ebook
Ebook Finanças (s)em Crise
Um guia para tempos complicados
Ekonomista
Ekonomista
23 Fev, 2021 - 10:58

Multas na hora já podem ser pagas por Multibanco

Ekonomista

A partir desta semana passam a existir referências Multibanco para pagar as multas por incumprimento do Estado de Emergência.

Homem a pagar multa no Multibanco

Já é possível pagar multas na hora através de referência Multibanco, em caso de violação das regras estabelecidas pelo novo Estado de Emergência. A medida surge um mês após a publicação do despacho do ministro da Administração Interna que apertou a fiscalização aos incumprimentos.

Até aqui, os cidadãos multados tinham apenas três opções para pagar as coimas na hora, evitando, deste modo, o acréscimo de 51 euros de custas judiciais. Ou pagavam em dinheiro vivo ao agente ou deslocavam-se ao Multibanco mais próximo para levantar a quantia em dívida. Em alternativa, podiam fazer o pagamento numa esquadra num prazo de 48 horas.

A partir desta semana, o pagamento por referência Multibanco veio alargar estas opções. De acordo com a notícia avançada pela Rádio Renascença, a Agência para a Modernização Administrativa já enviou essas referências às autoridades, sendo que o modelo assemelha-se ao que é usado para a fiscalização e cobrança de contraordenações de trânsito.

Recorde-se que as coimas para particulares variam entre os 200 e os 1.000 euros. Segundo a mesma fonte, em janeiro e fevereiro, foram aplicadas 13.300 contraordenações pelas forças de segurança no âmbito do Estado de Emergência, enquanto que em todo o ano de 2020 foram registadas 5 mil.

Veja também