Valdemar Jorge
Valdemar Jorge
01 Mar, 2024 - 11:19

Macal Minarelli: parceria de sucesso que marcou uma época

Valdemar Jorge

A história da Macal Minarelli é a parceria de duas marcas que se cruzam. E foram um sucesso na indústria das duas rodas em Portugal.

Motorizada Macal Minarelli

Falar sobre o sucesso da histórica Macal Minarelli é recuar no tempo e, de algum modo, cruzar com esta a história de 83 anos da Macal, uma das principais empresas de construção de motorizadas, em Portugal.

O auge da empresa ocorreu nas décadas de 70 e 80 do século XX, mas a forte concorrência, e outros fatores ligados à administração da empresa, acabariam por contribuir para que decaísse e acabasse por encerrar, em meados de 2004.

Mas como é que as duas se cruzam? Vejamos. A Minarelli é uma empresa italiana conhecida por fabricar motores para motocicletas, ciclomotores e outros veículos de duas rodas.

Fundada em 1951, por Vittorio Minarelli e Franco Morini na cidade de Bolonha, em Itália, a Minarelli rapidamente ficou famosa pelos motores de alta qualidade e desempenho que produzia, e muitos fabricantes de motocicletas em todo o mundo utilizaram os seus motores nos seus veículos.

Macal Minarelli: uma história de sucesso

No nosso país, a Minarelli teve uma presença significativa no setor de motocicletas e ciclomotores desde a década de 1960. As motorizações que fabricava eram utilizadas por várias marcas de motos nacionais, como a Casal, a Famel e a Macal.

Estas marcas produziram uma variedade de modelos de motocicletas e ciclomotores equipados com motores Minarelli, que eram conhecidos pela fiabilidade e desempenho.

A presença da Minarelli em Portugal manteve-se por vários anos. Mesmo após a decadência da Macal a marca italiana continuou a fornecer motores a outras marcas de motocicletas e ciclomotores sedeadas em Portugal, e em outros países.

Salientar que a Minarelli, na sua ação como fabricante, expandiu a sua atividade incluindo motores de maior cilindrada e outros componentes para veículos motorizados.

Pode dizer-se que a Macal Minarelli foi uma associação com um papel importante na indústria de veículos motorizados em Portugal. A primeira como fabricante de motocicletas e ciclomotores. S segunda como fornecedora de motores que se caracterizavam pela alta qualidade e fiabilidade. A Macal acabou por não conseguir lidar com a forte concorrência. A Minarelli continua em atividade.

Em 1989 a Motori Minarelli tornou-se membro do Yamaha Motor Group, quando a Yamaha assumiu uma participação de 40% na empresa e, em 2003, tornou-se subsidiária da YMENV e totalmente detida por esta. Atualmente ainda continua a fabricar e vender motores utilizados em motos, scooters e ciclomotores.

Macal Minarelli: alguns modelos icónicos

Uma visita ao ‘Google’ e teclar por exemplo ‘motorizadas Macal Minarelli’ apresenta-nos centenas de resultados com propostas de aquisição e, principalmente, de restauro.

Afinal, os motociclos Macal Minarelli são muito procurados, não só por terem marcado uma época, mas pela fiabilidade e fácil manutenção, sendo ainda muito cobiçados por colecionadores. Alguns dos modelos que se encontram são:

  • Macal M83 – Uma motorizada icónica dos anos 80, que se destaca pelo visual robusto e desempenho fiável. Ficou conhecida como “Vespa Portuguesa”;
    Macal M70 – Um clássico da marca. Esta motorizada é conhecida pela agilidade e facilidade de manobra. Apresentava um design moderno e aerodinâmico. Possuía um motor de 70cc da Minarelli, refrigerado a ar;
    Macal M125 – Uma motorizada de menor cilindrada, a M125 era uma escolha popular entre os motociclistas recém encartados;
    Macal M82 – Com uma aparência mais moderna, a M82 é uma motorizada desportiva, equipada com um potente motor e chassis muito resistente;
  • Macal M100 – A M100 é uma motorizada popular entre os entusiastas do enduro e motocross. Caracterizava-se pela suspensão durável e excelente desempenho off-road.
  • Macal Mini-Mac – A Mini-Mac era o modelo mais compacto e leve da marca portuguesa. Era uma motorizada pequena e ágil, ideal para deslocamentos rápidos na cidade.

Macal: uma história portuguesa

A Macal foi fundada em 1921, em Águeda. Começou a sua atividade como uma pequena oficina de reparação de bicicletas – Casa Vulcano de Manuel Caetano Henriques que, mais tarde, mudou a designação para M. Caetano e Macal.

Com o sucesso do negócio, rapidamente começou a produzir os seus próprios modelos para dar resposta à crescente procura, no final da I Grande Guerra Mundial, por meios de transporte pessoal.

As bicicletas Macal eram conhecidas pela qualidade de construção e durabilidade, fatores que ajudaram a empresa a crescer e a popularizar o seu produto, um pouco por todo o país.

Nos anos 60, a empresa expandiu a linha de produtos e começou a fabricar motocicletas. Os seus modelos eram conhecidas pelo design elegante e desempenho, e tornaram-se num sucesso tanto no mercado nacional como internacional.

Nova Famel elétrica
Veja também Mítica Famel regressa elétrica, mas só vai chegar em 2024

Ao longo dos anos, a empresa continuou a inovar e a introduzir novos modelos, consolidando a sua posição como um dos principais fabricantes de motocicletas em Portugal.

A parceria que deu origem à Macal Minarelli, a partir dos anos 1960, constituiu um forte pilar no desenvolvimento de fábrica portuguesa e iria durar até aos anos 1980, altura em que a Minarelli deixou de fornecer motores à Macal.

No seu período áureo a empresa chegou a exportar os seus motociclos para Espanha, Angola, Grécia, Holanda, Itália, Alemanha, Inglaterra e Áustria.

Nos seus 83 anos de história, a Macal enfrentou diversos desafios devido a mudanças nas preferências dos consumidores e à concorrência de marcas estrangeiras, bem como dos fabricantes nacionais, como Famel, Fundador, Masac ou SIS. No entanto, a empresa conseguiu adaptar-se e diversificar os seus produtos.

Adepta da inovação, a empresa, apesar das dificuldades, concentrou-se nos últimos anos de atividade em desenvolver bicicletas elétricas e outras soluções de mobilidade sustentável.

Incorporou tecnologia avançada nos seus produtos, oferecendo opções modernas e ecologicamente corretas para os consumidores. Não eram novas versões da Macal Minarelli, mas esse capital de prestígio continuava lá.

Embora tenha enfrentado altos e baixos ao longo da sua história – o centenário da Macal foi assinalado em Águeda, em 2021, com a exposição “Exposição 100 Anos Macal”. A marca é reconhecida com carinho em Portugal, e noutros países, como um símbolo de qualidade e inovação no setor de bicicletas e motocicletas.

Os seus 83 anos de atividade e a capacidade de adaptação são exemplo da sua importância na indústria de duas rodas em Portugal. A associação Macal Minarrelli ficou para a história.

Veja também

Artigos Relacionados