Publicidade:

Não é errado pedir ajuda no trabalho. Eis 5 dicas de como o fazer

Pedir ajuda no trabalho é sinónimo de aprendizagem e não de fraqueza. Coloque as suas reservas de lado e descubra como fazê-lo com as nossas dicas.

Não é errado pedir ajuda no trabalho. Eis 5 dicas de como o fazer
Ser capaz de pedir ajuda no trabalho é sinónimo de evolução e aprendizagem

Todos nós precisamos, em determinadas alturas, de pedir ajuda no trabalho. Contudo, para muitos profissionais, o facto de pedir ajuda a um colega ou à sua equipa de trabalho ainda é visto como algo negativo ou significado de ser pouco autónomo.

Perante o mercado atual que é cada vez mais exigente, é necessário que cada profissional apresente bons resultados quase em tempo recorde. Mas para que estes resultados sejam realmente positivos para a empresa onde trabalha, irá ter, muitas vezes, a necessidade de pedir ajuda a outros colegas. E não há de errado nisso, bem pelo contrário.

Como devo pedir ajuda no trabalho?


Até os profissionais mais experientes, podem sentir-se sobrecarregados de trabalho e necessitar de auxílio. Mas a maioria tem tendência para não pedir ajuda por receio que alguém na empresa pense que não é capaz de produzir resultados de forma autónoma.

A verdade é que pedir ajuda no trabalho é sinónimo de aprendizagem e evolução e não de fraqueza! Quando pede ajuda, a probabilidade de obter um resultado melhor e mais criativo é maior do que se insistir em fazer todo o trabalho sozinho.

É daquelas pessoas que evita a todo o custo pedir ajuda e opta por improvisar? Então saiba que a capacidade de pedir ajuda significa que sabe reconhecer quais são os seus pontos fracos ou menos fortes e que está preocupado com a qualidade do seu trabalho e com os resultados obtidos para a empresa.

A constante mudança no mundo das empresas e dos negócios obriga a que esteja sempre atualizado, para conseguir acompanhar as tendências, alterações no mercado e as melhores práticas a adotar. Por isso deve procurar manter uma boa relação com toda a equipa, incluindo os seus diretores, mentores de projeto, colegas de trabalho e até com alguns experts fora da empresa. Nunca se sabe quando estas pessoas lhe poderão valer em momentos de maior dificuldade.

5 dicas para pedir ajuda no trabalho


trabalho equipa

Em algum momento, todos nós precisamos de pedir ajuda no trabalho e a maioria das pessoas, quer se trate de um membro da equipa ou de um superior, vai sentir-se valorizada de que a tenha abordado para obter assistência.

1. Defina, de forma clara, o tipo de ajuda que precisa

Se se sente sobrecarregado, ou com alguma dificuldade em desempenhar todas as suas tarefas, defina aquela lhe está a causar mais dores de cabeça (ou que precisa mesmo de ser entregue o mais rápido possível) e perceba em que aspetos um contributo de outra pessoa poderia ser benéfico.

Ao definir de forma clara o tipo de ajuda que precisa, os seus colegas ou contactos exteriores poderão auxiliá-lo mais facilmente e até mesmo recomendar alguns recursos adicionais.

2. Não pense que pode fazer tudo sozinho

Pensar que sabe ou pode fazer tudo sozinho, pode prejudicá-lo e acabar também por prejudicar a empresa. Se tem uma missão em mãos para a qual não se sente totalmente preparado, então não aja como um expert na matéria e peça ajuda aos seus colegas. Sempre que não se sentir à vontade com uma determinada tarefa, procure conversar abertamente com os seus superiores ou colegas de equipa e colocar todas as suas questões.

Se o fizer, o mais provável é que a maioria das questões que pairam na sua cabeça, assim como o medo de fracassar, se dissipem e que encontre ajuda e compreensão do lado de lá.

3. Saiba como e quando pedir ajuda

Quando procurar ajuda, independentemente da pessoa a quem se dirige, faça-o um tom de voz amigável e pergunte diretamente se a pode ajudar. Aja com sinceridade e humildade e certifique-se que enquadra o seu pedido.

Opte por dizer aquilo que não consegue fazer, como por exemplo: “Sou terrível a fazer apresentações. Será que me pode ajudar a tornar os slides em algo muito mais apelativo?”

Além de saber como, é também essencial que saiba quando pedir ajuda aos seus colegas, de forma a não sobrecarregar ninguém de trabalho. Faça-o em alturas que seja mais conveniente para a pessoa e mostre respeito pelo trabalho dela. Disponha-se a ouvir com atenção e, no final, reconheça a ajuda que lhe foi dada, agradecendo.

4. Peça ajuda e não para lhe fazerem o seu trabalho

Se está a pensar em pedir ajuda, certifique-se que é mesmo só uma ajuda e que ninguém irá ter de fazer o seu trabalho por si. Quando pedimos ajuda, o objetivo deve ser o de procurar orientações e esclarecer algumas dúvidas que possamos ter. Lembre-se sempre que ninguém irá fazer o seu trabalho por si.

5. Ajude sempre quem precisar de ser ajudado

Da mesma forma que gosta da boa disposição e disponibilidade que os seus colegas demonstram quando precisa de algum tipo de assistência, também tem de ser prestável quando lhe pedirem ajuda ou colocarem alguma questão.

Demonstre que podem contar consigo e que o faz de bom agrado. Tal comportamento irá contribuir para uma relação de confiança entre si e os seus colegas.

Veja também:

Catarina Milheiro Catarina Milheiro

Finalista da licenciatura em Gestão de Marketing, entende a partilha de informação através da escrita, como uma forma nobre da comunicação.

Saiba tudo sobre emprego