Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Catarina Milheiro
Catarina Milheiro
11 Set, 2020 - 15:32

3 dicas para manter o networking remoto eficaz

Catarina Milheiro

Está a trabalhar em home office e tem dificuldades em manter o networking remoto? Temos algumas dicas para o ajudar.

pessoa em vídeochamada para promover networking remoto

O teletrabalho é hoje uma realidade e com ela surgem inúmeras questões associadas: “Como adotar uma estratégia para trabalhar em casa de forma eficaz?”, “Como fazer networking remoto?” ou ainda “Como conseguir liderar equipas através do digital?”.

Atualmente, são inúmeros os profissionais que estão a trabalhar em regime de home office e a verdade é que as pessoas se sentem cada vez mais inseguras sobre como construir, manter e estimular as suas redes para impulsionarem as suas carreiras.

Ora, quando trabalhamos em casa todas estas dificuldades são exacerbadas. Afinal, como é possível fazer networking e, paralelamente, continuarmos a manter o contacto com os existentes quando não podemos interagir com as pessoas cara a cara?

A resposta está efetivamente no networking remoto: uma rede devidamente estruturada e funcional que facilita a orientação pessoal e profissional, informações técnicas, perceções culturais e políticas e ainda algum suporte emocional e intelectual.

Independentemente da sua situação atual, é extremamente importante que construa e mantenha uma rede de contactos eficaz. Fique connosco e atente nas dicas para fazer networking remoto.

O NETWORKING REMOTO EM TEMPOS DE PANDEMIA

De uma forma geral, o networking trata-se de uma rede de contactos com interesses em comum, que trocam informações variadas entre si. E se pensa que a sua rede de contactos não pode ser eficaz se se tratar de networking remoto, engana-se. A eficácia não depende da interação pessoal.

Todos sabemos que trabalhar em regime de teletrabalho pode parecer um autêntico desafio, desde a acumulação de tarefas, a gestão do tempo, as ferramentas digitais e o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional. Para além disso, no meio de tudo isto ainda é necessário manter o seu networking de forma eficaz e produtiva.

Se até há um tempo atrás não imaginávamos que fosse possível ampliar a nossa rede de contactos sem que existisse qualquer tipo de interação pessoal, atualmente o cenário está um pouco diferente. A situação atual em que o mundo vive obrigou a impor novas estratégias e desafios aos profissionais de todas as áreas.

De facto, o networking eficaz não depende da interação pessoal. Ou seja, pode ser igualmente bem feito a partir de casa, com todos os esforços que são exigidos pelo teletrabalho.

Assim, o networking remoto ganha agora uma conotação diferente na vida dos profissionais em geral. Pense connosco: no mundo em que podemos enviar o nosso currículo para qualquer parte do globo através de um simples clique. Por isso, é também importante que nos saibamos relacionar da maneira certa.

Portanto, falamos em ir para além das pessoas que conhece, sendo observado pelos outros como uma pessoa competente e confiante. É extremamente importante que faça o seu networking remoto utilizando todas as interações relacionadas com o trabalho, seja através de e-mail, telefone, uma aplicação de mensagens ou videoconferência, para se apresentar como uma pessoa com presença, talento e cordialidade.

3 DICAS PARA MANTER O NETWORKING REMOTO DE FORMA EFICAZ

pessoa em reunião por vídeoconferência
1

Utilize ferramentas específicas de comunicação em teletrabalho

O networking de quem trabalha em casa tem por base uma boa comunicação interna, isto é, entre os colegas de equipa, formando assim a primeira rede de contactos. O ideal será mesmo concentrar a troca de informações e conhecimentos em poucas aplicações.

Além do e-mail, uma boa ideia é a utilização do Slack, Zoom ou Skype. No entanto, tudo depende do que a empresa prefere ou das sugestões que a sua equipa fizer.

Os profissionais que se encontram em teletrabalho devem se ainda mais assertivos do que quando estão no escritório presencialmente quando o assunto é a comunicação. Ou seja, o que se pretende é que todas as aplicações que existem sejam capazes de melhorar o ambiente de trabalho, tomadas de decisão e que proporcionem algum conforto para a partilha de ideias.

Para além disto, é importante criar ainda um canal específico para a troca de informações variadas não só entre colegas de trabalho, mas com outras pessoas de áreas relacionadas.

O LinkedIn é uma das melhores maneiras de manter contato com os membros da sua rede, mas também é uma forma eficaz de construí-la.

Certifique-se de que o seu perfil está atualizado, entre em grupos e comente os posts de outras pessoas. Também pode alcançar pessoas cujo trabalho admira ou que ocupam cargos aos quais aspira.

Muitas dessas pessoas também estão a trabalhar em casa e podem valorizar a oportunidade de alguma interação social (virtual). Portanto, não hesite em enviar uma nota de admiração ou elogio.

2

Marque e participe em reuniões online sempre que necessário

Está na hora de apostar nas videoconferências pontuais para discutir assuntos importantes ou que tenham gerado dúvidas e até convidar outras pessoas para esclarecer alguns temas.

Por exemplo: criar uma rotina de reunião semanal com a sua equipa de trabalho, seja ela em vídeo ou não, pode ajudá-lo a alinhar o trabalho dos próximos dias. Para além disso, se optar por convidar alguém da sua rede de contactos para falar abertamente sobre um determinado tema, estará também a absorver conhecimento e a promover o networking remoto.

Participe em reuniões online com outras pessoas com quem não trabalha diariamente, mas que tem vontade de conversar sobre o mercado.

3

Peça a alguém que conhece para apresentá-lo: conecte-se com pessoas

Esta dica já era utilizada no networking face-to-face e agora no networking remoto. Afinal, quantos colegas já tivemos que nos pediram para os apresentarmos a determinadas pessoas? Seja através da internet ou presencial, a iniciativa e o interesse têm de partir de nós.

Pode ainda procurar associações profissionais, grupos de ex-alunos ou grupos de interesse numa determinada área nos quais tenha um conjunto de conexões para começar a construir novos relacionamentos. 

Ao encontrar alguém com quem tenha interesse em conversar, tome a iniciativa de convidá-lo para um café virtual. Outra maneira particularmente eficaz de se conectar com pessoas que não conhece é pedir-lhes uma entrevista para o seu blog, webcast, podcast ou artigo.

Veja também

Aviso Legal

O Ekonomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O Ekonomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].