Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Luís Vicente
Luís Vicente
11 Fev, 2020 - 13:33

7 viagens de comboio na Europa por paisagens deslumbrantes

Luís Vicente

Há muitas viagens de comboio na Europa que o levam a paisagens desconhecidas, mas fenomenais. Embarque nesta jornada e marque o seu bilhete.

Viagens de comboio pela europa

Uma viagem de comboio na Europa pode ser muito mais do que chegar do ponto A ao ponto B. Pode ser, até, que o maior propósito da viagem seja o de estar a viajar e não de chegar a um lugar apenas.

É esse o propósito dos sete percursos que se seguem, sendo que, naturalmente, as cidades de partida ou de chegada também são um importante factor para tirar o máximo proveito da viagem.

7 viagens de comboio na Europa a não perder

1

Nice-Digne-les-Bains (França)

Comboio pelos Alpes

Da Riviera Francesa até aos Alpes-de-Haute, são mais de mil metros de altitude que se percorrem a bordo do histórico Train des Pignes. Assim, esta é uma viagem de comboio na Europa para fazer sem pressas, com vontade de ver a paisagem e predisposição para as muitas paragens curtas nas vilas que preenchem o itinerário.

Nice é um importante pólo de turismo francês e um excelente ponto de partida para uma viagem inesquecível. Por isso, antes de partir, mergulhe no mediterrâneo e pise a praia repleta de seixos e só depois embarque no comboio e deixe-se maravilhar com o interior francês da região da Provence-Alpes-Côte d’Azur.

À chegada espera-o um tranquilo município em simbiose com a natureza que o rodeia.

2

Roma-Palermo (Itália)

Viajar de comboio pela Europa

Não estamos a ser 100% honestos, porque esta viagem de comboio inclui um excerto de barco, pelo estreito de Messina, mas uma coisa é certa: é uma das mais belas viagens de comboio na Europa!

Assim sendo, além de poder conhecer estas duas belas (e caóticas) cidades, pode aproveitar para uma larga viagem por Itália, ao largo do Mar Tirreno, que inclui paisagens como Monte Vesúvio, Baía de Nápoles e a bela região agrícola da Calabria.

Feita a travessia por ferry no estreio de Messina, há ainda um troço a percorrer pela costa da ilha da Sicília até chegar à respectiva capital, Palermo, numa viagem que demora cerca de 12 horas.

3

Expresso do Glaciar (Suíça)

Vila de Zermatt na Suíça

O Expresso do Glaciar atravessa os icónicos alpes suíços e permite vistas de outra forma impossíveis, tal os locais remotos a que chega: o comboio passa por 291 pontes e 91 tunéis e atravessa ainda o Passo do Oberalp, um ponto a mais de 2000 metros de altitude.

No Glaciar entre St. Moritz e Zermatt há uma panóplia de belas paisagens para apreciar, independentemente da estação. No inverno, naturalmente, atrai muitos visitantes, quer pela época natalícia, quer pelos hábitos recreativos dos suíços durante esta estação.

Apesar de ser Expresso, a viagem de cerca de 300 quilómetros ainda demora mais de 7 horas, pelo que há muito tempo para apreciar a vista pelos vales e montanhas dos cénicos Alpes Suíços.

4

Bar-Belgrado (Montenegro e Sérvia)

Viagem de comboio na europa até Montenegro

Mar, montanha, lago e muitas pontes e túneis (435 e 254, respectivamente) são os elementos que fazem desta uma das viagens de comboio mais encantadoras da Europa.

A viagem começa no porto marítimo de Bar, em Montenegro, e vai-se afastando do Mar Adriático. Depois, passa pelo Lago Skadar e depois pelas montanhas do Parque Natural de Biogradska Gora. Aliás, as linhas do caminho de ferro chegam a entrar em território da Bósnia-Herzegovina, mas apenas por breves momentos.

Esta travessia de comboio na Europa tem 475 quilómetros e demora cerca de 12 horas, sendo que o preço de ida é 24 euros.

5

Flam Railway (Noruega)

Comboio Flam Railway na Noruega

O itinerário desta viagem de comboio na Europa é remoto, a temperatura baixa e a fotografia impressionante. É o que se pode esperar da viagem entre Bergen e Oslo, no círculo ártico norueguês. Assim, este percurso é tão extraordinário que há um vídeo completo (de 10 horas!) carregado no Youtube. Por isso, caso queira ver por si mesmo, é só carregar aqui.

Bergen é uma cénica cidade do sudoeste norueguês, que emerge do emaranhado de montanhas e fiordes. Pode ser um destino como ponto de partida.

Assim sendo, poderá ser interessante, na direção a Oslo, fazer um pequeno desvio e aproveitar ainda outro troço de caminho de ferro. Com uma hora de caminho a partir de Myrdal, subir até Flĺm é um bónus nesta viagem que não se vai arrepender de fazer.

6

The Jacobite (Escócia)

The Jacobite na Escócia

A locomotiva atravessa locais bastante remotos, começando perto da montanha mais alta da Grã-Bretanha – Ben Nevis – e passando também por Arisaig, cuja estação é a mais ocidental da Escócia continental. Este percurso tem a extensão de 134 quilómetros e une Mallaig a Fort Williams, ambas cidades das Terras Altas da Escócia (The Highlands).

Vale a pena olhar pela janela do The Jacobite durante toda a viagem. No entanto, os pontos mais interessantes são os vales cobertos de verde e os lagos de águas calmas e gélidas. Isto para além do Lago Morar, o Rio Morar e o Lago Nevis, o lago mais profundo de água salgada da Europa.

Os promotores da viagem não são alheios às atracções que se encontram pelo caminho. Desta forma, o comboio tem paragens estratégicas nos pontos mais importantes: Glenfinnan, Arisaig e Mallaig, cidade destino, com pausa para o almoço e visitar o comércio local, antes da viagem de regresso.

7

Comboio histórico do Douro (Portugal)

Linha de comboio no Douro

Ainda não está aberto o período de viagens de comboio deste ano. Contudo, esta viagem entre Régua e Tua é o que precisa para se deixar apaixonar por esta região classificada como Património Mundial da UNESCO.

Assim sendo, o programa de uma tarde, organizado pela CP, conta com partida desde a Régua, às 15h23, com paragem no Pinhão, seguindo até ao Tua, para depois chegar de novo à Régua pelas 18h32.

A viagem é feita numa pitoresca locomotiva a vapor e o programa conta ainda com paragens estratégicas para se deliciar com uma das mais deslumbrantes viagens de comboio na Europa.

Veja também