ebook
GUIA DO IRS
Patrocinado por Reorganiza
Catarina Milheiro
Catarina Milheiro
22 Fev, 2022 - 18:31

6 dicas de como organizar medicamentos

Catarina Milheiro

Tem dificuldades em saber como organizar medicamentos? Temos algumas dicas para o ajudar a pôr em ordem a medicação que tem em casa.

organizar-medicamentos

Se também quer saber como organizar medicamentos de forma correta, este artigo é para si. A verdade é que qualquer tratamento de saúde que envolva a utilização de medicamentos, vai depender da sua disciplina e organização também.

Afinal, aprender a organizá-los da melhor forma possível é fundamental, principalmente para evitar erros na vida dos idosos, facilitar a sua rotina e claro, manter os medicamentos em condições adequadas para o seu consumo.

Para as pessoas que cuidam de alguém doente, estas dicas podem também ser bastante úteis. Isto porque, por vezes, é necessário o apoio de outra pessoa para que seja possível manter a medicação de acordo com as orientações do médico.

Fique connosco e saiba tudo.

Como organizar medicamentos: 6 dicas eficazes

Para evitar que a medicação fique totalmente desorganizada e perdida dentro de caixas, armários ou gavetas é crucial saber como organizar medicamentos para administrá-los em segurança.

Como consequência de algumas doenças ou problemas de saúde, os medicamentos fazem parte do quotidiano de muitos – seja para aliviar ou tratar sintomas.

Assim, e para que não cometa qualquer tipo de erro, siga as dicas que preparamos para si.

como organizar medicamentos
1.

Liste e organize num só local

Uma das formas mais eficazes para começar a organizar os medicamentos que tem em casa é reuni-los todos num único local e criar uma lista. Por isso, procure todas as caixas de comprimidos e pomadas espalhadas pelas casa e coloque tudo numa caixa, por exemplo.

Se na sua rotina diária está incluída uma medicação variada, o mais indicado é mesmo criar uma lista que contenha todas as indicações médicas relativamente à toma de cada comprimido.

Esta lista pode ser feita à mão, no computador ou até mesmo no telemóvel. Caso prefira, pode colocá-la num local da casa por onde passe todos os dias – normalmente o frigorífico é um bom local para o fazer.

2.

Organize por categorias

Para que nunca se confunda e corra o risco de tomar algum medicamento errado, o ideal é organizar tudo por categorias. Ou seja, analgésicos, anti-inflamatórios e antibióticos, por exemplo.

Desta forma, quando precisar de tomar um destes medicamentos conseguirá encontrá-lo rapidamente sem ter que verificar cada uma das bulas.

Se não souber bem para que serve cada medicamento, uma boa opção será anotar na embalagem para o que serve no momento da compra e de quantas em quantas horas deve ser tomado.

No caso de existir algum medicamento mais específico para algum membro da família, coloque o nome na caixa ou no frasco.

3.

Guarde nas embalagens originais

Uma boa dica para o ajudar a organizar os medicamentos é guardá-los nas embalagens originais. Desta forma não irá fazer confusão e saberá sempre a data de validade, o nome e as informações contidas na bula.

No caso de adquirir um medicamento em blister (isto é, em comprimido), comece a utilizá-lo sempre pela parte que não contém o nome do medicamento na parte de trás, para facilitar a identificação.

4.

Escolha um local adequado

Independentemente da forma que escolher para organizar a medicação que tem espalhada pela casa, é fundamental que eles sejam corretamente armazenados.

Nesse sentido, os medicamentos não devem ser mantidos em ambientes húmidos, com grande incidência de luz ou variação de temperaturas – como a cozinha, por exemplo.

O ideal é guardá-los numa caixa dentro de um armário no escritório ou no quarto, longe do alcance das crianças.

5.

Use caixas organizadoras

Como já referimos, alguns fatores como o calor em excesso, a humidade e a luz podem danificar as propriedades dos medicamentos acabando por torná-los ineficientes, mesmo estando dentro da validade.

Por isso, se toma uma medicação diária, o ideal é utilizar uma caixinha organizada com compartimentos para cada dia da semana. Desta forma, nunca se esquecerá de tomar nenhum comprimido e pode andar sempre com ela dentro da carteira.

6.

Atenção aos prazos de validade

Depois de reunir toda a medicação, deve certificar-se que todos os medicamentos estão dentro do prazo de validade, para que não corra riscos desnecessários.

Assim, opte por conferir o seu stock e deitar fora todos os que estiverem fora do prazo. No caso de verificar que algumas caixas têm poucos meses de validade, escreva na própria caixa o prazo para que seja bem visível.

A adoção deste tipo de dicas sobre como organizar medicamentos, pode mesmo fazer a diferença no dia-a-dia de muitas pessoas, tornando a toma da medicação numa prática efetiva e mais tranquila.

O importante é garantir que sabe sempre onde está cada medicamento no momento em que é necessário. Para além disto, fazer uma revisão geral dos prazos de validade vai garantir a sua segurança e bem-estar geral.

Veja também