Júlia Rocha
Júlia Rocha
13 Jan, 2016 - 10:00
Tirar a carta de condução: tudo o que precisa de saber

Tirar a carta de condução: tudo o que precisa de saber

Júlia Rocha

Está a pensar em tirar a carta de condução? Atualize-se relativamente à forma como o processo decorre atualmente, horas de ensino e custos.

O artigo continua após o anúncio

Em Portugal, tirar a carta de condução de veículos ligeiros é possível com 18 anos de idade. Pode começar a estudar o Código da Estrada, algo extensivo, até antes, mas legalmente, exames teóricos e práticos só podem ser concluídos ao atingir a idade adulta.

Ao tomar a decisão de tirar a carta de condução, é importante a noção da dedicação que o processo implica: frequentar as aulas de código, estudar em casa, praticar testes teóricos, assiduidade nas aulas práticas, etc. Contudo, encare o processo com paciência: ter a carta de condução é algo que o vai acompanhar ao longo da vida.

Tirar a carta de condução: o que tem de saber

O tempo que alguém demora a tirar a carta de condução é algo relativo e pessoal. No mínimo, diríamos que terá de dedicar pelo menos 3 a 6 meses ao processo, até ter o documento na mão, se tem de conjugar com trabalho/aulas a tempo inteiro. E claro que está sempre dependente da disponibilidade da escola, sobretudo nas aulas práticas.

carta de condução

Escolher a escola de condução

O primeiro “passo” ao decidir tirar a carta de condução, é escolher a escola. Se possível escolha uma com boas referencias e certifique-se que está coberta com seguro. Deve ter em conta os preços praticados (em quase todo o lado, tirar a carta de condução vai custar entre 500 a 700€), os horários disponíveis (compatibilidade com a sua vida), critérios para passar no exame, o que tem de pagar em caso de chumbo, o número mínimo de aulas, o tipo de carro em que ensinam…

Ao selecionar a escola, tem de apresentar alguma documentação pessoal, nomeadamente um atestado médico que comprove aptidão e condições de saúde ideais para manusear um automóvel em segurança. Recentemente, foram executadas algumas alterações na lei, que previu novas regras sobre doenças cardíacas, e as condições de renovação da carta.

Adquira junto da escola um livro do Código da Estrada, e pergunte se têm disponíveis testes online, ou se facultam instalações na própria escola para praticar.

Tirar a carta de condução: aulas teóricas e práticas

Atualmente, a carta de condução de categoria B (veículos ligeiros) obriga a uma frequência mínima de 28 horas de lições teóricas. Pode, claro, frequentar mais, pagando mais lições. A prática de condução, deve reunir, obrigatoriamente 32 horas e 500 quilómetros. Dentro destes números de horas existem diferentes módulos a serem considerados.

Atualmente, as aulas de condução e as aulas teóricas de código são feitas em simultâneo, depois de um certo número de horas. Mas o exame teórico e respetiva aprovação têm de ocorrer antes do de condução. Saiba que não é permitido ter mais do que 4 horas diárias de aulas de condução por dia e que, à partida duas horas deveriam ser dedicadas à condução noturna.

O artigo continua após o anúncio

Respetivamente ao exame prático de condução, tenho atenção ao facto de as regras serem extremamente rígidas. Deverá conduzir o mesmo automóvel em que teve aulas de condução. Em caso de reprovação, e sobretudo no caso do exame de condução, terá de pagar um determinado valor à escola para repetir o mesmo e ter mais aulas (normalmente ronda os 200/300€). As condições de reprovação podem variar consoante as instituições.

IMT é a instituição que regula e emite as cartas de condução. Quando passa de ter licença para ser portador do documento (que neste momento segue um modelo único europeu), terá de pagar 30€.

Veja também