Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Márcio Matos
Márcio Matos
21 Jun, 2018 - 15:07

4 destinos em África para gastar até 30€ por dia

Márcio Matos

Nunca foi até África? Então, temos uma proposta para si: visite estes 4 destinos em África para gastar até 30€ por dia. Garantimos: não se vai arrepender!

4 destinos em África para gastar até 30€ por dia

Ir até ao continente africano é, para muitos, um verdadeiro sonho. A boa notícia é que, agora, pode concretizá-lo por bem menos do que imagina. Apresentamos-lhe 4 destinos em África para gastar até 30€ por dia e sem deixar de usufruir de tudo aquilo que cada cidade tem de melhor em termos turísticos, gastronómicos e culturais. Faça as malas, sem poupar no protetor solar, e embarque rumo a estes maravilhosos destinos em África para gastar até 30€ por dia.

4 destinos em África para gastar até 30€ por dia: caia na tentação

Cairo

cairo

Fonte: PxHere

Bem-vindo ao Egito! O país das pirâmides, das relíquias e do deserto, mas também do movimento e das ruas caóticas, como as da cidade do Cairo. Aí vai encontrar uma verdadeira metrópole, cheia de restaurantes, lojas e hotéis, alguns com vistas maravilhosas sobre o rio Nilo. As mesquitas são um ícone arquitetónico que tem de visitar, assim como a belíssima cidade de Mênfins, uma das cidades mais antigas do mundo ali próxima.

Viaje até lá e regresse por cerca de 429,45€ e, durante a estadia, não conte gastar mais de 8€ por dia. Passe ainda pelo Museu Egípcio, a Citadela, a Pirâmide de Khafre e o Platô de Giza que dá acesso a uma série de outros monumentos.

Marrakech

Marrakech

Fonte: Pixabay/Jonny_Joka

Entre o Sahara e África, Marrakech é símbolo de cores, aromas e cultura, inevitavelmente marcada pela presença muçulmana que muito fascina turistas de todas as religiões. Com várias infraestruturas turísticas, como os seus muitos hotéis luxuosos, a cidade impressiona pelo constante movimento das ruas, pela arquitetura das mesquitas e dos novos edifícios comerciais, e pela gastronomia deliciosa. Explore os arredores e fique também a conhecer os picos nevados do Atlas e o imenso deserto do Sahara.

Viaje até lá e regresse por cerca de 219,02€ e, durante a estadia, não conte gastar mais de 17€ por dia. Visite o Museu Majorelle, o Palácio El Badi, Palácio da Bahia e o Museu de Marrakech.

Joanesburgo

africa

Fonte: Pixabay/sharonang

Joanesburgo é a maior cidade da África do Sul,  cosmopolita e vibrante, está a tornar-se num local de passagem obrigatória no globo, sobretudo para quem procura luxuosos centros de compras, alta gastronomia e hotéis cinco estrelas. Multicultural, aqui irá ver pessoas de diferentes origens conviver nos museus, casas noturnas e casinos. Não se fique pelo centro da cidade e explore os arredores, nomeadamente as famosas savanas, onde pode observar de perto muitos animais, como leões ou elefantes.

Viaje até lá e regresse por cerca de 815,96€ e, durante a estadia, não conte gastar mais de 23€ por dia. Não deixe de visitar a Mandela House, o Museu do Apartheid, o Museu Nacional de História Militar da África do Sul e o Lion Park.

Cidade do Cabo

cidade do cabo

Fonte: PxHere

A cidade do Cabo é marcada por uma grande miscigenação cultural, o que a torna especialmente interessante e única. Aqui poderão avistar a Robben Island, onde Nelson Mandela esteve preso, e visitar o Kirstenbosch, o  Jardim Botânico possuidor de belos exemplares da flora africana. As atrações da Cidade do Cabo dividem-se entre os encantos naturais e a fascinante história do país. Aproveite para desfrutar de praias deslumbrantes e para observar animais selvagens bem de perto.

Viaje até lá e regresse por cerca de 850,31€ e, durante a estadia, não conte gastar mais de 30€ por dia. Passe ainda pelo Cabo da Boa Esperança, faça um tour pela Ilha Robben e ande no Funicular Flying Dutchman e no Teleférico Table Mountain.

África pode estar bem mais perto do que julga. Com estes 4 destinos em África para gastar até 30€ por dia, conhecer o continente africano já não é um objetivo assim tão inatingível e, por isso, é talvez altura de começar a fazer contas e ponderar se não é mesmo a altura certa para matar a curiosidade e ficar, finalmente, a saber como é viver numa destas cidades africanas. Não concorda?

Veja também: