Elsa Santos
Elsa Santos
01 Mar, 2019 - 12:45
13 dicas para vencer a procrastinação

13 dicas para vencer a procrastinação

Elsa Santos

Precisa de dicas para vencer a procrastinação, sentir-se mais motivado e conseguir produzir mais e melhor? Pois bem, este artigo é para si.

O artigo continua após o anúncio

Para todos os que não sabem como vencer a preguiça mas querem tornar-se pessoas mais produtivas, reunimos algumas dicas para vencer a procrastinação.

Antes de mais, interessa saber o que é, afinal a procrastinação? Trata-se do ato de procrastinar que, de acordo com o dicionário da Língua Portuguesa, significa: “Deixar para depois; adiar; postergar; protrair; o contrário de antecipar.” É, pois, a chamada “arte” de deixar para amanhã.

Como é fácil de perceber, os adeptos desta prática raramente terminam uma tarefa, não cumprem prazos, não se preocupam muito, não vêem render o seu trabalho e, claro, não conseguem atingir o tão almejado sucesso. Se é dos que se revê nesta descrição, confira as dicas para vencer a procrastinação que reunimos para si e verá que apenas com um pouco de esforço e organização, consegue ver resultados.

Seja desligar a Internet, fazer uma lista de tarefas ou arranjar métodos para se obrigar a fazer tudo aquilo a que se propõe, estas constituem importantes dicas para vencer a procrastinação e transformar-se numa melhor versão de si próprio, com mais produtividade no trabalho, mais energia, melhor humor e com um sentimento positivo de missão cumprida e de estar a trilhar um bom caminho.

Considerando os benefícios de que pode usufruir ao dizer “não” àquilo a que muitos chamam de “preguicite aguda”, mas não sabe por onde começar, experimente aplicar algumas das 13 dicas para vencer a procrastinação de uma vez por todas.

Parar de procrastinar: 13 dicas para o conseguir

1. Peça ajuda

Se não consegue fazer sozinho, não há nada que um bom espírito de equipa não consiga. Peça ajuda a amigos, colegas ou familiares, quando uma tarefa se tornar demasiado difícil para começar ou terminar.

Resultado de imagem para site: e-konomista.pt dormir

2. Não comece o dia a procrastinar

Esqueça a função snooze de uma vez por todas. Retardar o inevitável só vai causar stress e atrasos. Quando o despertador tocar, levante-se da cama, ainda que devagar, mas levante-se.

3. Diminua o seu grau de auto-exigência

A busca pela perfeição pode adiar o começo de sua jornada. Vá melhorando conforme avança no projeto. Não precisa de ser capaz de fazer tudo de uma vez e perfeito. Isso facilmente o levará a perder a confiança, a motivação e a desistir. Se fizer cada dia um pouco mais e um pouco melhor, no final vai ver que vai gostar do resultado.

O artigo continua após o anúncio

4. Remova as distrações

Ter de conviver com os “ladrões de atenção” só torna o ato de procrastinar mais provável. Se a internet é o problema, que tal desligar o wi-fi enquanto trabalha? Simples. Se é difícil, pode optar por uma solução mais drástica e procurar outro local para trabalhar onde o serviço não funcione.

pedir demissão, peça. Avance.

7. Obrigue-se

Encare as coisas realmente importantes como delas dependesse a sua vida. Se quer (e sente que precisa) de fazer uma tarefa com frequência, como ir ao ginásio todas as segundas, quartas e sextas, coloque essa atividade no topo da sua lista e faça-a.

8. Use listas de tarefa com inteligência

Escolha no máximo 3 itens, de alta prioridade e que estejam alinhados com o seu objetivo principal. Não coloque nenhum item novo enquanto não finalizar os três já estipulados. Desta forma será mais fácil cumprir o que é, de facto, importante.

7 segredos das pessoas pontuais que precisa conhecer

9. Prepare um plano B

Ainda que você se comprometa a não procrastinar, os imprevistos podem surgir e sabotar os seus planos. No entanto, uma mudança de comportamento pode ser suficiente para prevenir essa situação. Uma atitude baseada na estratégia “se-então” pode ser a melhor solução.

Criada pelo psicólogo Peter Gollwitzer, a técnica “se-então” (em inglês, if-then) consiste em identificar antecipadamente factos externos e internos que podem interferir com o cumprimento de uma tarefa. O segundo passo é pensar, também antecipadamente, na resposta ao “imprevisto”. A reação pode envolver uma ação ou um pensamento.

Por exemplo: alguém que planeia caminhar até ao trabalho, pode prever como reagiria se chovesse. Com a chuva, prevê que surgirá a vontade de ir de carro e pode lembrar-se de pensar no quanto se sentirá bem depois do exercício, para se motivar. Assim, com o “se-então”, consegue preparar-se e evitar desistir logo de fazer algo.

10. Utilize um alarme

Programe as suas tarefas por períodos de tempo e use um alarme para o ajudar a gerir esse tempo ao longo do dia. Inserir as diferentes tarefas que deve cumprir, como as suas sessões de trabalho (de 60 a 90 minutos), sem esquecer as pausas, de preferência para se exercitar um pouco (10 a 15 minutos).

7 dicas para criar um espaço de trabalho produtivo

  • 9 truques simples para aumentar a sua produtividade
  • Como controlar o sono no trabalho: 7 truques infalíveis
  • 10 coisas que está a fazer mal de manhã