Márcio Matos
Márcio Matos
28 Ago, 2019 - 02:41
Belize: pequeno em tamanho, grande em encanto

Belize: pequeno em tamanho, grande em encanto

Márcio Matos

Poucos o conhecem, mas o Belize é um país onde a história e a Natureza andam de mãos dadas. Um destino paradisíaco que vale a pena visitar.

O artigo continua após o anúncio

O Belize é um país que fica na América Central e que, em parte, faz fronteira com a Guatemala, ficando a sul do México. A sua capital, Belmopan, é a mais pequena do hemisfério ocidental, com cerca de 20 mil habitantes.

Com aproximadamente 350 mil habitantes, o Belize é independente desde 1981, tendo sido durante anos uma colónia britânica. Atualmente, pertence à Commonwealth, uma associação de 52 países composta pelo Reino Unido e por outras ex-colónias. Fique, agora, a conhecer os principais pontos de interesse deste país encantador.

Belize: 5 principais pontos de interesse

Belize

1. Ambergris Caye

Ambergris Caye é uma ilha do Belize onde habitam cerca de 15 mil pessoas. Nesta ilha, foi gravado o famoso videoclipe da canção “La isla bonita”, de Madonna. As praias de areia branca são convidativos ao relaxe e a mergulhos, mas há golfe e caiaques para quem tem muita energia para gastar.

Além disso, a sua proximidade com a Barreira de Coral Mesoamericana ,a segunda maior barreira de coral do mundo, a Reserva Marinha de Hol Chan e a Reserva Bacalar Chico fazem deste um destino muito procurado para a prática de snorkelling, mergulho, pesca em alto mar e vela.

Na cidade, em San Pedro, poderá encontrar uma série de pequenos hotéis, empresas de mergulho, lojas de recordações, bares e restaurantes.

2. Caye Caulker

Esta é uma pequena ilha de coral localizada no Mar do Caribe. Situada perto de Ambergris Caye, com 8 quilómetros de comprimento e menos de 2 de largura. Os seus preços baixos, ambiente descontraído e diversidade de restaurantes e bares fazem deste um destino muito procurado pelos turistas.

Apesar de não ter praias tão deslumbrantes, são muitas as vantagens desta ilha que pode ser atravessada em 20 minutos. O movimento e a afluência de turistas aumenta nos fins-de-semana prolongados, no verão e no Festival da Lagosta, realizado sempre em julho.

Entre as atividades disponíveis, estão: mergulho, snorkeling, caiaque, pesca, kite-surf ou vela; nadar com raias, tubarões-enfermeira e peixe-boi; e, ainda, andar de bicicleta ou jogar golfe.

O artigo continua após o anúncio
Belize

3. Great Blue Hole

Como o nome indica, este trata-se de um círculo perfeito no mar, com mais de 300 metros de largura e 124 metros de profundidade. Jaques Costeau terá sido das primeiras pessoas a visitá-lo e este é um local de muita fauna marinha. Por isso, não é de admirar que seja o destino de mergulho mais popular do Belize, tendo sido declarado Património Mundial da UNESCO.

No local, encontram-se formações em calcário que moldam as paredes deste enorme buraco. À medida que mergulha, a água torna-se mais clara e a paisagem incrível.

A sua barreira de coral, com 300 quilómetros, integra a Barreira de Coral Mesoamericana, o segundo maior conjunto de corais do mundo. Uma parte deste recife é protegida pela Rede de Reservas de Recifes da Barreira do Belize.

4. El Caracol

Agora, falamos de um sítio arqueológico Maia que fica a 40 quilómetros de outro local Maia: Xunantunich. Localizado no alto do planalto Vaca, este é o maior sítio arqueológico do Belize e guarda os vestígios de uma cidade Maia, que teria uma população estimada de cerca de 150.000 pessoas.

Estas ruínas pertencem às selvas do Parque Nacional Chiquibul, perto da fronteira com a Guatemala. A maior pirâmide de El Caracol é a Canaa (Palácio do Céu), que tem uma altura de 43 metros e é a estrutura mais elevada do Belize. As ruínas deste destino são impressionantes, pois estão repletas de vida selvagem.

5. Xunantunich

Este é outro dos locais da antiga civilização Maia, situados no Belize, na fronteira com a Guatemala. Aqui, fica El Castillo, a segunda estrutura mais alta do país. As ruínas Maias de Xunantunich ficam no topo de uma ravina, acima do rio Mopan. Com uma área de 2,6 quilómetros quadrados, Xunantunich conta com 6 praças, cercadas por mais de 20 templos e palácios. Este era o centro cívico cívico Maya.

Belize

Belize: quando visitar e cuidados a ter

O Belize tem um clima subtropical, com temperaturas quentes ao longo do ano. Entre janeiro e maio (estação seca), os termómetros oscilam entre os 20°C e os 27°C. Já entre junho e dezembro (estação chuvosa), as temperaturas variam entre os 22°C e os 32°C.

A melhor altura para visitar o país é durante os primeiros 4 meses do ano, altura em que o tempo não é tão quente, nem húmido. Claro que esta é também a época alta, em que os preços são mais elevados.

O artigo continua após o anúncio

Há ainda que ter em consideração que os meses de agosto a outubro são mais propensos à ocorrência de furacões.

Outro aspeto a ter em atenção, antes de seguir viagem, é verificar as condições de segurança do destino. Assim, poderá planear melhor a sua viagem e saber se há algum acontecimento que possa prejudicar a plena fruição da cidade ou país que vai visitar. O site do Governo inglês pode dar uma ajuda, neste sentido.

Veja também:

Partilhar Tweet Pin E-mail WhatsApp