ebook
Ebook Finanças (s)em Crise
Um guia para tempos complicados
Valdemar Jorge
Valdemar Jorge
29 Jan, 2021 - 16:45

Conheça algumas das avarias mais frequentes em carros

Valdemar Jorge

Sendo o automóvel uma máquina, com o uso e desgaste podem surgir problemas. Estas são algumas das avarias mais frequentes em carros.

mecânico a analisar motor e outras avarias mais frequentes em carros

Uma lâmpada que se funde, uma luz que se acende no tablier ou um pneu furado são algumas das avarias mais frequentes em carros. Estes são problemas que podem acontecer a qualquer altura, independentemente do modelo ou ano do automóvel. Mais ainda, são, felizmente, problemas que têm solução.

Ainda que existam listas ou “rankings” que enumeram e agrupam as avarias mais frequentes num automóvel por modelo ou versão, ano e ou mesmo por fabricante, a verdade é que qualquer condutor não está livre de ser “vítima” de uma falha mecânica, ou outra, na sua viatura.

Não se trata de ser o carro topo de gama ou o mais barato que encontremos no mercado. Os automóveis são máquinas e, como qualquer máquina, uma avaria pode acontecer. No entanto, muitas vezes, a origem está no desleixo. Isto é, não fazer a revisão periódica preconizada pelas marcas é prejudicial ao funcionamento correto do carro.

Por outro lado, há avarias inevitáveis e muitas anunciam-se. Um zumbido continuado numa roda, o motor que não pega à primeira, uma luz que continuamente se acende no painel de instrumentos, por exemplo, são sinais de que alguma coisa não está bem.

Saber analisar a situação antes de intervir

Importa também dizer que, por exemplo, uma lâmpada fundida numa óptica, em alguns automóveis é de fácil mudança e até pode ser feita em casa. Porém, noutros casos, esse simples gesto, pode ser mais complicado de executar. Pode ser mesmo necessário desmontar alguns componentes para chegar à ficha que leva à lâmpada que tem se ser substituída.

Ora, isto obriga a recorrer ao concessionário da marca do automóvel ou a uma oficina especializada em sistemas elétricos.

Outro aspeto importante é que, dependendo das situações a executar é preciso ter conhecimento e ferramentas adequadas para não correr riscos desnecessários e, ao querer resolver um problema, esteja a criar outro mais complicado.

No caso de intervenções mecânicas é importante deixar arrefecer o motor. Nunca deve fazer a intervenção logo que o motor seja desligado. Tenha em conta que os fluídos estarão quentes, bem como os componentes do motor.

As avarias mais frequentes em carros

Elencamos, de seguida, um conjunto de possíveis avarias que acontecem com alguma frequência.

Além da enumeração sublinha-se o facto de, na sua maioria, para completa resolução do problema, deve ser contactada oficina representante da marca do automóvel, ou outra ajuda especializada.

1

Pneu furado

Uma das avarias mais comuns que os condutores enfrentam na estrada é a possibilidade de furar um pneu.

Tendo em conta a imprevisibilidade desta situação, aconselha-se  a verificação do desgaste dos pneus e, também, a retificação da pressão dos mesmos, pelo menos uma vez por mês.

Não é desadequado e em qualquer reparador de pneus ou oficina pode solicitar essa retificação, que é realizada gratuitamente. Pode também efetuar a verificação da pressão dos pneus nas estações de serviço que disponibilizam equipamento próprio para este fim.

2

Lâmpada fundida

Muitas são as marcas automóveis que disponibilizam, atualmente, nos seus produtos, nomeadamente no painel de instrumentos, um elemento que avisa para o caso de falha de uma das lâmpadas das ópticas (dianteiras ou traseiras) da viatura.

Uma luz acesa no painel de instrumentos quer dizer que existe uma falha. Caso não consiga resolver a situação, o mais acertado é dirigir-se a uma oficina. A operação, na maior parte das vezes, não implica muito tempo. Para além disso, é de fácil execução e baixo custo.

3

Volante que treme

Uma sensação desagradável de tremor no volante com a viatura em andamento anuncia um problema na direção. E esta não é, de todo, uma situação normal.

O tremer do volante pode ser indicador de vário tipo de avarias. No entanto, comece por verificar a pressão dos pneus, fazer a calibração das rodas e dos travões de disco. Se a situação se mantiver, deverá recorrer a oficina para verificação dos componentes da direção do automóvel para identificar a falha.

4

Motor a ferver (falta de óleo)

Uma luz vermelha com o grafismo de uma almotolia, que se acende no painel de instrumentos, é um dos alertas de que os condutores mais receiam. Esta é a luz que avisa da falta de óleo no motor, uma das avarias mais frequentes em carros.

Para evitar esta falha deve proceder à troca do óleo conforme estipulado pela marca no plano de revisão. Deve recorrer a ajuda de profissional para executar este serviço. Como prevenção, pode fazer a verificação do nível mesmo, com o motor frio, através da visualização do nível do óleo na respetiva vareta que se encontra no motor.

5

Bateria fraca ou sem carga

Um som arrastado quando liga a ignição e/ou as luzes que apresentam fraca intensidade, pode ser o indicador de que a bateria estará com pouca carga ou existe uma deficiência com o alternador.

Tendo em conta que seja um problema na bateria, este é o sinal que anuncia que a mesma não está carregada devidamente. Para evitar esta situação deverá, periodicamente, realizar uma manutenção à bateria, na sua oficina.

Para além disso, para prevenir esta situação não deixe o carro parado durante longos períodos. Nesse caso desligue a bateria.

mecânico a analisar sinais de que a bateria do carro está fraca
6

Falha no alternador

O alternador é o sistema que transforma a energia mecânica em elétrica e mantém a carga da bateria. Quando este sistema apresenta alguma deficiência, os sintomas revelam-se de imediato no funcionamento dos sistemas elétricos, que apresentam falhas, como por exemplo falta na iluminação ou deficiente ação dos elevadores dos vidros.

Este componente, à semelhança da bateria (que evidenciamos no item acima), deve ser verificado com regularidade. Em última análise, se se suspeitar de anomalia, poderão ter de se substituir as correias.

7

Motor de arranque falha

Utilizando eletricidade, este componente efetua os primeiros movimentos do motor de combustão, sendo só necessário nesta altura, desligando-se a seguir. No entanto, para correto funcionamento, necessita de bastante força para iniciar o movimento e assim realizar o tempo de compressão.

Se este componente tiver alguma anomalia poder-se-á ouvir um zumbido, ou então, uma série de pequenos estalidos elétricos. Para precaver o mau funcionamento do motor de arranque, evite rodar a chave de ignição durante muito tempo no arranque ou insistir quando o motor já estiver a trabalhar.

8

Embraiagem pesada ou com vibração

Uma das avarias mais frequentes em carros está relacionada com a embraiagem. Este é o componente que transmite a rotação do volante do motor para as engrenagens da caixa de velocidades. Esta, por sua vez, desmultiplica essa rotação e transfere-a para o diferencial através de um eixo.

Se o pedal da embraiagem estiver duro e pesado, ou se sentir vibrações/ruídos, tenha em conta que poderá existir um problema. Também pode acontecer que o pedal afunde e fique totalmente em baixo.

Nesta situação deve evitar baixar a mudança para travar, ou fazer o chamado ‘ponto de embraiagem’ numa subida. Sentirá que, por muito que acelere a embraiagem patina. A rotação do motor não se traduz em força.

O mais evidente, e normal, é que o disco da embraiagem esteja desgastado, mas também pode ser a bomba de acionamento do sistema.

Perante esta situação só tem duas possibilidade: se o automóvel ainda tiver capacidade para circular, desloque-se o mais breve possível para uma oficina. Por outro lado, se não andar de todo, terá de socorrer-se de um reboque e levar a viatura até um ponto de assistência. Em qualquer das situações deve proceder à troca da embraiagem.

9

Défice no funcionamento do catalisador

O catalisador é o sistema responsável pelo controle de emissões e queima de gases nocivos da viatura. Um mau funcionamento resume-se a maior emissão de gases nocivos.

Um dos procedimentos para precaver mau funcionamento e acumulação de resíduos é circular com a viatura durante algum tempo em rotações mais altas ( ou “apertar um pouco com ele”, como se diz na gíria automobilística).

Esta ação serve para limpar o catalisador (queimar os resíduos) e possibilitar que funcione bem. A reparação deste componente, por norma, não é barata, podendo chegar a milhares de euros, se se evidenciar uma avaria grave.

10

Falha nos injetores

Os injetores, como o nome indica, são componentes que têm como principal ação injetar combustível nas câmaras de combustão dos motores.

Se o motor deixar de responder de forma suave ao pisar do acelerador, então está perante a possibilidade de ter um problema no sistema de injeção. Para precaver possíveis complicações tenha em mente que a gasolina que usamos poderá trazer pequenos detritos.

Estes, ao não passarem nos injetores, acabam por se acumular, sendo responsáveis por causar problemas de entupimento. A reparação destes sistemas, por norma, não é barata. A utilização de combustíveis de qualidade ajuda a precaver estas situações.

profissional equipado a pintar o carro
Veja também Pintar o carro: custos, vantagens e cuidados a ter
11

Ruptura no radiador

O radiador é outro dos componentes do motor que pode sofrer uma avaria a qualquer altura. Ele tem por função impedir o sobreaquecimento do motor.

É o radiador que troca o calor com o meio exterior, utilizando para isso um sistema de tubagens por onde circula o líquido de arrefecimento pelos pistões e depois expõe-no ao ar. Se notar uma poça de água debaixo do automóvel, esse é o sinal evidente de que existe uma fuga no sistema do radiador. Esta é mais uma das avarias mais frequentes em carros.

Outra situação que pode acontecer é o sobreaquecimento do motor. Neste caso, além do aviso no painel de instrumentos, se notar saída de fumo pelo capot do automóvel, pare imediatamente. A solução passa por levar a viatura a uma oficina e substituir o radiador ou peças danificadas.

12

Ar condicionado deixa de funcionar

Se o ar frio deixa de sair pelas condutas da ventilação, então é sinal de que algo se passa com o compressor de ar condicionado. Por outro lado, numa situação menos gravosa, pode significar que existe uma fuga no sistema, tendo este ficado sem líquido de refrigeração.

A solução passa por recorrer aos serviços de oficina especializada que fará a reparação do compressor ou reporá o líquido de refrigeração. Para precaver estas situações, ligue no verão, pelo menos duas vezes por mês, o ar condicionado da viatura.

Outra sugestão: aquando da revisão anual da viatura, solicite revisão ao sistema de ar condicionado e limpeza das condutas de ventilação. Esta ação incrementará a qualidade do ar no interior da viatura.

Para evitar aborrecimentos não falhe a revisão do automóvel

Para que circule com segurança, deverá dar atenção a estas situações. Como prevenção (e como diz o ditado popular “mais vale prevenir que remediar”), esteja atento aos sinais que o seu carro lhe dá e não desleixe a realização da revisão anual preconizada pela marca. Ou, então, peça uma revisão a um mecânico da sua confiança.

Deste modo poderá evitar alguns aborrecimentos e constrangimentos monetários na hora de ter de fazer reparações de montante mais elevado.

Nem sempre será possível detetar alguma anomalia em tempo útil, mas a experiência diz-nos que grande parte das situações, mecânicas ou outras, fazem-se sentir. Isto é, anunciam-se de “mansinho” antes de se tornarem uma realidade efetiva.

O momento da revisão anual servirá, também, para isso mesmo: detetar algum problema. Esteja atento.

Veja também

Aviso Legal

O Ekonomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O Ekonomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].