Catarina Milheiro
Catarina Milheiro
06 Set, 2022 - 10:20

Dicas para mães trabalhadoras – o papel mais importante de todos

Catarina Milheiro

Ser mulher, esposa, mãe, dona de casa, trabalhadora ou empresária ao mesmo tempo não é fácil. Fique com estas dicas para mães trabalhadoras.

teletrabalho para pais com filhos até 8 anos

O papel da mulher na sociedade mudou muito no último século e, por isso mesmo, estar a par das dicas para mães trabalhadoras é essencial nos dias que correm.

Atualmente, a mulher assume-se não só como mãe e dona de casa, mas também como trabalhadora e empresária, muitas vezes em funções de topo.

Mas as moedas têm sempre duas faces. E gerir o tempo no dia-a-dia torna-se cada vez mais difícil. Para todas as mães trabalhadoras, tentar equilibrar a vida familiar e a carreira traz muitas vezes sentimentos de culpa.

E os sentimentos podem ser vários: ou porque acreditam que passam pouco tempo com os filhos ou até porque notam que estão a perder oportunidades em termos profissionais. Por outro lado, sentem que deixam de ter tempo para si próprias.

Mas temos boas notícias! Existem dicas para mães trabalhadoras que são capazes de alterar por completo este tipo de sentimentos, ajudando-a a manter-se produtiva e focada em cada uma das suas tarefas.

Algumas dicas para mães trabalhadoras: aplique-as e veja as diferenças

mãe e filha trabalhos de casa
1

Divida as tarefas domésticas

Se é daquelas profissionais excelentes a delegar tarefas no trabalho, mas em casa sente alguma dificuldade em fazê-lo, então talvez esteja na hora de mudar.

Muitas vezes tentamos compensar o tempo que passamos fora de casa e queremos fazer tudo para provarmos a nós próprias que somos capazes. No entanto, não devemos agir desta forma porque afinal, somos seres humanos e temos limites.

Por isso, o ideal é dividir as tarefas domésticas com a sua família, inclusive com os filhos quando já são mais crescidos. Para além de os fazer ganhar responsabilidade, está a prepará-los para o mundo real e vão ainda ter a capacidade de valorizar as pequenas coisas do dia-a-dia.

2

Faça refeições em família

Uma das dicas para mães trabalhadoras passa por fazer o máximo de refeições possível em família. Por exemplo: se passa o dia fora de casa a trabalhar como a maioria das pessoas, então deve tentar juntar sempre a família à mesa na hora do jantar.

Sabemos que nem sempre é possível fazê-lo devido aos horários diferentes de cada um dos membros. Contudo, é importante que desde cedo se crie este hábito de se reunir à mesa na refeição e aproveitar para falar do dia de cada um.

Desligar a televisão e deixar os telemóveis longe nestes momentos é crucial para que se consiga conversar sem distrações e proporcionar um bom momento em família. Troque opiniões, discuta temas e questione sobre o que cada um fez ao longo do dia.

3

Levante-se 15 a 30 minutos mais cedo do que os seus filhos

Na verdade, este é um hábito que a maioria dos pais tem por natureza. Ou porque têm de ir trabalhar mais cedo do que os filhos, ou porque acordar mais cedo facilita toda a logística logo pela manhã.

Entre acordar, preparar-se para ir trabalhar e tratar das lancheiras dos mais pequenos, a rotina matinal pode parecer uma correria. Para que acorde com energia para o seu dia, a nossa dica passa por se levantar cerca de 15 a 30 minutos mais cedo do que os mais pequenos.

Saboreie o seu café e de seguida acorde os seus filhos para que possam tomar o pequeno-almoço todos juntos e em família. Acredite: o seu dia vai começar de forma mais positiva.

Depois, aproveite os fins-de-semana para dormir até mais tarde e recuperar as horas de sono perdidas.

4

Dedique-se a uma atividade semanal

Já pensou em fazer yoga, pilates, meditação ou exercício físico, por exemplo? A verdade é que fazer uma atividade semanal que a obrigue a sair um pouco da sua rotina, pode ajudá-la e bastante – quer a nível profissional, como pessoal.

Pode até nem ser um desporto. Atualmente existem diversas opções: desde cursos de línguas, workshops de pintura, aulas de música ou jardinagem até. As hipóteses são várias, basta que pense em alguma coisa que gostasse de fazer e que a ajude a sair um pouco da sua rotina diária.

Além de aumentar a produtividade e criatividade no trabalho, vai reunir as energias necessárias para chegar a casa mais leve para estar com os seus filhos.

5

Mantenha os seus filhos ocupados enquanto estiver a trabalhar

Se trabalha em home office, esta dica é para si. Brinquedos, filmes, jogos e livros são algumas das opções para dar aos seus filhos enquanto continua o seu trabalho descansada e sem preocupações.

O ideal é que não trabalhe na mesma divisão em que eles estão a brincar. Contudo, dependendo das idades e das condições que tem em casa, esta é uma opção de cada mãe trabalhadora. Afinal, cada pessoa sabe de que forma é mais produtiva.

O objetivo é que as crianças não estejam sem fazer nada ou a sentirem-se entediadas. Caso contrário poderá ser difícil manter a concentração nas suas tarefas.

6

Aprenda a gerir as interrupções

Se está a trabalhar em casa e precisa rapidamente de parar tudo para ir mudar uma fralda, opte por parar o seu trabalho escrevendo rapidamente a sua linha de pensamento ou raciocínio.

Desta forma não se esquece no que estava a pensar ou a fazer quando retomar o seu trabalho.

7

Saia para fazer uma caminhada com os mais pequenos

Chegar a casa depois de um longo dia de trabalho e ainda ter energia para tratar de algumas tarefas domésticas e tratar dos filhos pode significar um stress enorme.

Ou até para as mães que trabalham a partir de casa, pode ser complicado permanecerem o dia todo no mesmo local com as crianças por perto.

Para que nem as crianças fiquem aborrecidas, nem a mãe se sinta frustrada ou angustiada por diversos motivos relacionados com o trabalho, fazer uma caminhada no quarteirão pode realmente ajudar.

Repare: a si, vai fazer com que se sinta renovada, talvez até inspirada e vai permitir que passe tempo de qualidade com os seus filhos. Os mais pequenos ficarão felizes por conviverem consigo ao ar livre e por partilharem mais momentos diferentes do habitual.

Veja também