Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Márcio Matos
Márcio Matos
14 Jun, 2018 - 00:00

Como escolher peixe fresco para refeições com cheiro a mar

Márcio Matos

Saber como escolher peixe fresco é essencial para garantir refeições saudáveis e nutritivas com o máximo sabor. Aprenda dicas essenciais para levar para casa apenas o melhor.

Como escolher peixe fresco para refeições com cheiro a mar

‘Peixe fresco’ – só de ler, já sentiu abrir o apetite? Entende-se que o peixe fresco é aquele que foi pescado no próprio dia e não foi sujeito a nenhum processo de congelação. É certo que uma forma eficaz de comprar o melhor peixe é, naturalmente, ir a um fornecedor de sua total confiança. Mas, caso tenha de confiar nos seus próprios instintos e conhecimentos, tenha sempre em mente as dicas sobre como escolher peixe fresco que lhe deixamos e ponha-as em prática em benefício das suas refeições e da sua saúde.

Como escolher peixe fresco: aspetos essenciais a ter em conta

1

Fonte: Pixabay/olafpictures

Brilho e consistência

Aperte levemente o peixe e verifique se depois de o soltar não fica com a marca dos seus dedos. Isso é sinal de que está fresco. Deve também ter uma textura consistente e brilhante.

Aroma

O cheiro a peixe fresco deve ser equivalente ao aroma que inspiramos quando estamos junto ao mar. Qualquer outro tipo de odor exalado pode ser suspeito e significar que aquele peixe não está próprio para consumo.

Olhos e guelras

Sempre que possível olhe o peixe nos olhos. Eles devem ser claros, estar ligeiramente inchados e nunca parecerem meio embaciados. (Exceção feita aos arenques que, quando são frescos, têm os olhos vermelhos). No que respeita às guelras, elas devem ter uma coloração rosa brilhante/vermelha e estarem molhadas e nunca secas ou viscosas.

Filetes e postas

No caso do peixe já cortado, deve escolher pedaços húmidos e sem descoloração. As partes descoloridas, com manchas castanhas ou amarelas e com consistência esponjosa indicam que o peixe já não é fresco.

3 receitas de peixe fresco para refeições equilibradas

Medalhões de pescada com azeitonas recheadas

1

Fonte: Pixabay/aytalina

Ingredientes
125 ml de vinho branco
125 ml de natas
60g de azeitonas verdes recheadas com pimentos, cortadas às rodelas
4 camarões
2 medalhões de pescada
1 dente de alho picado
2 c. de sopa de azeite
1 c. de café de mostarda
½ cebola média picada
½ cubo de caldo natural de peixe
Sal e pimenta, q.b.

Modo de Preparação

  1. Tempere os medalhões de pescada com sal e pimenta. Deixe apurar durante 20 minutos.
  2. Numa frigideira, leve ao lume o azeite, a cebola e o alho.
  3. Mexa e deixe refogar em lume médio sem alourar.
  4. Coloque os medalhões na frigideira e frite 1 minuto de cada lado.
  5. Quando virar os medalhões, junte os camarões e deixe-os também alourar por igual.
  6. Acrescente a mostarda, o caldo de peixe e o vinho branco.
  7. Tape e deixe cozinhar 2 minutos de cada lado.
  8. Quando o molho estiver apurado, junte as azeitonas e as natas.
  9. Misture tudo muito bem e, assim que ferva, retire.
  10. Sirva acompanhado por puré e uma salada de legumes cozidos.

Dourada assada com mini-pimentos

Ingredientes
400g de batatinhas para assar
200g de mini-pimentos coloridos
60 ml de vinho do Porto branco
4 dentes de alho esmagados com casca
2 douradas médias
2 ramas de tomates cherry
2 folhas de louro, cortadas ao meio
½ cebola cortada em meias luas
Sal, pimenta, azeite e cebolinho fresco, q.b.

Modo de Preparação

  1. Tempere o peixe com sal e pimenta.
  2. Cubra o fundo de um tabuleiro de ir ao forno com azeite e distribua os alhos, as folhas de louro, a cebola e cebolinho.
  3. Disponha o peixe e espalhe, a toda a volta, as batatas e os pimentos coloridos inteiros.
  4. Sobre o peixe, coloque as ramas de tomate.
  5. Tempere as batatas com umas pedrinhas de sal e regue tudo com o vinho do Porto e mais um pouco de azeite.
  6. Leve ao forno, previamente aquecido a 200º, e asse durante 45 minutos.
  7. Retire e sirva.

Pargo no forno com batatinhas e pimentos

Ingredientes
1 pargo
600g de batatinhas para assar descascadas
250 ml de vinho branco
12 cebolinhas
6 dentes de alho esmagados com casca
4 folhas de louro
1 tomate grande maduro, cortado em rodelas finas
1 raminho de salsa
½ pimento vermelho, cortado em tiras
½ pimento verde, cortado em tiras
1 colher de sopa de manteiga
Sal, pimenta e azeite, q.b.
Pimentão doce em pó, a gosto

Modo de Preparação

  1. Tempere o peixe com sal, pimenta e pimentão doce.
  2. Cubra o fundo de um tabuleiro de ir ao forno com azeite.
  3. Espalhe o tomate, metade dos pimentos, os raminhos de salsa, as folhas de louro e os alhos esmagados. Coloque o peixe sobre esta “cama”.
  4. Numa tigela, coloque as batatas e as cebolinhas, tempere com sal, pimentão doce e pimenta e regue com azeite. Envolva tudo muito bem.
  5. Distribua as batatas e as cebolinhas à volta do peixe.
  6. Por cima, espalhe os restantes pimentos, regue generosamente com azeite e coloque a manteiga sobre o peixe. Finalize, juntando o vinho branco.
  7. Leve ao forno, previamente aquecido a 200º, e asse entre 40 a 50 minutos.
  8. Retire quando o peixe estiver bem cozinhado e as batatas lourinhas.

Saber como escolher peixe fresco nem sempre é fácil, uma vez que nem sempre nos é permitido tocar, cheirar e olhar o peixe convenientemente. Porém, enquanto clientes, é nosso direito avaliar aquilo que compramos e, por isso, deve sempre tentar analisar bem o peixe seguindo as nossas dicas sobre como escolher peixe fresco. Depois, é só confecioná-lo da melhor maneira, aproveitando as saborosas receitas que lhe deixámos.

Veja também: