ebook
Ebook Finanças (s)em Crise
Um guia para tempos complicados
David Afonso
David Afonso
24 Fev, 2021 - 15:04

Filtro do habitáculo: tudo o que precisa de saber

David Afonso

Ainda que seja pequeno, o filtro do habitáculo é uma peça fundamental para a saúde automóvel. Descubra neste artigo o que é e como funciona este componente.

pessoa a mostrar um filtro do habitáculo usado e um novo

Está a chegar a Primavera e com ela começa a tortura das alergias. Felizmente, hoje em dia, viajar de carro é muito mais confortável (e seguro) para quem sofre de alergias, graças ao filtro do habitáculo.

Por vezes esquecido, este é um dos componentes mais importantes no sistema de ventilação de qualquer carro (incluindo elétricos). Isto porque ajuda a proteger os passageiros, ao reter qualquer matéria poluente, como as partículas libertadas pelo combustível.

Para além disso, protege também de poeiras e sujidades do exterior que se entranham no habitáculo.

Com efeito, saiba mais sobre esta parte do seu carro e como cuidar dela adequadamente.

O que é o filtro do habitáculo?

O filtro do habitáculo é um componente que integra o sistema de ventilação e o circuito de ar condicionado e climatização. Tem como objetivo filtrar partículas externas que possam contaminar o ar interno. Assim, garante a melhor qualidade possível do ar no veículo.

No caso de carros familiares e nos veículos de passageiros, estes podem equipar mais de um filtro para um desempenho mais eficaz.

Qual a sua importância?

Tal como referido na sua definição, o filtro do habitáculo tem como função eliminar impurezas e partículas no ar.

Para quem sofre de alergias, asma ou outras condições de saúde que afetam a saúde respiratória, a limpeza do ar no interior de qualquer carro é especialmente importante.

Logo, este componente tem um papel fundamental na saúde do carro e dos seus ocupantes. Por um lado, evita impurezas e sujidade no interior do veículo. Por outro, garante um ar mais saudável e respirável para todos.

Como funciona?

Com efeito, já percebemos que o filtro do habitáculo é essencial, tanto para o sistema de ventilação e climatização, como para manter um fluxo constante de ar limpo.

Para isso, o próprio filtro é colocado estrategicamente no fluxo de ar do sistema de ventilação e climatização. Desta forma, filtra o ar de forma mais eficiente e também permite que a sua manutenção seja mais acessível.

Em termos práticos, a ventoinha, ou ventoinha, do sistema de ventilação e climatização puxam o ar externo para o interior do veículo, empurrando-o através dos elementos de aquecimento ou ar condicionado, regulando a sua temperatura e, em seguida, soprando-o através do filtro antes de entrar no habitáculo.

Aqui, filtra todas as impureza e garante um ar mais respirável e limpo.

Tipos de filtro do habitáculo

Ao escolher o filtro do habitáculo, saiba que geralmente existem dois tipos:

Filtro simples

Normalmente feito de papel ou similar, protege da poeira e grande parte dos tipos de pólen. São os mais comuns.

Filtro de carvão ativo (ou carvão ativado)

Além de proteger contra poeiras e pólen, também filtra os gases libertados por outros carros com mais eficácia e reduz o aparecimento de odores no habitáculo.

Normalmente, ambos podem ser colocados indistintamente no carro. Isto porque as suas dimensões são compatíveis.

O filtro simples será suficiente, desde que não frequentemos locais muito poluentes. Por outro lado, o filtro de carvão ativo é mais recomendado para esses locais, onde a sua ação é mais constante.

Quando é que deve ser trocado?

Como costuma acontecer com este tipo de peças, tudo dependerá do tipo de veículo, ambiente em que este circula e principalmente das diretrizes do seu fabricante.

No entanto, existem 3 momentos que pode considerar:

  • Sazonalmente: uma vez por ano. O início da primavera é o melhor momento para o fazer, uma vez que lhe vai permitir manter afastado o pólen e outros elementos alérgicos;
  • Número de quilómetros: A cada 15/20 mil km, mais frequentemente se conduzir regularmente, por exemplo, em meios urbanos;
  • Inspeção automóvel: É muitas vezes substituído enquanto o filtro de ar e o filtro do óleo, numa revisão mais aprofundada, por exemplo.

Portanto, é aconselhável fazer uma verificação visual regular do filtro do habitáculo para controlar o seu estado.

Sintomas que levam à troca

Lembre-se de que trocar o filtro do habitáculo pode ser uma questão de higiene e segurança. Além disso, um filtro em mau estado causará distrações frequentes ao condutor na forma de alergias, redução do ar respirável e odores estranhos.

Com efeito, estes são os principais sintomas que podem levar à sua troca:

  • Mau cheiro no interior do veículo quando se liga o ar condicionado ou o aquecimento;
  • Sujidade depositada na face interna do para-brisas;
  • Quando o para-brisas está embaciado, a eliminação do vapor é lenta ou parcial;
  • Pó depositado no painel do veículo;
  • Redução na quantidade de ar que entra no veículo pelo sistema de ar condicionado ou de ventilação.

Como trocar o filtro do habitáculo?

filtro do habitáculo no motor

Cada carro tem o filtro num lugar específico. Alguns são colocados no porta-luvas, outros no compartimento do motor ou então na base do para-brisas. Após saber onde fica, é uma questão de um pouco de habilidade e paciência.

Segue em baixo, um exemplo para os filtros que estão colocados no compartimento do motor:

  1. Abrir o capô do motor;
  2. Elevar a proteção do filtro;
  3. Comparar o filtro usado com o novo;
  4. Pulverizar o novo filtro e os tubos com elementos antibacterianos;
  5. Colocar o novo filtro no lugar;
  6. Fechar a proteção do filtro e o capô do motor.

Se não houver nenhuma informação no manual do carro, uma das melhores maneiras de saber como alterá-la é ir diretamente ao fabricante do filtro.

Com efeito, para um ar mais respirável e agradável, nada como estar atento ao filtro do habitáculo. Proteja-se a si e a quem viaja consigo.

Veja também

Aviso Legal

O Ekonomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O Ekonomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].