ebook
GUIA DO REGRESSO ÀS AULAS
Prático e Descomplicado
David Afonso
David Afonso
03 Mar, 2021 - 14:10

Sabe como deve usar o cinto de segurança durante a gravidez?

David Afonso

Sabia que as grávidas devem usar o cinto de segurança de uma forma específica enquanto conduzem? Descubra como o deve colocar e proteja o seu bebé.

mulher gravida a conduzir

A gravidez não impede a condução, porém, saiba que usar o cinto de segurança durante a gravidez enquanto conduz deve requerer determinadas indicações para seu maior conforto e segurança do bebé.

A gravidez também não impede o uso do cinto de segurança. No entanto, se existir uma contraindicação médica, deve respeitar a ordem indicada.

Descubra, então, como deve colocar o cinto de segurança no carro durante a gravidez.

Como usar cinto de segurança durante a gravidez

O que deve fazer

  • Deve colocar cuidadosamente o cinto de segurança;
  • Coloque a parte inferior do cinto por baixo da barriga e o mais abaixo possível, mesmo colado às ancas. Assim, em caso de acidente, o cinto faz pressão nas ancas em vez de fazer na barriga;
  • Coloque a área do cinto de segurança que pertence ao ombro de forma a passar pelo meio do peito seguindo pela parte superior da barriga;
  • Lembre-se sempre de ajustar o seu cinto de segurança à medida que a barriga cresce.

O que não deve fazer

  • Não o passe a meio da barriga;
  • Se tiver de ocupar o banco traseiro, evite cintos de dois pontos de fixação;
  • Não coloque almofadas entre o cinto e a barriga.

A segurança deve estar sempre acima de tudo. Este será sempre o melhor conselho. Por outro lado, convém lembrar que usar cinto de segurança não é algo exclusivo da gravidez. Deve ser sempre uma obrigatoriedade.

Porque deve usar sempre cinto de segurança?

Porquê fazer este parêntese? Por que também é fundamental falarmos do uso do cinto de segurança na sua generalidade.

O cinto de segurança tem como finalidade proteger os ocupantes do veículo em caso de acidente. É um dispositivo de segurança que ao longo dos anos foi melhorando e evoluiu sempre em função do condutor.

Sem cinto de segurança, um choque frontal pode ser mortal mesmo a uma velocidade mais baixa. Por exemplo, um passageiro pode mesmo ser cuspido através do para-brisas ou de uma janela do veículo.

Já imaginou uma situação destas durante a gravidez? É por isso, que independentemente da fase em que o condutor se encontra, o uso do cinto de segurança é uma prioridade. Já para não falar, na segurança dos mais pequenos.

Crianças a bordo: quais os cuidados?

bebes num carro sentados em cadeirinhas

Tal como durante a gravidez, ou durante a condução do dia-a-dia, transportar crianças também tem cuidados que devem ser tidos em conta.

Na hora de escolher a cadeirinha para o transporte das crianças no automóvel não se considera apenas a idade, mas também o peso e a altura. Por outro lado, devem ser sempre nos lugares traseiros, salvo a exceção do tipo de veículo.

Por sua vez, antes de iniciar uma viagem comprove se o sistema de retenção para crianças está devidamente fixado.

O transporte de crianças encontra-se regulado no artigo 55.º do Código da Estrada. As crianças com menos de 12 anos de idade e menos de 135 cm de altura transportadas em automóveis equipados com cintos de segurança devem ser seguras por sistema de retenção homologado e adaptado ao seu tamanho e peso.

Posso conduzir até ao final da gravidez?

Apesar de ser desaconselhada a condução na etapa final da gestação, esta não é proibida em momento algum. Deve deixar de conduzir quando deixar de se sentir confortável ao fazê-lo, ou por indicação médica.

Daí que seja relativamente comum que as mulheres deixem de guiar no último mês da gravidez.

Veja também

Aviso Legal

O Ekonomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O Ekonomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].