Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Ekonomista
Ekonomista
19 Nov, 2018 - 13:38

Conforama revela comportamentos dos portugueses no inverno e tendências para a estação

Ekonomista

Fomos a Madrid para conhecer os hábitos que os portugueses adotam nos dias mais frios e, claro, para conhecer as novidades e tendências da marca Conforama.

Conforama revela comportamentos dos portugueses no inverno e tendências para a estação

Rumámos a Madrid para conhecer os resultados do estudo #ModoCasaOn e também para conhecer a coleção de Inverno da marca Conforama. Partimos rumo à capital espanhola bem cedo para um dia longo de novidades. Madrid recebeu-nos, como já é habitual, com um dia bem solarengo.

O estudo #ModoCasaOn foi desenvolvido para conhecer os hábitos dos portugueses, em casa, quando chega o tempo mais frio. Foram entrevistadas 901 pessoas (53% mulheres e 47% de homens). O estudo foi apresentado por Paulo Piteira, Embaixador Conforama para o mercado português.

hábitos dos portugueses nos dias frios

8 em cada 10 portugueses prefere passar mais tempo em casa no Inverno, a ver tv, ler ou cozinhar;

44,8% dos portugueses muda de roupa quando chega a casa e veste algo mais confortável;

O espaço preferido da casa para os dias frios é a sala, de acordo com 80,8% das pessoas;

51% dos portugueses não têm intenções de renovar a casa durante este outono/inverno. Apenas pontuais mudanças na decoração;

Os estilos preferidos de decoração dos portugueses são: moderno (75%), minimalista (66,5%) e retro vintage (39,5%);

52% dos portugueses diz que a mudança de estação não os afeta;

No natal, 56% dos portugueses gostam de estar reunidos com a família e decorar a casa;

61% dos portugueses está de acordo à supressão da mudança de hora.

Principais tendências Conforama

A exposição foi numa casa acolhedora e pitoresca de Madrid, guiada pelo decorador Paulo Piteira. Começamos pelo quarto, completamente tropical, pautado por verdes, palmeiras, tucanos, que contrastam com materiais neutros e que podem ser alterados, sem comprometer o estilo predominante.

tendencias de coração portugal
quarto conforama

De seguida, passamos para a cozinha. Os portugueses preferem cozinhas minimalistas e modernas. A apresentada era ampla e as palavras que a definiam era “funcional e moderna”, com ou sem ilha ou península, mas com todas as questões de segurança asseguradas para pequenos e graúdos.

cozinha

De seguida o quarto dos mais novos é a divisão apresentada, dividida em diferentes zonas – de estudo, de descanso e de brincadeira. Nesta divisão, a arrumação modular é ainda mais fundamental para acompanhar as necessidades dos mais pequenos. As cores neutras devem contrastar com cores mais alegres.

quarto crianças

A sala ficou para último lugar, apesar de ser o sítio de eleição dos portugueses, e onde acabam por passar mais tempo no inverno. As mesas redondas potenciam a comunicação e os espelhos são fundamentais para proporcionar profundidade ao espaço. Nesta divisão devem apostar-se em diferentes texturas e materiais para quebrar a monotonia.

conforama
conforama

Paulo Piteira deu, ainda, algumas dicas para não profissionais na conjugação harmoniosa de cores em casa de acordo com os gostos pessoais.

“Ton Sur Ton” – ou seja, Tom Sobre Tom

Usar o mesmo tipo de tons de cor na casa cria uma neutralidade e uma ausência de compromisso para com uma cor em específico. Se usarmos o cinza como base em todos os elementos a casa parecerá pensada dentro desta lógica de tom sobre tom. Em que não há elementos que se destacam visualmente pela cor, mas podem-se destacar visualmente pelo seu acabamento, textura ou padrão.

O E-Konomista foi convidado pela Conforama

Veja também: