Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Márcio Matos
Márcio Matos
09 Dez, 2019 - 16:51

Conheça a insólita ilha dos porcos nadadores nas Bahamas

Márcio Matos

A Ilha dos Porcos é uma das mais populares das Bahamas e é fácil perceber porquê. As imagens deste local são insólitas e despertam curiosidade mundo fora.

Conheça a insólita ilha dos porcos nadadores nas Bahamas

Se lhe dissermos que há, nas Bahamas, um arquipélago com uma Ilha dos Porcos nadadores, talvez não acredite. Mas é verdade. Pelas águas cor de safira de Exuma banham-se uma série de suínas que não se sentem, em nada, intimidados pela presença de turistas.

Ilha dos Porcos nadadores: paraíso nas Bahamas

Porcos nadadores nas Bahamas

A sua presença é tão marcante e mundialmente famosa que a Big Major Cay é já conhecida como a Ilha dos Porcos ou Pig Beach. Trata-se de uma das centenas de ilhas que compõem as Bahamas, está totalmente desabitada (no que a seres humanos diz respeito, claro) e fica a 132 km sudeste de Nassau, capital das Bahamas, e a 80 km a noroeste de George Town, capital de Exuma.

Ah, e se se pergunta como foram este animais parar a Big Major Cay, saiba que tal continua um verdadeiro mistério. Há quem diga que os porcos foram deixados na ilha por um grupo de marinheiros que iria cozinhá-los no seu regresso, algo que não chegou a acontecer.

Outros afirmam que os porcos sobreviveram a um naufrágio e nadaram até à ilha. Já outros julgam que os porcos foram ali colocados com uma estratégia para atrair mais turistas às Bahamas.

Todavia, o facto é que estes são porcos cheios de sorte, uma vez que vivem tranquilamente num pedaço de paraíso que todos gostaríamos de ter como lar, ainda para mais em exclusivo, sem ter de partilhar. Ou será que não é bem assim? Fique a saber.

Exuma

Exuma é conhecida pelas suas águas azul-turquesa e cristalinas e, também, pela possibilidade de nadar com porcos e com tubarões! Uma experiência verdadeiramente única.

Mas antes de vivenciar esta oportunidade inesquecível, durante o percurso, é ainda possível admirar as águas com diferentes tons de azul, avistar algumas ilhas de celebridades (como a do ator Nicolas Cage), conhecer o Tunder Grotto (onde dois filmes do James Bond foram filmados) e, finalmente, nadar com os famosos porcos em Big Major Cay ou com tubarões em Compass Cay.

Ilha de Exuma nas Bahamas

Como ir?

O aeroporto mais próximo da ilha dos Porcos fica em Staniel Cay e a única companhia aérea com voos diretos até lá é a Flamingo Air. A viagem dura cerca de 40 minutos e custa por volta de 224€ (ida e volta).

Uma vez chegado ao aeroporto, há algumas empresas que o podem levar diretamente até à ilha, por pouco mais de 314€ (2 a 3 pessoas) ou pouco mais de 224€ (4 ou mais pessoas).

Algumas informações a reter

  • Os passeios de um dia duram cerca de 8h a 9h, passando-se grande parte do tempo dentro do barco.
  • A alta velocidade da lancha não a torna num transporte adequado para grávidas, crianças e indivíduos com problemas nas costas, joelhos, pescoço e/ou cardíacos.
  • Os passeios podem ser cancelados devido às condições meteorológicas (vento, chuva, furacão, etc).
  • A solução mais rápida, embora mais cara, é mesmo voar diretamente até Staniel Cay.
  • Para aproveitar ao máximo de tudo, sem contratempos, o ideal é ficar instalado num hotel local, fazer o passeio num dia e, nos restantes, usufruir das muitas praias existentes junto às unidades hoteleiras.
  • Os cruzeiros pelas Bahamas normalmente não contemplam o passeio pela ilha dos porcos nadadores de Exuma.
  • É fundamental levar protetor solar, chapéu e óculos de sol.

O outro lado da Ilha dos Porcos

Têm também sido divulgadas descrições da Ilha dos Porcos não como um paraíso para os animais, mas sim um local de abate, onde os animais são utilizados e, mesmo, explorados como atração local, acabando por ser desrespeitados pelas empresas turísticas e pelos visitantes. Fique a conhecer algumas das situações relatadas e evite determinados comportamentos.

  • Os porcos podem sofrer queimaduras severas e desenvolver cancro de pele devido à exposição solar intensa, sem qualquer proteção;
  • A principal fonte de alimento dos porcos é trazida pelos locais e turistas, o que pode tornar os animais agressivos com os humanos, quando se sentem com fome. Além disso, nem sempre os turistas dão aos animais a alimentação mais adequada;
  • Os animais não têm qualquer abrigo contra sol, chuva, tempestades e furacões caribenhos.

Assim sendo, respeite o equilíbrio dos ecossistemas locais, sem pressões desnecessárias sobre os animais. Cumpra todas as regras de convivência, para assim poder desfrutar de umas férias tranquilas e relaxantes.

Veja também