Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Ana Luísa Machado
Ana Luísa Machado
09 Mai, 2018 - 09:00

Guia turístico: uma carreira em ascensão

Ana Luísa Machado

Tornar-se um guia turístico é uma excelente opção para quem adora cultura e viagens. Saiba tudo sobre esta profissão e o que deve fazer para iniciar a sua carreira.

Guia turístico: uma carreira em ascensão

Para se ser um bom guia turístico não basta apenas explorar diferentes roteiros com os visitantes. É fundamental conseguir proporcionar aos turistas a melhor experiência. Saiba mais sobre o assunto e descubra porquê esta é uma carreira em ascensão.

Tudo o precisa saber para ser um guia turístico

Segundo o barómetro da Organização Mundial de Turismo, o turismo de Portugal apresenta o maior crescimento atual na Europa. Por essa razão, falamos de uma carreira cada vez mais apetecível, de uma área profissional onde os requisitos têm uma exigência crescente e de um mercado onde há necessidade no número de profissionais.

guia turistico

O que é um guia turístico?

Um guia turístico é o profissional que acompanha visitantes nacionais ou estrangeiros e lhes mostra a cultura e história dos locais mais emblemáticos de cada zona.

A sua área de atuação pode enquadrar-se em diferentes áreas como por exemplo, roteiros gastronómicos, ecoturismo, passeios turísticos com visitas a monumentos, museus e palácios, turismo de negócios, transportes e eventos ou qualquer outra experiência turística solicitada pelos visitantes.

Como se tornar um guia turístico

Além da necessidade de dominar pelo menos dois idiomas e de ter excelentes capacidades de comunicação, é fundamental que o profissional domine a área do turismo e conheça todos os roteiros turísticos que irá explorar com os visitantes. A simpatia, a proatividade e uma apresentação cuidada são também elementos chave nesta profissão.

Se idealiza este tipo de trabalho apenas em part-time, saiba que não será fácil destacar-se de outros profissionais que o fazem a tempo inteiro. Mesmo que se dedique na totalidade aos fins de semana, para se ser bem-sucedido nesta área é necessário ter grande flexibilidade e disponibilidade de horários.

Os guias turísticos que trabalham a tempo inteiro normalmente são profissionais da área do turismo certificados que se dedicam a esta atividade na íntegra.

Se ambiciona aprofundar conhecimentos e desenvolver competências chave na área do turismo, deverá explorar as formações profissionais e académicas existentes em Portugal. Estes cursos irão aumentar as oportunidades no mercado de trabalho e fortalecer conhecimentos e competências para conseguir ser bem-sucedido nesta profissão.

Para obter mais informações sobre as ofertas formativas disponíveis, poderá contactar o centro de emprego da sua área de residência ou aceder ao site das seguintes entidades:

Ter capacidade de resistência ao stress e de gestão de conflitos também é fundamental nesta profissão. Diariamente irá lidar com diferentes pessoas, diferentes culturas, diferentes personalidades e diferentes situações. Deverá saber adaptar-se à mudança e às adversidades que possam surgir para ser bem-sucedido nesta profissão.

Quanto ganha um guia turístico

O salário de um guia turístico é variável consoante as horas dedicadas a esta profissão e o tipo de trabalho realizado. Normalmente, não têm horários fixos, trabalham durante o fim de semana e já existem diversos roteiros disponíveis em horário noturno.

Por outro lado, as condições também variam em função do tipo de regime de trabalho, por exemplo se trabalhar como freelancer ou se for um profissional contratado.

Segundo a WageIndicator, a média salarial a tempo inteiro em Portugal para um profissional qualificado ronda os 967 euros.

Onde encontrar emprego como guia turístico

Muitos profissionais trabalham por conta própria, outros trabalham em agências ou entidades ligadas ao turismo (públicas e privadas).

Para iniciar a sua carreira deverá atualizar o seu currículo e procurar ativamente as ofertas diárias disponíveis. Deve verificar os anúncios e potenciais locais de trabalho ou registar o seu perfil em plataformas direcionadas para esta área profissional, tais como:

Veja também