Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Teresa Campos
Teresa Campos
01 Jun, 2018 - 14:07

Como integrar móveis antigos na decoração e criar um ambiente cozy

Teresa Campos

Para renovar a decoração lá de casa, há memórias que podem ficar. Vamos ensinar-lhe como integrar móveis antigos na decoração em 7 dicas fabulosas!

Como integrar móveis antigos na decoração e criar um ambiente cozy

Se está em processo de renovação do mobiliário aí de casa, pare para ler as nossas dicas sobre como integrar móveis antigos na decoração. Acredite que lhe vão ser de grande utilidade e vão evitar que gaste euros e euros em peças novas quando, afinal, tem mobiliário com tanto potencial. Reciclar e DIY estão na moda, portanto faça uso destas ferramentas e aprenda connosco como integrar móveis antigos na decoração de forma muito simples.

Como integrar móveis antigos na decoração

Dica 1: Mude os móveis de posição ou divisão

Alterar a localização dos móveis antigos, pode ser uma forma simples de mudar a perspetiva sobre eles e também o efeito e o impacto que eles irão ter na nova decoração. Traga a cómoda do quarto e faça dela um aparador de sala. Ou, então, simplesmente mova a mesa de jantar e vai ver como já não lhe vai parecer a mesma mesa de sempre. Outra possibilidade ainda é usar aquela velha estante como divisória entre espaços. Além de útil, não gasta um único cêntimo.

 

Dica 2: Reutilize

Por vezes, a antiguidade do mobiliário apenas está patente no seu aspeto e nas questões estéticas, e não propriamente na sua estrutura ou funcionalidade. Nesses casos, há que apelar à criatividade e reciclar deve ser mesmo a palavra de ordem.Lixar, pintar e envernizar são três passos muito simples e que podem dar uma vida e look totalmente novos aos seus móveis de sempre. Aposte em cores vivas para dar um ar mais fresco aos móveis mais pesados.

 

Dica 3: Aposte numa decoração vintage

Se o vintage está na moda, por que não tirar partido disso e decorar a sua casa, precisamente, com esses móveis e peças cheios de passado e de história. Eles carregam simbologia e os laços afetivos que o unem a esses objetos darão à sua casa mais personalidade e vida.

 

Dica 4: Restaure aquela peça única

Sabe aquela máquina de costura da avó ou aquele espelho dourado da mãe? Frequentemente, mais do que uma peça de mobiliário, são estes objetos que criam impacto na decoração e o fazem criar uma ligação especial com aquela divisão de sua casa. Nestes casos, a limpeza e o restauro são sempre bem vindos, não só para recuperar a peça, como para lhe dar um ar mais atual. Não se esqueça que ao fazê-lo, está a preservar memórias e a reciclar objetos, algo que o ambiente agradece e muito!

 

Dica 5: Marque pela diferença

Imagine que renova a 100% a decoração de uma divisão de sua casa, deixando apenas uma peça antiga como, por exemplo, a mesa de refeições. Ela vai obviamente destacar-se, mas isso não é necessariamente mau. Os móveis antigos são tidos como algo pesados. Porém, se estivermos rodeados de móveis modernos, de linhas simples, e por entre eles se evidenciar um móvel antigo de linhas curvilíneas e madeira maciça, talvez já não pareça tão pesado, pois há um equilíbrio que impera em todo o conjunto.

 

Dica 6: Escolha os objetos decorativos certos

Se não quer modificar a sua peça de mobiliário antiga, por ser de grande qualidade, por que não modernizá-la, através dos objetos decorativos que coloca em torno dela. Encoste-a a uma parede pintada com uma cor tendência e coloque sobre ela apontamentos modernos, como molduras e pôsteres, uma jarra de linhas retas com flores coloridas… Assim, verá como o enquadramento geral se altera por completo.

 

Dica 7: Ponha o louceiro na cozinha

O louceiro é uma peça clássica que muitos herdaram da avó e que ocupa toda a parede da sala. Mas, afinal, por que não colocá-lo na cozinha e utilizá-lo para a sua verdadeira função: guardar a loiça que diariamente você utiliza? Repensar a funcionalidade dos objetos de acordo com os nossos hábitos e vivências é o primeiro passo para uma decoração mais prática.

 

Saber como integrar móveis antigos na decoração é algo muito útil na hora de querer refrescar as divisões de casa, sem deitar tudo fora e comprar tudo novo. Mesmo que falta de dinheiro na seja problema, a realidade é que há mobiliário pelo qual temos uma ligação afetiva e do qual não nos conseguimos libertar. Para esses casos, ponha em prática as nossas dicas sobre como integrar móveis antigos na decoração e consiga resultados super originais e criativos.

Veja também: