Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Ana Graça
Ana Graça
12 Jul, 2018 - 12:00

Contrações na gravidez: saiba como identificá-las e como aliviar a dor

Ana Graça

Quando surgem as primeiras contrações na gravidez muitas grávidas ficam alarmadas. Mas não tem que ser assim. Conheça as diferentes contrações.

Contrações na gravidez: saiba como identificá-las e como aliviar a dor

As contrações na gravidez podem ser motivo para recorrer à urgência obstétrica, no sentido em que podem ser sinal de trabalho de parto. Todavia, nem todas as contrações são tão regulares quanto as que indicam o início do trabalho de parto. Vamos descobrir em que consistem e aprender a reconhecer o que distingue as contrações.

O que são contrações?

Quando uma grávida tem contrações sente um aperto e uma dor abdominal, que quase se assemelha às cãibras menstruais. Contrações na gravidez são dores geralmente localizadas ao fundo da barriga, que podem irradiar para as costas ou para as coxas. As contrações mais dolorosas e regulares são aquelas que indicam o início do trabalho de parto.

As mulheres podem sentir contrações em diferentes momentos da gestação ou podem nunca senti-las até que chegue o momento do nascimento tão esperado. Podem senti-las de forma esporádica, indolor e irregular (contrações de Braxton Hicks), ou podem senti-las de forma frequente e dolorosa quanto o parto está para breve.

Durante o 3º trimestre de gestação é comum o surgimento de contrações uterinas irregulares e ocasionais, que não representam qualquer problema para a gravidez. Com o aproximar do fim da gravidez estas contrações tendem a tornar-se mais frequentes. As contrações que antecedem o parto têm a importante função abrir a cérvix até aos 10 cm e empurrar sistematicamente o bebé do útero para o exterior, daí que se tornem mais longas e menos espaçadas entre si à medida que o parto progride.

contrações na gravidez

Como são as contrações na gravidez?

Contrações de Braxton Hicks

a) Surgem de vez em quando no decorrer na gravidez e é relativamente simples distingui-las, na medida em que não são dolorosas, ao contrário das contrações que antecedem o parto;

b) Este tipo de contração não tem qualquer efeito sobre a dilatação, dado que apenas as verdadeiras contrações têm essa eficácia;

c) Podem surgir desde uma fase relativamente precoce da gravidez, embora surjam com maior frequência na transição do 2º para o 3º trimestre da gravidez.

Contrações uterinas regulares que indicam o início do trabalho de parto

a) Estas contrações são regulares e vão aumentando de intensidade, ritmo, dor e frequência à medida que o parto se aproxima;

b) É natural que a grávida sinta desconformo lombar ou no abdómen e que a barriga vá ficando mais dura.

Como aliviar a dor provocada pelas contrações na gravidez?

aliviar a dor provocada pelas contrações na gravidez

Quando o momento do parto se aproxima, as contrações tornam-se mais frequentes e dolorosas. Há algumas medidas que podem ajudar a futura mamã a aliviar a dor, nomeadamente:

1) estar num ambiente cuidado, com pouca luz, acolhedor, silencioso e privado;

2) música ambiente pode ajudar a relaxar;

3) utilizar uma respiração correta, recorrendo ao que foi aprendido no curso de preparação para o parto, pode ser uma grande ajuda no controlo da dor;

4) banho de imersão ou duche ajudam a relaxar e a aliviar a dor;

5) alternar entre repouso e movimento de forma a encontrar a posição mais confortável;

6) uma boa massagem relaxante, com recurso a uma bola de pilates, pode ser de grande utilidade.

Veja também: