Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Bárbara do Carmo
Bárbara do Carmo
08 Out, 2019 - 14:15

Ceuta, o pedaço de Europa que é uma lança em África

Bárbara do Carmo

Em 1415 foi conquistada pelos portugueses. Agora, faz parte de Espanha. Ceuta é uma lança em África que merece uma visita atenta.

Vista de Ceuta

Ceuta é uma cidade pequena no extremo oriental africano. Para lá chegar, partindo de Espanha, só por mar, com ferrys que saem do porto de Algeciras.

Chegar lá é como desembarcar numa qualquer cidade espanhola: fala-se espanhol, a moeda é o euro e a arquitetura é tipicamente espanhola. Mas estamos já em África.

ceuta: ponto estratégico para a europa

Mesquita de Ceuta
A mesquita da cidade de Ceuta pode ser visitada

A primeira aventura de uma visita a Ceuta, mesmo que apenas sirva de entreposto para visitar Marrocos, é atravessar o famoso Estreito de Gibraltar.

A viagem de ferry é tranquila e bastante rápida, num abrir e fechar de olhos estará a pisar o continente africano.

Depois de desembarcar é partir à descoberta. Se estiver mesmo de passagem, o centro da cidade e as muralhas banhadas pelo mar preencherão o seu dia facilmente.

Se quiser demorar opções também não faltam, desde as praias às montanhas nos arredores.

Centro histórico simpático

O centro histórico é essencialmente pedonal, rodeado de casas semelhantes ao casario espanhol.

A arquitetura imponente ladeada de largos passeios e arvores, que ajudam nos dias de calor. NA Plaza de África pode desfrutar das várias esplanadas, para seguir caminho pela Gran Via até a Plaza de los Reys.

Antes pode visitar o mercado e a grande estatua do Hércules na Plaza de la Constitución.

O passeio será certamente agradável que pode terminar com um mergulho nas piscinas de água salgada do Parque Marítimo del Mediterráneo.

5 hotéis no deserto de cortar a respiração
Não perca 5 hotéis no deserto de cortar a respiração

Passeio em redor das muralhas

Se há coisa que Ceuta tem são paisagens apaziguadoras, e vários pontos de onde é possível admirá-las.

O primeiro, as famosas Conjunto Monumental de las Murallas Reales, excelente local para passear calmamente em família.

Depois, a não perder, uma subida ao Monte Hacho, com uma excelente panorâmica para Espanha e Gibraltar e para Ceuta.

As praias de Ceuta

Se estiver com tempo, aproveite para descansar no areal da região. As opções para quem gosta de praia são várias, aliás o difícil vai ser decidir.

A Playa de la Ribeira é a mais concorrida mesmo no centro da cidade. Ainda no centro a Playa del Chorrillo e as suas águas cristalinas são uma ótima opção.

ceuta: tradução de modernidade dão as mãos

Biblioteca de Ceuta
A belíssima biblioteca de Ceuta, da Fundação Aga Khan

Antes de partir para explorar os arredores, aproveite as suas caminhadas por Ceuta para percorrer todas as estatuas da cidade.

A cidade tem várias estatuas que foram erguidas como marcos históricos, numa cidade onde religiões e antepassados diferentes convivem em perfeita harmonia.

Exemplo disso é a estátua erguida em homenagem a Gandhi, outra levanta em homenagem ao rabino Yosef Bem Yehuda Bem Acnin (judeu), mas também existe, entre muitas outras, uma estátua em honra de D. Henrique, O Navegador, português.

Estas estátuas espalham-se por toda a cidade e refletem o espírito de tolerância que se vive.

Como chegar

Para chegar a Ceuta a melhor forma é apanhar o ferry no porto de Algeciras. Existem várias companhias que fazem a travessia diariamente.

Onde ficar

Pernoitar na cidade é bastante acessível, conseguirá um bom hotel com diárias a começarem nos 30€. Por exemplo o Hotel Parador e o Hotel Puerta de África são excelentes e económicas opções.

Onde comer

A influência espanhola é sentida na gastronomia. Bons restaurantes para comer são Meson Restaurante Alberto ou o Restaurante El Velero.

Veja também