Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Marvin Tortas
Marvin Tortas
11 Nov, 2019 - 13:15

Camiões feitos para o Dakar levam marcas por estradas e desertos

Marvin Tortas

A Free Lance adaptou 4 camiões do Dakar para criar o Brand Activation Lab, levando assim ideias das marcas para além dos limites da estrada.

camiao no deserto

A Free Lance Comunicação é uma agência portuguesa de comunicação e está em vésperas de comemorar o seu 20º aniversário. Para celebrar tal marco, o fundador e partner da empresa, Gonçalo Bettencourt, decidiu apostar numa nova área de negócio e criou o Brand Activation Lab.

O Brand Activation Lab consistirá em dar uma nova vida a camiões que outrora competiram com grande prestígio nas etapas do rali Dakar e que agora estarão ao dispor de qualquer empresa, portuguesa e não só, para fazer as mais variadas ativações de marcas.

Com 6 rodas motrizes e 1200L de capacidade de combustível, a imaginação será mesmo o limite destes camiões.

Do Dakar para as estradas: um laboratório para a ativação de marca

goncalo bettencourt free lance comunicação
Gonçalo Bettencourt, fundador e partner da Free Lance Comunicação

A ideia para este projeto surgiu pela cabeça de Gonçalo Bettencourt quê, durante vários anos e enquanto jornalista, teve oportunidade de acompanhar no terreno as míticas aventuras do rali Dakar.

A Free Lance continua ainda a trabalhar bem de perto com os pilotos portugueses de maior sucesso na prova – os motards Hélder Rodrigues e Rúben Faria – e em várias ocasiões, foram estes poderosos camiões que garantiram o sucesso e a segurança de todos os pilotos, sendo protagonistas ao garantirem toda a assistência e logística da competição.

Segundo Gonçalo Bettencourt, “o desgaste e erosão da publicidade tradicional em meios de comunicação social – com especial destaque para a televisão – e em suportes outdoor foi o catalisador para fazer crescer um setor onde a inovação é um dos principais ativos para criar ou desenvolver o amor pelas marcas. Quanto mais interativa for a comunicação, maior será o impacto que esta vai ter nos atuais e potenciais consumidores da marca.”

A assim surgiu a ideia de criar o Brand Activation Lab.

Da ONU para o Dakar, e do Dakar para as empresas

Os 4 camiões que completarão a frota da Brand Activation Lab começaram as suas funções em 1982 ao serviço das Nações Unidas.

Anos mais tarde, em 2006, ano em que pela primeira vez se realizou o Lisboa – Dakar, estes camiões entraram ao serviço daquela que é a prova rainha dos ralis, servindo como camiões de assistência à organização, e por lá se mantiveram até 2018, quando o Dakar apenas se realizava na sua totalidade na América do Sul.

Esta é, portanto, uma 3ª vida para estes camiões, que de outro modo, poderiam perfeitamente ver as suas aventuras ficarem por aqui.

A criação do Brand Activation Lab implicou um investimento de 350 000€ para a Free Lance Comunicação, tendo em conta os custos de aquisição dos 4 modelos e transformação para esta sua “nova vida”.

Uma nova vida da qual faz parte a vontade de tornar este num projeto amigo do ambiente, tendo pegada neutra no que toca a emissões de carbono, tendo por isso sendo implementados painéis solares e outras soluções de autonomia energética “verde”.

Os números destes “monstros do deserto”

camião dakar
Um dos camiões que foi comprado pela Free Lance para o Brand Activation Lab
  • Marca: MAN 
  • Modelo: KAT 6×6 (7T MIL GL LKW)
  • Tração: Integral permanente às 6 rodas
  • Caixa de velocidades: ZF de 6 velocidades com conversos de binário
  • Diferenciais: bloqueio nos 3 diferenciais 
  • Motor: V8 Diesel 
  • Cilindrada: 12.675 cc
  • Potência: 320PS (315cv)
  • Capacidade combustível: 1200 litros total 
  • Peso Bruto: 19 000 Kg
  • Pneus: 14.00 R20 
  • Velocidade máxima: 115 km/hora
  • Equipamentos especiais: Guincho de 20 toneladas, geradores insonorizados, compressor de ar, iluminação interior e exterior, bomba de filtragem de gasóleo

As mais valias destes camiões para as ativações de marca

Desde logo, o impacto visual que um camião destas dimensões causa ao circular nas movimentadas estradas dos Aliados ou do Rossio, por exemplo, são um chamariz para qualquer pessoa.

Outra das principais vantagens destes camiões é o facto de poderem chegar onde nenhum outro veículo chega, fruto da suas habilidades “genéticas” para as aventuras nos trilhos do deserto, ao mesmo tempo que pode transportar até 10 toneladas de carga, podendo assim mover todo escritório de uma empresa até ao sítio mais recôndito e exclusivo que possa ser lembrado, ou até mesmo dar um concerto a 2000m de altura no cume da Serra da Estrela.

E por fim, mais uma das grandes vantagens da utilização destes veículos nas ativações de marca são os 85 metros quadrados de área disponível para ser decorada, o que o transforma num autêntico “outdoor” sobre rodas.

A primeira unidade já está a circular nas estradas e nos próximos meses as restantes 3 estarão também a desfilar-se pelas ruas de Portugal ao serviço de várias empresas.

Veja também