Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Teresa Campos
Teresa Campos
01 Jul, 2019 - 11:23

Moda mais sustentável: marcas portuguesas eco fashion

Teresa Campos

Hoje em dia, faz todo o sentido falar em moda mais sustentável. Num momento em que os recursos mundiais se esgotam, perceba a importância da eco fashion.

Moda mais sustentável: marcas portuguesas eco fashion

Atualmente, todos os dias, ouvimos falar sobre a insustentabilidade do nosso planeta e como os recursos se encontram, perigosamente, a esgotar. Por isso, nenhuma área nem nenhum setor estão a “salvo”, pelo que falar em moda mais sustentável faz cada vez mais sentido.

Entender a sua importância e pertinência é o primeiro passo para uma maior consciencialização sobre a moda do futuro, a qual terá de ser amiga do ambiente e assentar mais em princípios de reciclagem e de reutilização de materiais. Perceba melhor.

Cada vez mais se fala em upcycling, moda circular ou mesmo moda sustentável. Contudo, apesar de o termo soar bem, sabemos ao certo o que significa moda sustentável?

Moda mais sustentável: perceba o que é

moda sustentável

A moda sustentável ou eco fashion diz respeito a moda – roupa e acessórios – com o menor impacto possível no ambiente, desde a sua produção à sua distribuição. Para tal, pondera-se sobre:

  • a sua pegada carbónica;
  • a quantidade de água dispendida na sua produção;
  • a quantidade de agrotóxicos utilizados no plantio das matérias primas;
  • o número de componentes tóxicos e sintéticos presentes na fibra dos tecidos utilizados.

A importância de refletir sobre estas matérias e apoiar este género de moda é fulcral, já que a chamada fast fashion é um dos maiores responsáveis pela pegada ecológica mundial, assumindo um impacto significativo nos ecossistemas, onde é produzida.

Isto explica-se, sobretudo, pela quantidade de água gasta no seu processo de produção e na quantidade de agrotóxicos utilizados (cerca de 160gr para fabricar uma camisa de 250gr de algodão). Além disso, este género de moda apela a um certo sentido descartável, ou seja, incentiva à compra de cada vez mais peças, usadas poucas vezes e por menos tempo, e facilmente trocadas ou dispensadas.

Assim, a moda mais sustentável aposta no uso de fibras orgânicas e tecidos eco-friendly (como o linho ou o bambu) e no fabrico de roupas com maior durabilidade.

E o upcycling?

Outra tendência sustentável assenta numa reutilização criativa de materiais já utilizados, dando uma nova vida a determinada matéria, chamada por muitos de lixo!…

5 marcas portuguesas de moda mais sustentável

1. Bekoffee

É verdade, as borras de café podem mesmo ser um excelente ponto de partida para peças de decoração e de moda. Juntando-lhe compósitos polímeros, é possível conceber artesanalmente acessórios sustentáveis e amigos do ambiente.

2. SKOG

Esta marca pretende quebrar o mito de que os acessórios de qualidade e ecológicos têm de ser caros. Por isso, a preços acessíveis, é possível compra óculos de sol feitos de forma artesanal e a partir de vários tipos de madeira.

Os óculos são exclusivos e únicos; possuem lentes polarizadas e proteção 100% UVA/B; e o melhor é que por cada par de óculos vendido, é plantada uma árvore.

Um dos modelos mais populares da marca chama-se “Supertubos” e é feito com tábuas de skate recicladas.

3. O Benefício

Esta é outra marca para a qual a qualidade, a ecologia e a exclusividade devem andar de mãos dadas. A sua produção é artesanal e respeita o meio ambiente.

A Mochila Benefício, da série Beltimore, é de grande qualidade e pode ser personalizada, exemplificando o que é um produto upcycling, já que foi fabricada a partir de cintos de segurança de automóveis!

4. Miss Castelinhos

No segmento da moda infantil, surge a Miss Castelinhos com produtos de qualidade, conforto, criatividade e sustentabilidade. Trata-se de um projeto ecológico, já que produz em pequenas quantidades; valoriza a durabilidade das peças; aposta no trabalho artesanal; e reaproveita os excedentes das fábricas têxteis, nomeadamente o algodão orgânico.

5. Lefrik

O principal propósito desta marca é o de dar uma nova vida às garrafas PET de plástico recicladas. Para tal, ela apresenta uma vasta gama de bolsas e malas, feitas a partir destas garrafas, tais como bolsas urbanas, mochilas para o dia a dia, trolleys de viagem e bolsas de higiene.

Todos os produtos são práticos, elegantes e cómodos, além de sustentáveis e de preservarem os recursos naturais do planeta.

6. Zouri

E num momento em que tanto se tem falado do lixo plástico, inclusive do que é possível recolher ao longo da nossa costa, a proposta desta marca é, precisamente, a de usar esse lixo na produção de sandálias, super elegantes e modernas.

Para além destes detritos plásticos, as sandálias são ainda confecionadas com outros materiais naturais, como cortiça, borracha natural e tecido de folhas de ananás.

Ver também: