Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Luís Vicente
Luís Vicente
11 Nov, 2020 - 12:00

Lapónia: conheça a mítica terra do Pai Natal

Luís Vicente

Mais do que um destino fabuloso, viajar até à Lapónia é viver o ártico de forma única. Saiba o que faz da Terra do Pai Natal um sítio tão especial.

Trenós na Lapónia

A Lapónia conta com bandeira própria, território espalhado por quatro países, tribo originária e até uma língua oficial.

Portanto, de terra fictícia onde vive o Pai Natal tem muito pouco… Mas há algumas coisas em que ainda nos custa acreditar: as extraordinárias paisagens de branco com filtro azul e os deslumbrantes efeitos no céu proporcionados pelas auroras boreais.

A mágica terra onde é Natal o ano inteiro existe mesmo e o melhor é que temos toda a informação necessária para uma viagem inesquecível à Lapónia; de seguida, apresentamos-lhe tudo o que deve aproveitar enquanto percorre as terras nórdicas dentro Círculo Polar Ártico.

Dada tão remota localização, não se esqueça de bons agasalhos! No inverno, a média de temperaturas ronda os 7º negativos, podendo chegar aos -30º.

O principal destino da região Sami (nome do povo natural da Lapónia), é Rovaniemi, já a norte do Circulo Polar Árctico; sendo a capital da Lapónia, esta é também a residência oficial do Pai Natal e para onde chegam, todos os anos, cerca de dois milhões de cartas cheias de pedidos de brinquedos.

O posto dos correios é, de resto, umas das principais atracções desta cidade que se apresenta como sonho de natal infantil tornado realidade.

Para chegar à Lapónia, primeiro terá de viajar até à capital finlandesa, Helsínquia. Depois, há que percorrer 835 quilómetros, que podem ser feitos de avião (40 minutos), comboio (10 horas), autocarro ou carro (ideal com temperaturas mais amenas).

Na viagem de comboio, é possível dormir nas carruagens, atravessando grande parte do bosque nórdico finlandês, num percurso condizente com o imaginário natalício.

O que fazer, onde comer e onde dormir na Lapónia

Vila do Pai Natal

Santa Claus Village

O primeiro sítio obrigatório da Lapónia é a Aldeia de Santa Claus, para os amigos, Pai Natal. Trata-se de um pequeno aldeamento já dentro da floresta que ladeia Rovaniemi. Na Santa Claus Village está o tão visitado Posto dos Correios (Santa’s Main Post Office).

Depois de enviar a carta ao Pai Natal e colocá-la no correio com o selo especial do Polo Norte, pode ainda levar os mais pequenos para uma volta de carrossel, brincar na oficina dos Elfos ou até assistir a um espectáculo natalício; para os adultos, ha também, e caso esteja a precisar de refrescar, um pitoresco bar de gelo.

Ainda dentro da aldeia do Pai Natal, pode fazer o que provavelmente será uma experiência única: safaris com renas ou huskies.

Num trenó, mas sem presentes para dar, faça uma verdadeira simbiose com o habitat do polo norte numa viagem épica movida por animais locais.

Santa Park

A cinco minutos de distância da Santa Claus Village está o parque temático Santa Park. O natal é mesmo o forte da Lapónia – não poderia ser de outra forma, não é? – e na margem da mesma estrada encontra-se “a casa caverna do Santa Claus”.

O comboio mágico, a escola dos elfos, a princesa do gelo e o próprio Pai Natal fazem deste parque temático interior um dos melhores, senão o melhor, destinos natalícios do mundo.

Arktikum – Centro de Ciência e Museu

Numa localização privilegiada e com vistas espectaculares para o céu e horizonte gelado, a visita ao Arktikum vale pela experiência visual mas também pela riqueza histórica e científica.

Virado para o ártico, esta casa colecciona e trata informação sobre a tão remota e até inóspita região que é a Lapónia.

Aurora boreal na Lapónia

Auroras Boreais

As palavras pouco fazem justiça à beleza e sensação sentida ao ver uma aurora boreal. Dados como fenómenos raros, há uma maior frequência nas terras nórdicas e toda a Lapónia tem um óptimo terreno (céu) fértil para isso acontecer.

Também conhecidas como Northern Lights (Luzes do Norte), há vários guias online sobre como fazer para ser mais propício conseguir assistir à dança das estrelas no céu do ártico. 

Estância de ski de Levi

A duas horas de carro a norte de Rovaniemi está uma das mais populares estâncias de ski da Finlândia. Com paisagens deslumbrantes – e céu propício a auroras -, esta estância conta com muitos programas e actividades para fazer em grupo e com miúdos.

Com packs especiais para datas importantes, muitas famílias ali optam por passar o Natal ou a passagem de ano. A vila conta com muitas soluções de alojamento, de diferentes tipos, quer resort, quer alojamento local, passando cabanas de madeira na neve.

Mulher a andar de trenó na Lapónia

Onde Comer

Kotahovi

Lugar mais típico do que uma cabana de madeira com lareira no meio não há em toda a Lapónia e a sorte é que é, também, um excelente restaurante!

Kotahovi, da tipicidade do espaço para a da gastronomia, é uma verdadeira viagem pela cultura escandinava. Sopa de salmão e rena com puré de batata são algumas das especialidades.

Sky Kitchen

Com um preço por pessoa mais elevado do que o anterior, este restaurante de comida escandinava é um dos mais bem cotados de Rovaniemi. Para isso, além da excelente apresentação e confecção de autor, conta a estética e elegância do espaço.

O Sky Kitchen é o restaurante do Hotel Sky, que recentemente esteve em remodelações, reabrindo este dezembro, mais um ingrediente para espreitar o conceituado restaurante que também conta com uma espectacular vista desafogada sobre a cidade.

Kammi

A tradição da comida finlandesa em bruto é no Kammi, na vila de Levi, onde está a popular estância de ski mencionada anteriormente.

E quando referimos tradição gastronómica claro que estamos a contemplar pratos de carne de rena, servida de várias formas e feitios. O ambiente é aconchegante e quentinho, a contrastar com as temperaturas sentidas lá fora.

Paisagem de neve na Lapónia

Onde Dormir

Pode optar pelo tradicional hotel, seja em Levi ou na capital Rovaniemi.

Contudo, uma experiência total na Lapónia pede sempre uma acomodação especial e neste campo há várias e interessantes soluções, como cabanas de madeira envelhecida, iglos de vidro ou hotéis de gelo!

O Artic Snow Hotel e o 70º North são boas opções para uma estadia inesquecível.

Veja também