Tatiana Carvalho
Tatiana Carvalho
27 Fev, 2018 - 12:55
As 10 melhores apps de finanças pessoais

As 10 melhores apps de finanças pessoais

Tatiana Carvalho

Precisa de organizar a sua vida financeira mas não sabe por onde começar? Veja as 10 melhores apps de finanças pessoais para pôr as suas contas em ordem.

O artigo continua após o anúncio

Sabia que o seu smartphone pode ajudá-lo a organizar a sua vida financeira? Basta escolher as melhores apps de finanças pessoais e começar a usá-las.

Nos dias de hoje, quando todos olhamos para o telemóvel centenas de vezes por dia, seja para responder a mensagens, verificar a previsão do tempo ou ler e-mails, porque não usar uma app que ajude a organizar o orçamento pessoal ou familiar? Não faltam boas opções e reunimos as melhores nesta lista.

Saiba quais são as melhores apps de finanças disponíveis, desde aplicações voltadas para investimentos financeiros até àquelas que ajudam a controlar os gastos pessoais.

À procura das melhores apps de finanças? Temos 10 opções

1. Mint

work

Considerada uma das melhores apps de finanças pessoais pelos especialistas, a aplicação Mint é daquelas que reúne todos os requisitos num só lugar, auxiliando o utilizador a controlar, registar os gastos pessoais e ficar mais consciente das compras e dos pagamentos que faz.

É possível sincronizar as suas contas bancárias e cartões de crédito, assim como as contas mensais e ter tudo convenientemente organizado. Todas as contas organizadas num só lugar, sempre à mão? Sim, é isso mesmo.

2. You Need a Budget

You Need a Budget está nesta lista de melhores apps de finanças pessoais por um ótimo motivo: é diferente de todas as outras aplicações que possa conhecer, pois ajuda o utilizador na organização das suas finanças para liquidar as dívidas e sair do endividamento bancário, além de ensinar a poupar para algum imprevisto.

O que a app faz é simples e funciona, pois não deixa que o utilizador gaste uma quantia que não pode e incentiva-o a viver apenas com os seus rendimentos reais. Uma boa forma de evitar as dívidas com cartões de crédito e créditos pessoais.

3. Wally

finanças

A Wally é uma aplicação para quem gosta de manter tudo sempre organizado. Com uma interface simples e intuitiva, a app permite o registo de todas as despesas realizadas. Ideal, inclusive, para quem precisa de prestar contas de gastos à entidade empregadora, pois tem uma opção de ativar a localização e organiza as informações de maneira precisa no mapa, incluindo hora e data.

O artigo continua após o anúncio

A melhor parte é que a app permite que, ao invés de inserir as informações manualmente, o usuário apenas tire uma fotografia das faturas para arquivar.

4. Home Budget

A app Home Budget pode ser sincronizada com iPhone, iPad, Android, Mac e Windows. Isto é, é uma aplicação que serve para todas as necessidades e dispositivos. Apesar de ser paga, tem a vantagem de ser flexível e poder ser adaptada às necessidades do utilizador.

Permite que o orçamento seja partilhado com os membros da família e também entre os aparelhos utilizados. Por permitir um grande volume de dados inseridos, talvez não seja a ferramenta mais simples, porém é uma das mais completas para a organização das finanças familiares.

5. Toshl Finance

budget

A Toshl Finance é uma das apps de finanças pessoais preferidas dos utilizadores e da crítica. E a razão é simples: é bastante exigente (no bom sentido!). Tão exigente que é recomendada por várias publicações de renome. Depois de criar a sua conta, pode escolher entre uma versão livre e outra paga.

Com a segunda vai conseguir sincronizar com outros dispositivos e colocar, por exemplo, mais do que um rendimento mensal. As categorias de despesas e receitas são personalizadas por si, pode criar um orçamento, visualizar e exportar relatórios.

6. Gerenciador Financeiro

Este Gerenciador Financeiro, da Mobills, é uma opção completa e recomendada nos mais diversos sites da especialidade. Com um design muito clean, permite introduzir despesas e receitas por tipo, identificar despesas repetidas, tem gráficos resumo, e pode definir várias carteiras. Para tal, é necessário criar uma conta. O melhor: pode criar um orçamento mensal e definir alertas para quando ultrapassar determinado valor.

7. Spending Tracker

Spending Tracker é uma das melhores apps de finanças pessoais. Apesar de estar em inglês, é possível definir a moeda para Euro e personalizar a lista de receitas e despesas de acordo com as suas necessidades. Em cada transação pode incluir uma nota e basta rodar o aparelho para ver os relatórios.

8. Money Wise

app de financas

Gráficos, entradas de despesas e receitas, orçamentos, criação de várias contas virtuais, transferências entre contas, exportar para o Excel… Tudo isso é possível nesta aplicação para Android, a Money Wise.

O artigo continua após o anúncio

Se optar pela versão Pro, ainda terá mais opções. E se lhe dissermos que a LifeHacker considerou esta app a melhor para “gestão de orçamento”? Experimente, pois vale a pena.

9. Moneyboard

A Moneyboard também tinha de fazer parte da nossa lista de melhores apps de finanças pessoais – tem um design limpo, muito intuitivo e descomplicado. É possível definir as categorias de acordo com o seu dia a dia, registar poupanças e investimentos, exportar para ficheiro e fazer backup na iCloud, etc. A melhor parte é que pode definir notificações para nunca se esquecer de colocar as suas despesas diárias.

10. PocketGuard

Todas as suas contas bancárias num só lugar, para que possa perceber quanto dinheiro é que possui e quanto é que deve gastar (e, claro, poupar!). Tem medo de acrescentar os seus dados bancários? Esta app oferece encriptação de “nível máximo”, para que ninguém seja apanhado desprevenido.

Depois, é só perceber onde é que anda a gastar a maior parte do seu dinheiro, que gastos é que são completamente supérfluos e compreender como pode gerir melhor as suas finanças pessoais.

Veja também
Partilhar Tweet Pin E-mail WhatsApp