Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Marta Maia
Marta Maia
03 Jun, 2020 - 12:08

Iban Wallet: conheça a plataforma que simplifica os investimentos

Marta Maia

Investimentos a partir de 1 euro e juros que podem chegar aos 6% TAE, sendo que os juros acumulados são pagos diariamente na sua conta. Tudo sem qualquer tipo de taxa. Saiba mais sobre a Iban Wallet e como pode investir através da plataforma.

iban-wallet

O mercado de investimentos já formou alguns milionários um pouco por todo o mundo e é inegável que, em certos detalhes, se revela muito atraente para quem tem dinheiro de parte. Se já pensou em investir alguns dos seus fundos mas ainda não ganhou coragem para enfrentar o complexo mundo dos juros, vai querer conhecer o Iban Wallet.

O que é o Iban Wallet?

O Iban Wallet é uma plataforma de investimentos totalmente digital. Pensada para todos os tipos de investidores – dos mais ricos aos mais modestos, dos mais ousados aos mais cautelosos – que agiliza o processo de investimento de fundos e dá muita flexibilidade a quem procura aplicar fundos.

A plataforma funciona online e procura ser o mais intuitiva possível, para que qualquer pessoa possa fazer investimentos (e receber os lucros) com facilidade.

Como funciona o investimento: esclareça todas as dúvidas

Podemos explicar o Iban Wallet como uma espécie de bolsa de créditos. De um lado, estão pessoas e empresas que precisam de dinheiro e vão pedir emprestado aos agentes económicos; do outro, estão os investidores. No meio, está o Iban Wallet: que permite aos investidores comprarem os direitos de crédito aos agentes económicos.

Vamos a um caso prático: imagine que o sujeito A pede um empréstimo à instituição X. A instituição empresta o dinheiro e fica com o direito de crédito, ou seja, fica com o direito de receber o valor emprestado de volta com juros.

Ora, se a instituição X emprestar o dinheiro todo e receber aos pouquinhos, chega rapidamente ao limite em que não tem mais dinheiro para emprestar. Assim, a instituição X vende ao investidor H os direitos do crédito que concedeu.

O investidor H investe na plataforma, e com o seu investimento adquire os direitos de crédito sobre o sujeito A. O investidor H fica, ele próprio, a receber as prestações com juros do sujeito A.

Neste cenário, o Iban Wallet é um mediador entre a instituição X e o investidor H, facilitando o contacto entre os dois.

Como funciona a plataforma?

A plataforma do Iban Wallet é uma espécie de mercado financeiro onde o investidor coloca o valor que quer aplicar e para onde são transferidos quaisquer rendimentos do que investiu.

Pode, a qualquer altura, carregar mais dinheiro para investir ou solicitar o levantamento de uma parte do valor que lá está, pedindo que seja transferido para a sua conta bancária normal.

Para começar a investir só precisa de um euro

Saiba como abrir uma conta Iban

Quem pode usar o Iban Wallet?

A plataforma Iban Wallet pode ser usada por empresas ou por investidores individuais. A empresa até oferece contas com características especiais para cada tipo de utilizador.

Há valores mínimos para investir?

Basta um euro e é isso que mais diferencia o Iban Wallet da maior parte dos bancos em Portugal. Naquela plataforma tanto pode investir um euro como mil euros ou um milhão.

A única coisa que há para saber é que alguns produtos exigem um valor mínimo, ou seja, se só quiser investir um euro não vai poder aderir a todos os produtos que a plataforma oferece.

De quanto pode ser o lucro?

Claro que, nos investimentos, o lucro é expectavelmente proporcional ao valor investido e ainda está sujeito a muitas variáveis. Ainda assim, o Iban Wallet estima rendimentos mínimos de 2,5% e máximos de 6%.

E o risco?

O risco também está diretamente ligado à taxa de lucro projetada, pelo que, quanto maior for o prémio, mais longo será o prazo do investimento.

Neste caso, e muito embora a empresa esteja estruturada de maneira a que os clientes não percam o capital inicialmente investido, convém lembrar que em cima da mesa estão investimentos de alto risco. Comprar direitos de crédito é comprar o direito de cobrar uma dívida a alguém – se esse alguém não a pagar, o investidor perde o dinheiro que aplicou.

Há taxas ou comissões?

O Iban Wallet não cobra taxas pela abertura de conta nem pela manutenção da plataforma, e não aplica taxas ao investimento. Há ainda produtos disponíveis onde não são aplicadas quaisquer taxas ao levantamento de fundos.

Tenha atenção, no entanto, aos impostos. A plataforma não fala deles, mas não deixam de existir e serão sempre descontados dos dividendos que receber.

Como começar a investir?

Não é preciso muito para se tornar um investidor. Basta instalar no telefone a aplicação Iban Wallet, abrir uma conta e transferir algum dinheiro para lá (pode fazer uma transferência bancária ou pagar com cartão de crédito ou débito).

Depois só tem de escolher o produto financeiro que mais lhe convém, aplicar o dinheiro e pronto, a partir daí é começar a ver os juros chegar diariamente.

Receba juros estimados desde 2,5% a 6% de TAE

Pode obter diferentes projeções de retorno consoante o investimento escolhido

O dinheiro tem de ser investido todo de uma vez?

Não, nem tem de ser investido todo no mesmo produto. Pode, por exemplo, jogar com as diferentes taxas de juro (e graus de risco) e compor uma carteira de investimentos equilibrada.

Os prazos de investimento também não são todos iguais e podem entrar para a ponderação.

É seguro investir pelo telemóvel?

O Iban Wallet garante que a aplicação cumpre todos os requisitos de segurança europeus, e quando instalar vai perceber que não é fácil aceder à informação: tem de usar códigos, informação biométrica e enfrentar outras medidas de segurança.

Em todo o caso, convém ter alguns cuidados, como não deixar o ecrã do telemóvel desbloqueado e evitar usar o Iban Wallet quando estiver ligado a redes Wi-Fi públicas.

Quem regula a atividade do Iban Wallet?

Esta é uma questão muito importante, sobretudo porque não existem representações físicas do serviço em Portugal. Mas pode ficar descansado: os fundos entregues ao Iban Wallet são transferidos para uma Instituição de Dinheiro Eletrónico regulamentada pelo Banco Central Europeu. A ligação ao BCE explica-se pelo facto de estarmos perante uma entidade internacional, que não cabe na alçada do Banco de Portugal.

Aviso Legal

O Ekonomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O Ekonomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].

Veja também