Publicidade:

7 snacks pouco saudáveis que deve evitar

Ajudam a matar a fome, mas na maior parte das vezes escondem elevadas quantidades de sal e açúcar. Conheça alguns snacks pouco saudáveis a evitar.

7 snacks pouco saudáveis que deve evitar
Evite snacks com excesso de sal, açúcar e calorias

O aspeto apelativo, o facto de serem práticos e de satisfazerem rapidamente a fome tornam os snacks opções fáceis e apetitosas. No entanto, a maior parte destes pequenos lanches são snacks pouco saudáveis, sobretudo pela quantidade de conservantes, gorduras e condimentos que escondem. Deste modo, saiba o que deve evitar comer entre as refeições.

7 snacks pouco saudáveis e as suas alternativas


1. Iogurte gelado

iogurte gelado

Cada vez mais presente no mercado português, a oferta de frozen yogurt, ou iogurte gelado, é cada vez maior. À partida, analisando este snack, este tem tudo para ser saudável. De um lado, o iogurte que sacia, que é probiótico e ainda fonte de cálcio. E, do outro lado, o gelado que quando combinado com o iogurte se torna ainda menos calórico.

Porém, no caso dos iogurtes gelados, a dificuldade está em resistir aos toppings disponíveis. Isto porque, aquando da compra, a oferta é vasta e inclui, por exemplo, gomas, doce de ovos, manteiga de amendoim, leite condensado, bolo, etc.

Como tal, de modo a não tornar este um snack pouco saudável, opte por fruta fresca ou então por frutos secos.

2. Granola

granola

Outro ingrediente muito comum, sobretudo ao pequeno-almoço e ao lanche, é a granola. A sua base de aveia e frutos secos é, muitas vezes, enriquecida em demasia, perdendo assim as suas principais qualidades.

Embora os grãos, os óleos, o mel e as sementes tornem a granola mais saborosa, acabam por torná-la também rica em calorias e gordura. Neste sentido, opte pelas granolas sem açúcar ou então experimente fazer a sua própria granola!

3. Bolachas de arroz e milho

bolachas arroz

As bolachas de arroz e milho são um lanche quase sempre presente na alimentação de quem está a fazer dieta. Por outro lado, têm a vantagem de ser um prático snack de escritório. Mas, apesar do baixo teor de gordura, também aqui se escondem alguns perigos que tornam estas bolachas snacks pouco saudáveis.

Algumas variedades contêm grandes quantidades de açúcar, sal e conservantes. Neste sentido, de modo a contornar os malefícios das mesmas, opte por marcas que não adicionam açúcares ou sal. No caso das bolachas de arroz, opte pelas que são feitas com arroz integral.

4. Frutos secos salgados

frutos secos salgados

Os frutos secos são ideais para quem gosta de petiscar entre refeições e as suas inúmeras vantagens não são de menosprezar. Como tal, merecem especial destaque as suas propriedades saciantes, a sua riqueza em gorduras saudáveis e fibras e o facto de contribuírem para o combate ao mau colesterol.

Mas também aqui há cuidados a ter! Assim sendo, deve evitar os preparados de frutos secos que incluem doces, assim como os frutos secos salgados, como é o caso do caju com sal, as pipas ou ainda as amêndoas.

5. Carnes frias

charcutaria

Outros snacks pouco saudáveis que devem ser consumidos com moderação são as carnes frias. Aqui inclui-se o fiambre, o presunto, a mortadela, o paio, o chouriço, as salsichas, etc. Além de serem produtos ricos em conservantes, sódio, nitritos, são também carnes processadas.

Este tipo de carnes estão sujeitas a processos de transformação e a várias técnicas para adição de ingredientes durante a sua produção. Por outro lado, segundo a Organização Mundial de Saúde, este tipo de carnes está associada a doenças como o cancro, nomeadamente do intestino.

6. Café

café

O café é, talvez, o alimento/bebida a que mais se recorre no momento de fazer uma pausa no trabalho. Não podemos negar que as vantagens do café são inúmeras, entre as quais: regulação da função cerebral, prevenção da depressão e de doenças como o Alzheimer.

Contudo, como snack, há alguns cuidados a ter. Isto porque, apesar de ajudar a “enganar a fome”, esse adiamento da fome não dura para sempre. Assim sendo, ao saltar refeições e ficar muitas horas sem comer, só vai fazer com que o seu apetite aumente. Conclusão: a probabilidade de ingerir comida em excesso na próxima refeição vai ser maior.

7. Pipocas de microondas

pipocas de micro-ondas

Sofá, um bom filme e pipocas são os melhores ingredientes para um serão caseiro! No entanto, sugerimos-lhe que desafie a preguiça e opte por fazer as suas próprias pipocas, em vez de recorrer às práticas pipocas de microondas.

As pipocas de microondas são snacks pouco saudáveis, não só pela gordura e quantidade de sal ou açúcar presentes nas mesmas, mas também pela sua embalagem. O perigo está escondido no saco, que quando aquecido liberta substâncias cancerígenas que são depois absorvidas pelo organismo.

Veja também: