Ekonomista
Ekonomista
16 Jan, 2023 - 14:24

Correntes de neve para o carro: saiba como as deve colocar

Ekonomista

Para conduzir num piso com neve nunca se deve esquecer de colocar as correntes de neve. Descubra quais os procedimentos de segurança.

correntes de neve para pneus

Está anunciada neve nas terras altas, o que para lá da beleza que proporciona, também não deixa de causar algumas preocupações para quem anda na estrada. Daí que as correntes de neve possam ser um auxiliar precioso para uma viagem tranquila.

É verdade que em Portugal, apenas algumas zonas geográficas são fustigadas pela neve, mas é precisamente aí que deve ter os cuidados necessários para evitar acidentes que podem ser graves.

Assim, quer para quem vive nessas regiões, quer para quem lá demanda em lazer, ou trabalho, nada como ter umas correntes de neve na bagageira. Em primeiro lugar, deverá começar por selecionar as indicadas para os pneus do seu automóvel, pois o tamanho dos pneus dita quais deve utilizar.

Para saber as medidas do pneu pode ver na lateral do mesmo, ou no manual do veículo. Se ainda não comprou as correntes de neve para o seu automóvel é conveniente que saiba que existem várias opções disponíveis.

Tipos de correntes de neve

1

Corrente metálica clássica

Este tipo de corrente é presa num cabo flexível, sobrepondo-se ao piso do pneu. A corrente metálica clássica faz um desenho de linhas paralelas, ziguezagues e losangos.

Para a colocar deve, ao nível do pavimento, passar o cabo flexível pela parte traseira do pneu e ligar as extremidades de modo a formar um anel.

Deve verificar se o cabo flexível está atrás do pneu e se o aro criado pelo cabo fica centrado na roda, atrás desta, para não correr o risco de a roda o pisar em andamento. Depois deve cobrir o pneu com a malha da corrente de forma ordenada, soltando-a na parte exterior.

Ao unir as extremidades para fechar a malha deve apertar. Quanto mais apertadas as correntes estiverem, maior será a aderência.

2

Corrente têxtil

Este tipo de corrente é feita de tecido (tela) especial com propriedades antiderrapantes.

Para as colocar no seu carro basta envolver a parte de cima que não se encontra em contacto com o piso do pneu, depois avançar ligeiramente o carro e cobrir a roda por completo.

A instalação da corrente têxtil é muito fácil, mas a aderência é mais fraca e a duração é limitada.

Bungalows na serra da Estrela
Veja também Vem aí a neve: conheça os melhores bungalows na Serra da Estrela

Segurança na montagem das correntes de neve

Para efetuar a montagem das correntes de neve deve primeiro ler as instruções de utilização e tentar montá-las e desmontá-las num local cómodo. Seguem algumas recomendações dos especialistas sobre como utilizar, montar e desmontar as correntes em segurança:

  • As correntes devem ser sempre colocadas nas rodas motrizes.
  • Se utilizar correntes convencionais, deve ajustá-las a poucos metros de as colocar. No caso de serem auto-ajustáveis não é necessário.
  • Não deve, de forma alguma, circular a mais de 50 km/h.
  • Nunca vire bruscamente nem trave de forma violenta.
  • Recomenda-se que conduza com suavidade e evite mudar de mudanças, a não ser que seja imprescindível.
  • Quando deixar de circular numa estrada com neve deve retirar as correntes, para evitar que as vibrações danifiquem o automóvel.
  • Depois de utilizar as correntes metálicas, deve lavá-las com água e secá-las bem para não oxidarem.
Veja também