Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
André Freitas
André Freitas
18 Mai, 2020 - 19:09

Longa vida: 15 carros que foram produzidos durante várias décadas

André Freitas

Model T, Carocha, Land Rover Defender… Todos estiveram em produção durante mais de 20 anos, recebendo muito poucas atualizações. Mas há muitos mais.

Land Rover Defender

A história automóvel é longa e fascinante, e no caso de alguns modelos em específico, é muito longa mesmo, como são exemplo estes 15 modelos de carros que estiveram mais tempo em produção desde que há memória.

Muitos destes automóveis aportam consigo um enorme pedaço da história automóvel, não só pelo tempo que foram mantidos em produção, mas pela sua importância numa determinada época e pela sua aceitação pelos consumidores.

A história de alguns destes modelos funde-se com a própria história dos respetivos fabricantes, assim como em alguns casos (provavelmente o caso de muitos leitores), estes são também automóveis que trazem grandes recordações de uma vida.

Surpreenda-se então com esta lista de automóveis que estiveram em produção durante décadas e décadas, recebendo muito poucas atualizações ao longo dos anos.

História automóvel: os 15 modelos que estiveram em produção durante mais tempo

1. Mercedes SL R107 (1971 – 1989)

Mercedes SL

O Mercedes SL representa muito mais do que um descapotável desportivo. Representa luxo, qualidade, exclusividade entre outros. Estatuto que mantem desde os anos 70, altura em que foi lançado pela primeira vez.

Em produção durante mais de 18 anos, desde 1971 a 1989, o primeiro Mercedes SL ( SL R107) foi um sucesso para a marca.

Na etapa final da sua produção, este modelo continuava a ser alvo de desejo por parte dos consumidores, mesmo tendo alguns dos equipamentos datados, sobretudo no interior.

Como seria de esperar de um topo de gama Mercedes, o SL podia ser equipado com motores potentes e capazes de proporcionar momentos de diversão e adrenalina.

2. Ford Model T (1908 – 1927)

Ford Model T

O Ford Model T foi o mais pioneiro e inovador dos automóveis, isto porque foi o primeiro automóvel a ser produzido em massa e como tal, é considerado por muitos o verdadeiro “primeiro automóvel”.

Durante o período em que esteve em comercialização (19 anos no total), a Ford produziu mais de 15 milhões de unidades deste modelo.

Como à data não era eficiente oferecer veículos de diversas cores, e de forma a massificar o automóvel para que este pudesse ser comprado por qualquer um, durante cerca de 11 anos, a Ford só disponibilizou este modelo em preto

A célebre frase de Henry Ford marcou este momento para a história: “Qualquer cliente pode ter um carro pintado de qualquer cor que desejar, desde que seja preto.”

3. Fiat Panda (1980 – 2003)

Fiat Panda

Pouco conhecido no continente Americano, mas imensamente popular na Europa, e particularmente em Portugal: o Fiat Panda.

O modelo fabricado pela Fiat vendeu milhões de exemplares durante a sua produção. Desenhado por Giorgetto Giugiaro e Aldo Mantovani, este automóvel foi pensado para ser robusto, de baixo custo, fácil de manter e mover em cidade, ou fora dela.

O percurso deste modelo é longo, mais concretamente, 23 anos. Durante este período, foram lançadas várias motorizações de 3 e 4 cilindros. No entanto, o objetivo do veículo era ser essencialmente fiável.

Devido ao enorme sucesso do pequeno, mas espaçoso utilitário, foi lançada inclusive uma versão 4×4, muito popular nas pequenas vilas camponesas italianas.

4. Range Rover (1970 – 1996)

Range Rover

Atualmente, os SUV de luxo são uma tendência e um elemento comum do mercado automóvel. No entanto, a história iniciou-se em 1970 com o primeiro Range Rover.

Apesar de ser conhecido pela sua excelente prestação em trilhos todo-o-terreno, este carro também proporciona momentos de qualidade e conforto nas típicas estradas menos cuidadas do nosso quotidiano.

O modelo britânico podia ser equipado com vários motores, como por exemplo: motor de 2.5 Litros 300 TDI com 111 cv de potência ou até mesmo um motor 4.2 Litros V8 com 200 cv de potência. 

O objetivo principal era garantir a potência e força necessárias para ultrapassar os obstáculos mais complicados. 

Ao casar esta prestação dentro e fora de estrada (ainda que de fiabilidade contestável) com a qualidade dos interiores e um design atraente, obteve-se uma história de sucesso que durou 26 anos.

5. Jeep Wagoneer / Grand Wagoneer (1963 – 1991)

Jeep Wagoneer

O Jeep Wagoneer é um dos ícones da marca e um dos modelos que fez da Jeep uma das melhores fabricantes de SUV e veículos todo o terreno.

O modelo fabricado pela Jeep esteve em produção durante 29 anos. Durante a sua vida foram poucas as modificações que foram efetuadas ao modelo.

O design inovador e disruptivo do Jeep Wagoneer fizeram dele um verdadeiro sucesso. Aliás, o modelo 4×4 acabou por criar um nicho. Nicho o qual atualmente é conhecido como SUV. Sim, o Wagoneer foi o “pai dos SUV”.

No presente, sabemos que os SUV são excelentes para longas horas de condução, quer nas estradas com boas condições, como em condições um pouco mais adversas. 

Por essa razão, este modelo foi particularmente bem sucedido nos Estados Unidos da América, uma vez que era bastante utilizado para atravessar desertos e longas auto-estradas.

6. Volkswagen Jetta Mk2 (1983 – 2003)

VW Jetta

O Volkswagen Jetta é, sem dúvida alguma, um modelo de sucesso da fabricante alemã.

O primeiro modelo foi lançado em 1979. Porém, neste artigo estamos a falar da segunda geração deste modelo.

Este modelo foi lançado praticamente na mesma altura em que a Volkswagen lançou o Golf. Aliás, este é conhecido por ser a versão sedan do mesmo.

A sua produção estendeu-se ao longo de 19 anos. Algures em 1991 a sua produção foi encerrada na Europa. No entanto, a marca iniciou uma nova linha na China.

O modelo disponha de várias motorizações, incluindo diesel e gasolina. Estas, poderiam ser equipadas com caixas de velocidades manuais ou automáticas.

Hoje em dia, ainda é encontramos alguns destes exemplares a circular nas estradas portuguesas.

7. Toyota Century (1967 – 1997)

Toyota Century

O Toyota Century “transpira” história, simbolismo e classe. O Century era produzido à mão e a sua produção era limitada. 

A Toyota criou uma limousine altamente formal, elegante, potente e exclusiva. Inicialmente, este modelo foi criado para servir a família real japonesa. 

Com estas características todas e simbolismo, o Century tornou-se alvo de desejo de várias pessoas, especialmente de pessoas com poder na sociedade. Como tal, o Century também começou a ser utilizado pelos membros mais importantes do grupo Yakuza.

Relativamente ao modelo em si, este foi comercializado durante 30 anos, o que faz dele um dos automóveis que tiveram mais tempo em produção.

Neste espaço temporal, o modelo sofreu alterações mínimas quer a nível técnico e estético.

8. Peugeot 404 (1960 – 1991)

Peigeot 404

Produzido de 1960 a 1991 (31 anos), o Peugeot 404 era visto como um sedan para a família.

O carro francês poderia ser equipado com um motor de 1,5 ou 1,6 litros de 4 cilindros a gasolina ou ainda um motor 1,9 litros de 4 cilindros a diesel.

Quando foi apresentado, o Peugeot 404 era contemplado por quase todos os apaixonados pelo mundo automóvel.

O seu design inovador com um grelha frontal cromada e linhas elegantes fez dele um sucesso, inclusive nos Estados Unidos onde chegou mesmo a ser vendido.

9. Land Rover Defender (1983 – 2016)

Land Rover Defender

O Defender é um conhecido de quase todos, ou mesmo todos, os amantes do off road.

A versão original deste modelo foi lançada em 1948 e, desde então, tem sofrido poucas alterações estéticas. A essência do modelo é sempre transmitida de geração em geração.

Considerado por muitos como um dos melhores carros ingleses de sempre, o Land Rover lançado em 1983 era tão moderno e com componentes de excelente qualidade que ficou em produção durante 33 anos.

Este ícone da engenharia automóvel britânica podia ser equipado com vários motores, mas sempre com o intuito de fornecer a potência necessária para as aventuras mais destemidas.

Por esta e outras razões, o modelo que esteve 33 anos em produção conquistou o coração de jovens, agricultores, e até da rainha Elizabeth II.

10. Lada Riva (1980 – 2012)

Lada Riva

Para quem não sabe, o Lada Riva foi desenvolvido baseado no antigo Lada 1500, que por sua vez tinha sido construído sob a mesma plataforma do Fiat 124.

Este automóvel surgiu em 1980 e esteve em produção até à bem pouco tempo – 2012. A sua comercialização durou 32 anos.

Claramente, a parte estética não foi um dos critérios que levou este modelo ao sucesso. No entanto, características tais como: fiabilidade, resistência e preço foram fatores críticos de sucesso

Atualmente, ainda pode encontrar muitos destes modelos a circular em países como o Egito.

11. Toyota Land Cruiser (1990 – 2020)

Toyota Land Cruiser

O Land Cruiser é um dos modelos mais conhecidos dos aficionados do todo-o-terreno.

Com o início da produção em 1950, a Toyota foi desenvolvendo o seu modelo e no seu historial podemos encontrar o Land Cruiser na versão de 4 portas, 2 portas e ainda pick-up.

Atualmente, a fabricante nipónica continua a vender este modelo adaptando-o às necessidades de segurança atualmente exigidas e recomendadas, mas sem alterar praticamente o seu design ao longo dos últimos 30 anos.

12. Mercedes Classe G (1979-2017)

Mercedes Classe G

Em 1979 a Mercedes trouxe ao mundo um carro militar, mas numa versão de SUV de luxo.

O modelo da estrela alemã foi equipado com diferentes e potentes motores ao longo do tempo, como por exemplo: motor de 2.0L de 4 cilindros a gasolina, 2.5L de 5 cilindros a diesel, 4.0 biturbo com 8 cilindros dispostos em V a diesel e ainda os super potentes 6.0L biturbo de 12 cilindros em V e 6.3L de 12 cilindros, ambos a gasolina, entre outros.

O modelo foi sofrendo várias modificações em vários aspetos, tais como: design exterior, interior e conforto do veículo.

13. Mini (1959-2000)

Mini

Este é um carro que dispensa apresentações. Se via o Mr. Bean na televisão, certamente, que se lembra do seu característico automóvel, o Mini.

Desde a sua primeira edição, o Mini apresentava o conceito inovador com o motor montado transversalmente e com tração nas rodas dianteiras.

Em 2020 e passados 61 anos, os carros compactos com tração dianteira recorrem ao mesmo layout que o Mini. Um verdadeiro exemplo da engenharia britânica.

Por estas e outras razões, o mini comercializado durante 41 anos é considerado um dos melhores carros ingleses de sempre.

14. Citroen 2CV (1948 – 1990)

Citroen 2cv

O objetivo do Citroen 2CV era ser o carro familiar mais barato no mercado. Um carro utilitário, minimalista mas com o conforto necessário para a família.

A fabricante francesa conseguiu o seu objetivo e tornou este modelo num dos mais vendidos na França e no resto da Europa.

Durante os seus 42 anos de produção, vendeu mais de 4 milhões de unidades. Nos dias de hoje, em Portugal, é um clássico.

15. Volkswagen Beetle – “Carocha” (1938-2000)

VW Carocha

Conhecido em Portugal como “Carocha”, a Volkswagen vendeu este modelo em 14 países.

Durante o seu tempo de produção, a Volkswagen vendeu 23,5 milhões de unidades deste modelo. Para além disso, este foi o primeiro carro a vender 20 milhões de unidades em todo o mundo.

O Volkswagen Beetle foi um pedido específico de Adolf Hitler. A lista de exigências que Hitler tinha para o carro era específica: transportar dois adultos e três crianças, não gastar mais que 7l/100 km, manter velocidades de 100 km/h, motor refrigerado a ar e manutenção fácil e económica.

Como se verificou ao longo da história, a missão que Hitler tinha definido para o “Carocha” foi alcançada. Este foi um modelo que serviu o povo, serviu na guerra e que se prolongou durante 62 anos de produção e eternizou na história automóvel.

Veja também