Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Júlia de Sousa
Júlia de Sousa
16 Jul, 2015 - 09:15

Como dizer ao chefe que vai sair da empresa?

Júlia de Sousa

Sair da empresa é sempre uma decisão difícil de tomar e de comunicar às chefias. Siga as nossas dicas e ultrapasse as dificuldades que está a sentir.

Como dizer ao chefe que vai sair da empresa?

Deixar um emprego, mesmo que seja por uma boa oportunidade, nem sempre é fácil, principalmente quando chega tem que informar as chefias que vai sair da empresa onde trabalha. Mas não tem que ser um drama. Aliás, na hora da despedida é importante que o faça com toda a graciosidade possível. Afinal há que manter boas relações profissionais com os seus (ainda) atuais empregadores, mesmo depois de deixar a empresa. As dicas que lhe deixamos já de seguida vão, certamente, ser uma boa ajuda.

6 Dicas para comunicar a sua saída da empresa

placeholder-1x1

Não é segredo que para bem do seu networking é fundamental que crie boas relações profissionais com as pessoas que o rodeiam no seu ambiente de trabalho. E só porque está de saída não significa que possa descurar o meio em que está inserido. Lembre-se que no mercado de trabalho atual, é cada vez mais comum que os recrutadores procurem obter boas referências profissionais suas junto dos seus antigos empregadores.

Por isso, independentemente das razões para a sua saída do seu trabalho atual o ideal é que deixe uma imagem positiva para trás. O segredo passa por ter a abordagem certa. Veja como

1. Comunique a decisão ao seu chefe em primeiro lugar

O seu chefe deve ser a primeira pessoa a saber que vai deixar a empresa para evitar que venha a saber da notícia por terceiros (algo que certamente não lhe agradaria). Agende (atempadamente) uma reunião com ele para poder explicar as razões da sua saída e tratar de todos os detalhes (como a passagem de testemunho ou as questões mais burocráticas relacionadas com a sua saída). E claro, seja educado e civilizado.

2. Explique os seus motivos

Não precisa de entrar em detalhes, mas se está a demitir-se é de bom tom que explique o que motiva a sua saída, quanto mais não seja para evitar eventuais mexericos”. Basta esclarecer que vai em busca de novas oportunidades.

Esta não é a altura para ressentimentos. Isso só contribuiria para criar uma imagem negativa de si. Possíveis críticas, queixas ou problemas são para atirar para trás das costas.

3. Escreva a sua carta de demissão e cumpra os requisitos legais de saída

Lembre-se que contratualmente está obrigado a cumprir um período de pré-aviso. Por isso, é importante que fale com tempo com o seu chefe. Se já teve a conversa com ele então agora trate de escrever e entregar a carta de demissão juntos dos serviços competentes para que o processo se possa desenrolar.

4. Mantenha o foco e o empenho até à hora da saída

Assegure que até à data da sua saída está totalmente dedicado ao seu trabalho. Afinal, está de saída mas isso não quer dizer que pode descurar o seu trabalho. É suposto manter-se empenhado e dar o seu melhor até ao último dia. Termine todos os seus projetos, organize os materiais de trabalho, limpe o seu espaço, auxilie na transição e prepare as indicações necessárias para quem quer que venha a assumir as suas funções.

Se quer deixar boa impressão não pode falhar aqui. O seu chefe vai, obviamente, apreciar o facto de se ter mostrado um colaborador dedicado mesmo na hora da saída. E na hora de o recomendar vai lembrar-se disso.

5. Facilite a transição

Sim, você está de saída mas alguém virá a ocupar o seu lugar. Por isso mostre-se desde logo disposto a ajudar (e facilitar) essa transição, o que pode incluir, por exemplo, dar um período de formação até à sua saída.

6. Agradeça a oportunidade

Mais uma vez, independentemente das razões que motivam a sua saída, neste emprego teve a oportunidade para desenvolver competências e crescer enquanto profissional e isso vai certamente ser-lhe valioso para o seu futuro profissional. Portanto, mostre-se grato pela oportunidade que lhe foi dada.

Mantenha o contacto

Decidiu deixar o seu emprego atual, mas não tem que abandonar os contactos profissionais. Antes de sair deixe os seus contactos pessoais (email, telefone, Skype, etc.) com os seus colegas e chefias e tente manter o contacto com eles.

Lembre-se que no mundo laboral atual todos os profissionais precisam da ajuda uns dos outros.

Acima de tudo, saia com graciosidade.

Veja também