ebook
Ebook Finanças (s)em Crise
Um guia para tempos complicados
João Abreu
João Abreu
24 Nov, 2020 - 11:54

Como evitar o barulho do limpa-vidros: dicas e técnicas

João Abreu

Estas dicas de como evitar o barulho do limpa-vidros são cruciais para diminuir o ruído no interior do carro em dias de chuva e, assim, não ficar irritado.

limpa-vidros do carro acionado

Se nos dias de chuva fica irritado por tudo e por nada, é normal. Ninguém gosta de acordar cedo e conduzir com o piso molhado. De forma a atenuar o seu stress matinal, garantimos que um dos primeiros passos será mesmo aprender de uma vez por todas como evitar o barulho do limpa-vidros nas suas viagens.

Assim, poderá começar o dia mais relaxado, suprimindo aquele que é considerado um dos ruídos mais célebres em irritar tanto condutores, como passageiros.

Para que viaje sem comprometer a sua segurança e a dos demais que circulem na mesma estrada, o ideal é evitar todo e qualquer tipo de distração quando vai ao volante do seu carro. O barulho gritante das escovas do limpa para-brisas, quando constante, pode ser bastante incomodativo.

Fique, então, a conhecer algumas dicas e técnicas que irão ajudá-lo a controlar e a saber como evitar o barulho do limpa-vidros, poupando os seus ouvidos e sistema nervoso.

Saiba como evitar o barulho do limpa-vidros

Vai conseguir evitar o barulho do limpa-vidros que tanto irrita, se previamente puser em prática as seguintes dicas e conselhos:

1

Limpe as escovas

A primeira dica é bem simples e promete efeitos imediatos: limpe o seu para-brisas e as escovas regularmente. Remova a sujidade acumulada nas extremidades, utilizando uma folha de papel de jornal ou uma toalha com água morna com um pouco de sabão e esfregue até sair, levantando as escovas de forma a não estarem em contacto com o vidro.

Certifique-se que limpa tanto a dobradiça, quanto o braço articulado da escova, pois a sujidade não escolhe onde se acumula. Deixar detritos nestes dois locais favorece o seu endurecimento e, assim, contribui também para o barulho tão indesejado do limpa-vidros.

Se a sujidade for extrema, o recomendado é que utilize mesmo uma toalha ou várias camadas de papel de jornal, repetindo as passagens.

Em certos modelos,  as escovas não ficam seguras quando se encontram levantadas. A dica passa por limpar uma a uma, segurando cada uma na vertical.

Se o barulho das escovas ocorrer enquanto conduz e não tiver consigo produtos de limpeza, certifique-se de que viaja com toalhitas de limpeza de vidros, de preferência com álcool. Assim, em caso de emergência, pode parar o veículo e limpar as escovas, pondo termo ao barulho indesejado.

2

Lave o para-brisas

Escolha um produto sem amoníaco apropriado para o efeito e cubra o vidro do para-brisas com uma quantidade generosa do produto. De seguida, esfregue-o com um pano de microfibra, fazendo movimentos na vertical.

É recomendado que os produtos de limpeza dos vidros do carro não contenham amoníaco, pois produtos com esta base podem danificar o vidro e degradar o plástico.

Se preferir recorrer a truques caseiros, poderá limpar o para-brisas com vinagre branco, mas não permita que escorra para a fuselagem do seu veículo.

Caso o vidro do para-brisas esteja muito sujo, o recomendado é utilizar bicarbonato de sódio. Espalhe uma boa quantidade do produto num pano humedecido e esfregue bem em movimentos verticais.

3

Perceba quando trocar as escovas

escovas para brisas

Outra forma de evitar o barulho do limpa-vidros passa pela substituição periódica das escovas. Esta deve ser feita, preferencialmente, pelo menos uma vez por ano e antes do inverno.

Ora, se se deparar com escovas limpa para-brisas que se movem com dificuldade e fazem barulho, o mais provável é que esteja perante escovas no final do seu ciclo de vida.

Se o ranger estiver a ser causado por algum defeito das escovas, o que pode estar a acontecer é as mesmas estarem parcialmente deterioradas, o que requer uma substituição.

4

Recarregue o compartimento do líquido de limpeza do para-brisas

Quando, por vezes, as escovas começam a demonstrar sinais de bloqueio, travagem ou ruídos irregulares, o problema mais comum tende a ser a falta de humidade.

A falta de humidade no para-brisas é mais do que suficiente para causar este barulho tão incomodativo. Assim sendo, o que recomendamos é que tenha uma atenção redobrada às necessidades de reposição e/ou recarregamento do líquido de limpeza do para-brisas.

Lembre-se que este barulho irritante pode comprometer a visibilidade requerida para uma condução segura. Deve, por isso. estar vigilante e encher o depósito com um líquido específico para limpeza do para-brisas.

Há ainda que ter em conta alguns cuidados especiais na limpeza, tanto das escovas como do próprio vidro para-brisas, pois não convém de todo que o problema se torne maior.

Cuidados especiais

Em alguns casos, a limpeza, por ser mal feita, pode comprometer ainda mais a segurança na condução. Fique a par dos cuidados especiais, os quais deve ter em máxima consideração.

  • Não coloque detergente no compartimento do líquido de limpeza do para-brisas, pois a espuma fará tudo menos ajudá-lo a perceber como evitar o barulho do limpa-vidros;
  • Nunca encere o para-brisas, pois apenas irá garantir que a sua superfície vá ficar mais escorregadia, o que tornará a sua visibilidade diminuta nos dias de chuva;
  • Se mora em regiões onde neva e tendencialmente os vidros ficam congelados, nunca acione o limpa para-brisas. Além de poder partir algum componente dos braços, forçar a assistência do motor que dá movimento irá, certamente, desgastar rapidamente as extremidades das escovas devido ao atrito com o gelo;
  • Ao conduzir com chuva, tente contornar as poças de água ou zonas da estrada com terra, de forma a evitar que a sujidade do chão salte para o vidro para que, futuramente, não provoque o barulho das escovas.
Veja também

Aviso Legal

O Ekonomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O Ekonomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].