Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Júlia Rocha
Júlia Rocha
29 Jun, 2018 - 08:29

Dupla licenciatura: o que é?

Júlia Rocha

O sistema da dupla licenciatura já foi aplicado em vários países e está a ser implementado cada vez mais em Portugal. Saiba do que se trata.

Dupla licenciatura: o que é?

Apesar de ser um tema relativamente recente em Portugal, a questão da dupla licenciatura já foi aplicada em diversos países, inclusivamente em muitos países europeus. Também conhecido como dupla titulação, trata-se de conciliar duas licenciaturas que se podem complementar e que, normalmente, levam 4 ou 5 anos a concluir.

Atualmente, no sistema de Bolonha, um percurso comum (mas não exclusivo) de um universitário é fazer uma licenciatura em três anos e um mestrado em dois. Com a dupla licenciatura, o tempo de estudo e formação é o mesmo, mas acaba-se com uma titulação dupla, na mesma instituição. É um dois em um, que neste momento é oferecido pelas universidades privadas.

As licenciaturas são devidamente acreditadas pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior, funcionando num sistema de créditos como qualquer outra oferta formativa.

Dupla licenciatura: como se candidatar e onde?

Em Portugal, o sistema de dupla licenciatura começou na Universidade Lusíada, no ano letivo de 2011/2012. Esta licenciatura mais longa, absorve e concilia cadeiras de dois cursos, por isso o estudante vai fazer mais cadeiras, mas num período de tempo mais curto do que se fizer um de cada vez.

É habitual ver uma conjunção de cursos tais como Gestão de Empresas e Contabilidade, Direito e Relações Internacionais, Turismo e Gestão Hoteleira, entre outros. As Universidades Católica e Lusófona também têm uma oferta para este tipo de formação, entre outras privadas. É habitual que uma das componentes seja considerada a principal e a base das cadeiras lecionadas.

universidade

À partida, o curso “complementar” é aquele que vai depois completando o curso principal. Daí a necessidade de haver um tronco comum de unidades curriculares entre as duas licenciaturas que são conjugadas.

O processo de candidatura decorre da forma habitual, como está em vigor atualmente. Os alunos candidatos deve fazer notar nas formas de ingresso que escolhem o programa de dupla titulação e selecionar as suas opções de colocação dentro da oferta formativa disponível. Os exames nacionais do secundário são igualmente considerados, assim como os requerimentos específicos de cada instituição.

É importante consultar as páginas de cada universidade e de cada curso, uma vez que existem diferentes prazos e pré-requisitos. Algumas instituições pretendem que exista uma candidatura individual às duas licenciaturas em separado, antes de ser selecionado para o programa duplo. Algumas exigem também um valor a ser pago, como pré-inscrição.

O curso duplo vai terminar com dois diplomas de licenciatura. Uma dupla licenciatura vai acabar por exigir um esforço extra aos alunos, a carga de cadeiras é maior, em média 7 a 8 cadeiras por semestre.

Veja também: