. The Gold Rush (Charlie Chaplin, 1925)
24. Withnail and I (Bruce Robinson, 1987)
23. The Party (Blake Edwards, 1968)
22. Young Frankenstein (Mel Brooks, 1974)
21. City Lights (Charlie Chaplin, 1931)
20. Blazing Saddles (Mel Brooks, 1974)
19. The Lady Eve (Preston Sturges, 1941)
18. Sherlock Jr (Buster Keaton, 1924)
17. Bringing Up Baby (Howard Hawks, 1938)
16. The Great Dictator (Charlie Chaplin, 1940)
15. Monty Python and the Holy Grail (Terry Gilliam and Terry Jones, 1975)
14. His Girl Friday (Howard Hawks, 1940)
13. To Be or Not To Be (Ernst Lubitsch, 1942)
12. Modern Times (Charlie Chaplin, 1936)
11. The Big Lebowski (Joel and Ethan Coen, 1998)
10. The General (Clyde Bruckman and Buster Keaton, 1926)
9. This Is Spinal Tap (Rob Reiner, 1984)
8. Playtime (Jacques Tati, 1967)
7. Airplane! (Jim Abrahams, David Zucker and Jerry Zucker, 1980)
6. Life of Brian (Terry Jones, 1979)
5. Duck Soup (Leo McCarey, 1933)
4. Groundhog Day (Harold Ramis, 1993)
3. Annie Hall (Woody Allen, 1977)
2. Dr Strangelove or: How I Learned to Stop Worrying and Love the Bomb (Stanley Kubrick, 1964)
1. Some Like It Hot (Billy Wilder, 1959)

Conhecidos que estão os 100 melhores filmes de comédia, segundo a BBC e, mais particularmente, o top 10, resta tecer mais algumas considerações sobre este ranking.

Há apenas dois melhores filmes de comédia de origem latina na lista e só três realizadoras contempladas. Contudo, pode considerar-se que fazer parte desta lista dos 100 melhores filmes de comédia de sempre já é uma enorme honra, sobretudo se se tiver em conta que neste ranking constam nomes incontornáveis como Stanley Kubrick e Charlie Chaplin.

Veja também: