Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
17 Set, 2020 - 17:00

Decorar com a natureza: as tendências que vai querer na sua casa

Mónica Carvalho

Aprender a decorar com a natureza traz grandes benefícios para si e para a sua casa e isso reflete-se no ambiente que por lá se vive. Saiba mais sobre o tema.

Decorar com a natureza

Se as plantas são já presença frequente em casa, há outros elementos a considerar para decorar com a natureza, isto é, para trazer para dentro de portas aquela sensação de tranquilidade e relaxamento que só os espaços ao ar livre providenciam.

Isto irá refletir-se na adoção de um estilo de decoração muito especial, mas também na sua saúde e estado de espírito, visto que os materiais, produtos, acessórios e cores associadas à natureza têm a tendência de proporcionar sensações e sentimentos mais calmos e harmoniosos.

E nunca foi tão importante como hoje sentir-se bem e tranquilo na sua própria casa. A pandemia levou-nos a repensar a forma como vivemos o tempo no lar e, com isso, a privilegiar tudo o que nos faça sentir verdadeiramente confortável. Isto é especialmente importante em casas que não possuem espaços exteriores.

Como tal, as nossas sugestões tratam de trazer o exterior até si. Quer saber como?

6 dicas para decorar com a natureza

Trazer elementos naturais ou que nos façam lembrar a natureza para dentro de casa é mais fácil do que imagina. Tome nota das nossas sugestões.

1

Plantas

Claro que só poderíamos começar pelas plantas, pois que melhor artigo para representar a natureza? Esta tendência é algo que se tem vindo a verificar nos últimos anos no que à decoração de casa diz respeito.

A ideia é criar uma espécie de floresta urbana dentro da sua própria casa, criando um esplendor verde que acalma até os espíritos e mentes mais agitadas, pois ganha-se um espaço mais bonito, alegre, fresco e puro, pleno em tranquilidade.

Mas se acha que não tem jeito, nem tempo, para cuidar de plantas naturais, então, poderá optar por artificiais. Todavia, nesse caso, deve ter noção de que se trata de um produto de plástico que deverá ser bem-estimado de modo a prolongar o seu tempo de vida e, com isso, poder tirar o máximo proveito de um artigo que não é o mais indicado para uma casa mais sustentável.

E muita gente nem perceberá que são artificiais, visto que atualmente existem produtos tão bonitos e bem trabalhados que só o olho mais treinado irá perceber a diferença.

2

Terrários

Para espaços mais pequenos, os terrários poderão ser uma excelente alternativa. Trata-se da criação de um verdadeiro ecossistema em garrafas, aquários ou demais compartimentos de vidro, que permitem trazer um bocadinho da natureza para dentro de casa.

Poderá comprar já feito ou escolher os materiais em separado e preparar o seu próprio terrário, ao seu gosto. Ao fazê-lo terá motivos de orgulho adicionais quando receber visitas lá em casa e indicar aquela obra-prima como sendo da sua autoria.

3

Vasos e recipientes semelhantes

Ao utilizar plantas para decorar com a natureza, poderá fazer elegantes composições com vasos de diferentes tamanhos, cores, texturas e padrões. O que faz que com esta seja uma dica de decoração simples e fácil de executar.

Mas não se restrinja aos vasos. As cestas em verga ou até os caixotes de madeira são, igualmente, excelentes meios alternativos para colocar plantas ou flores, mas também para usar simplesmente como objetos decorativos ou com outras finalidades, como colocar as mantas do sofá, ou armazenar revistas ou os brinquedos dos mais novos.

4

Revestimentos naturais

Usar e abusar de elementos naturais também é uma boa forma para conferir esta tendência de decoração a uma casa. Falamos de móveis de madeira, peças feitas com fibras naturais, uso de determinados tecidos, como algodão cru ou linho, e pisos feitos de madeira ou diferentes tipos de pedra.

E estes revestimentos podem ser aplicados em pormenores por toda a casa, em qualquer divisão. O que facilita, em muito, a tarefa.

5

Cores da natureza

De igual modo, a escolha das cores nos diferentes materiais ou artigos é extremamente importante para quem deseja decorar com a natureza. Dessa forma, os tons de verde, castanho, laranja e amarelo são os que deve privilegiar para conferir o aspeto mais associado à natureza à sua casa.

Poderá achar que não gosta destas cores, mas lembre-se que há diversas tonalidades de cada uma destas cores, das mais fortes às mais claras e que são igualmente válidas. Juntas resultam em combinações incríveis, muito elegantes e que ajudam a conferir beleza ao espaço onde se encontram.

Se não gosta muito de arriscar, opte por pormenores com cor, então, sejam umas almofadas mais coloridas, objetos de decoração arrojados, como molduras, estatuetas ou até os vasos de que já lhe falamos.

6

Papel de parede

De há coisa que pode mesmo invocar o espírito da natureza para dentro de portas, então, sem dúvida que é o papel de parede. Nada de padrões sem cor ou sensaborões, faça escolhas atrevidas e impactantes, para criar todo um novo ambiente à divisão onde o irá aplicar.

Vantagens em decorar com a natureza

Mas por que motivo deve optar por esta tendência decorativa? É fácil: poderá usar itens ou produtos acessíveis que, provavelmente, até já tem em casa e não valoriza. Mesmo que precise de dar uma renovação a algumas peças, é sempre algo que deve fazer e aproveitar para ficar com um item praticamente novo e a um custo muito baixo.

De igual modo, ao fazê-lo está a ter uma atitude ambientalmente sustentável, fazendo aquilo que tantas vezes é sugerido em prol do ambiente e da nossa qualidade de vida: reaproveitar. Bom para o planeta e, claro, também para a sua carteira.

Além disso, toda a sensação provocada ao entrar numa divisão com este estilo de decoração poderá ser bastante positiva, visto que transmite calma, paz e tranquilidade. E quem não gosta de se sentir assim, verdade?

São apenas dicas, até bastante fáceis de conseguir, mas o importante é que faça aquilo que lhe parece correto. A casa é sua, é lá que passará grande parte do seu tempo e, como tal, deve estar o mais confortável possível.

Veja também

Aviso Legal

O Ekonomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O Ekonomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].