Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
André Freitas
André Freitas
29 Jan, 2020 - 12:30

Usar pneus de inverno: sim ou não?

André Freitas

O uso de pneus de inverno faz sentido em Portugal? É obrigatório? Quais as diferenças entre pneus de verão e de inverno. Saiba tudo aqui.

pneu inverno

Os pneus são um elemento que contribuem, de forma significativa, para a segurança de um carro. E ainda que, em Portugal, a legislação não obrigue à utilização de pneus de inverno durante as estações do ano mais frias e chuvosas, o mesmo não acontece noutros países europeus, como é o caso da Alemanha ou Bélgica.

Os pneus de inverno são produzidos com sílica e uma borracha especial, aumentando a capacidade de travagem em tempo frio (seja a conduzir com chuva, neve ou, simplesmente, com piso seco mas extremamente frio à conta das baixas temperaturas).

Mas será o uso deste tipo de pneus é obrigatório em Portugal? Se não, será que faz sentido? Quais são as principais diferenças dos pneus de inverno para os pneus “normais”? Saiba tudo.

PNEUS DE INVERNO: É OBRIGATÓRIO usar EM PORTUGAL?

carro a andar sobre poça de água

A resposta é não. Contrariamente ao que acontece em alguns países como a Alemanha, Bélgica, Islândia, Letónia, Lituânia, Roménia e Sérvia, a utilização de pneus de inverno não é obrigatória em Portugal.

Na Suécia é obrigatório usar este tipo de pneus entre 1 de dezembro e 31 de março. Da mesma forma, na Eslovénia, é obrigatório usar este tipo de pneus entre os dias 15 de novembro e 15 de março.

Na Noruega, ao contrário do que seria de esperar, a legislação diz apenas que os condutores devem equipar o veículo consoante as condições meteorológicas, não obrigando à utilização de pneus de inverno.

Não é obrigatório, mas fará sentido usar pneus de inverno em Portugal?

Os pneus de inverno servem para aumentar a tração da roda ao piso molhado e gelado. A banda de rodagem (a borracha) é mais macia, permitindo uma melhor aderência à estrada, sem colocar em risco a segurança do condutor e passageiros.

Embora não seja obrigatória, a utilização de pneus de inverno é altamente aconselhável, principalmente nas zonas onde o inverno é mais rígido, como nas terras altas das regiões da Beira Interior, Alto Douro e Trás-os-Montes.

Quais são as principais características dos pneus de inverno?

Abaixo dos 7ºC, a borracha dos pneus “convencionais” endurece e perde alguma da sua capacidade de tração, o que acaba por aumentar a capacidade de resposta do veículo a qualquer tipo de obstáculo e por consequente, diminuir a sua segurança.

Além disto, os pneus de inverno destacam-se por:

  • Serem specialmente preparados para serem utilizados em condições climatéricas mais adversas;
  • Serem mais macios;
  • A sua composição permite uma maior aderência e adaptação ao piso;
  • Permitirem travagens mais eficazes;
  • Potenciar a diminuição do risco de aquaplanagem, pois conseguem repelir a água, devido ao desenho do piso.

Como distinguir os pneus de inverno de pneus “all weather”?

A estrutura dos pneus de inverno é bastante diferente da estrutura dos restantes tipos de pneu. Os pneus de inverno possuem ranhuras longitudinais e transversais maiores do que as dos chamados “pneus normais”.

Para além disso, em vez dos comuns 1,6 mm, um pneu de inverno nunca deve ter menos que 4 mm para que seja possível garantir a sua eficácia.

Mas existem outras formas de identificar facilmente um pneu de inverno.

Este tipo de pneu tem, na sua parte lateral, dois símbolos que os diferenciam dos restantes tipos de pneus:

  • M+S (“Mud & Snow”), que indica que o pneu tem um desempenho superior em piso com neve ou lama, sendo que este símbolo também pode ser encontrado em pneus multiestações;
  • 3PMSF (Three Peak Mountain Snow Flake), um desenho de um floco de neve dentro de uma montanha de três cumes, sendo que este símbolo é exclusivo dos pneus de inverno e certifica que estes tiveram aprovação nos testes de desempenho exigidos por lei.

Posso usar pneus de inverno no verão ou na primavera?

pneu a calcar folhas

Legalmente, não há nada que o impeça. Mas, tendo sido criados para serem utilizados em alturas do ano em que as temperaturas são mais baixas e onde se verificam elevados níveis de precipitação, não faz muito sentido utilizar este tipo de pneu noutras épocas do ano.

O desgaste do pneu será mais rápido se o pneu for utilizado em tempo quente e piso seco, e para além do desgaste, o principal senão à sua utilização é o facto de este tipo de pneu apresentar um fraco desempenho em piso seco, diminuindo assim a segurança do veículo.

Mas, seja qual for o caso, evite sempre usar dois tipos de pneus diferentes

A aderência ao piso tem que ser igual nos dois eixos, pelo que a utilização de dois pneus de inverno e dois pneus de verão colocaria em risco a segurança de todos os passageiros, bem como das restantes pessoas que circulam nas estradas (condutores e peões).

Veja também