Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
André Freitas
André Freitas
04 Jun, 2020 - 18:00

O novo BMW Série 4 à lupa: o carro além da grelha controversa

André Freitas

O novo Série 4 tem gerado controversa, sobretudo pela nova grelha frontal. Conheça este modelo ao detalhe e saiba porque é que a BMW adoptou este design.

BMW Série 4

O novo BMW Série 4, divulgado (para já) apenas na versão coupé, marca uma rotura total no que toca ao design com o seu antecessor, lançado em 2013, e com as linhas do também novo BMW Série 3, modelo no qual é baseado.

Tal como seria de esperar, o novo modelo da BMW traz inúmeras mudanças e inovações. Algumas mais simples, outras mais avançadas, como por exemplo, o caso das motorizações.

No entanto, este modelo tem sido tema de muita conversa, sobretudo, pelas suas alterações a nível estético, em particular, a nova grelha frontal. Apesar da traseira do novo BMW Série 4 ser “aprovada por maioria absoluta”, sendo uma espécie de “mini BMW Série 8”, a grelha frontal totalmente disruptiva dos restantes modelos da marca da baviera parece registar mais “haters” do que “fãs”.

Conheça o porquê da BMW ter voltado às origens com o novo BMW Série 4 e conheça ao detalhe este novo modelo.

10 coisas que deve saber sobre o novo BMW Série 4

1. Grelha dupla

BMW 501
BMW 501, a “inspiração” para a grelha do novo BMW Série 4.

O tópico da grande “polémica”. A nova grelha presente no BMW Série 4 não é, de todo, consensual no mundo automóvel, mas principalmente, entre os aficcionados pela BMW.

Quando a BMW divulgou a sua nova grelha dupla em forma de rim e quando informou que a iria incluir no novo BMW Série 4, a contestação foi grande.

A grelha é, de facto, bastante diferente da grelha do modelo anterior, e suscita emoções fortes: ou se gosta, ou se odeia. Mas algo que não se pode negar é que esta grelha em formato XXL não passa despercebida a ninguém e torna o novo BMW Série 4 num automóvel cheio de personalidade.

Apesar de toda a contestação, esta nova grelha tem na verdade um enquadramento histórico. Esta grelha remete-nos para o passado da marca, para os tempos em que os carros da BMW tinham este tipo de grelha: grande e em formato de “duplo rim”. Exemplos disso são os BMW 501 e 328, modelos contemporâneos do pós 2ª guerra mundial.

A grelha fazia parte da sua assinatura e identidade da marca. No entanto, foi sendo adaptada por razões estéticas e relacionadas com a vertente aerodinâmica.

2. Inspiração

Em 2014, a versão coupé do BMW Série 3 fpo descontinuada e deu lugar à criação de um novo modelo: o BWW Série 4, mas a segunda geração deste modelo afastou-se mais do que nunca do modelo que lhe deu origem.

O novo BMW Série 4 tem dimensões diferentes do Série 3, bem como adota um design mais arrojado e, ainda, uma dinâmica e identidade próprias.

3. Dimensões

BMW Série 4

A segunda geração do BMW Série 4 tem agora 4,76 metros de comprimento, mais 13 centímetros de que o modelo anterior.

O carro está agora também mais largo, com 1,85 metros de largura, mas aqui o crescimento foi de apenas 2,7 centímetros em relação à primeira geração.

A distância entre eixos cresceu 4,11 centímetros e, agora é de 2,851 metros, o que se traduz em mais espaço para os ocupantes.

A altura manteve-se praticamente inalterada, sendo que aumentou apenas 6 milímetros, para um total de 1,383 metros, fazendo com que este modelo seja 5,7 centímetros mais baixo que o novo BMW Série 3.

Mas uma das grandes novidades é o centro de gravidade do novo BMW Série 4, que é 2,1 centímetros mais baixo do que a geração anterior , dando mais estabilidade ao automóvel durante a condução e melhor performance em curva.

4. Design exterior

O ponto mais impactante no exterior é inspiração na grelha “antiga”. Este é o elemento que causa maior impacto no novo BMW Série 4.

Apesar de ser “inspirado” no Série 3, as dimensões são bastante diferentes e, para além destas, o design exterior também o é.

Os faróis LED são equipamento de série, sendo que os faróis Lazer LED são uma possibilidade como extra.

Estes faróis, com aspeto hexagonal, continuam a respeitar a essência da marca e oferecendo um ar agressivo e dinâmico ao novo BMW Série 4.

Para além das funções estéticas, estes faróis têm funções adaptativas em curva ​​e iluminação variável otimizada para a condução urbana ou em autoestrada. Se ultrapassar os 60 km/h, por exemplo, o alcance das luzes dos máximos aumenta para os 550 metros (opção Laserlight da BMW).

As luzes traseiras são maiores que as do modelo da geração anterior. É na parte traseira que podemos também encontrar um difusor de ar “falso” (apenas estético, entenda-se) que não é totalmente consensual.

Tal como encontramos na frente, os elementos presentes na traseira concedem-lhe um ar agressivo e desportivo, inspirado no seu “irmão” BMW Série 8. Sem dúvida, um carro com o ADN da fabricante alemã.

De lado, e considerando o seu design mais afunilado na parte traseira, este modelo até se confunde com o Série 8.

5. Design interior

BMW Série 4

O design interior do novo BMW Série 4 é similar ao do novo bMW Série 3: um tanto quanto conservador e um sítio onde abunda a qualidade. E consideramos conservador na medida em que não apresenta mudanças disruptivas ou alterações significativas em relação aos outros modelos da marca. A diferença é que este modelo só tem 4 lugares, em vez dos 5 lugares do Série 3.

Os acabamentos em pele podem ter diversas cores, sendo que os assentos também ser revestidos a pele, ou num misto de pele e alcantara no caso das versões M.

Os assentos dianteiros em estilo desportivo fazem parte do equipamento de série.

As luzes interiores ambiente podem ser personalizadas para diferentes cores. Para além deste toque de adaptação ao estado de espírito e gosto do condutor, há ainda uma novidade no que às luzes interiores diz respeito: se uma porta estiver aberta ou mal fechada, a luz incorporada nessa porta fica a piscar até que a porta fique corretamente fechada.

Relativamente à bagageira, esta oferece um espaço de acomodação de 440 litros.

6. Segurança

Na vertente da segurança, o novo BMW Série 4 conta com vários sistemas de assistência ao condutor. Alguns desses sistemas são:

  • o sistema de condução profissional: contém o assistente de direção, de faixa de rodagem, paragem de emergência e alteração de trajetória com proteção ativa contra colisões laterais;
  • assistente de estacionamento plus: facilita o estacionamento com sistema Surround View, vista panorâmica, Remote 3D View, sensores de estacionamento ativos, função de travagem de emergência, assistente de marcha-atrás, entre outros.

A suspensão deste novo modelo também foi modificada para tornar o carro mais estável e seguro, através da inclusão de amortecedores adaptativos e barras estabilizadoras.

Os amortecedores do eixo dianteiro têm um batente hidráulico no topo que permite aumentar a sua resistência.

Os amortecedores do eixo traseiro têm um mecanismo que faz com que a compressão seja superior, nos momentos indicados.

Estas características vão-lhe proporcionar uma condução mais segura e estável.

Estes melhoramentos a nível de equipamento foram acompanhados de alterações a nível de software.

A suspensão é controlada eletronicamente e adapta-se a diferentes modos de condução, tornando o veículo mais ágil e proporcionando uma melhor experiência de condução.

7. Motorizações

O novo BMW Série 4 pode ser equipado com um de sete diferentes motores:

MotorizaçõesLitros motorCilindrosCavalos (cv)Binário (Nm)
420i2.04184300
430i2.04258400
440i xDrive3.06374500
420d2.04190400
420d xDrive2.04190400
430d xDrive3.06286650
M440d xDrive3.06340700

Todas as motorizações diesel ou gasolina são equipadas com uma caixa de velocidades automática de oito velocidades com patilhas para controlar as mudanças em modo manual.

O grande destaque é o 440i xDrive, com uma caixa de velocidades automática de 8 velocidades e sistema “mild hybrid”.

Graças a este sistema, o motor a combustão é apoiado por um motor elétrico com tecnologia 48 volts, que acrescenta mais 11cv ao automóvel, permitindo atingir dos 0-100 km/h em apenas 4,7 segundos.

8. Infoentretenimento

O sistema de infoentretenimento do Série 4 é o mesmo que o do Série 3, o sistema BMW iDrive. Contudo, o Série 4 traz mais equipamento de série que o Série 3.

O BMW Série 4 é o primeiro modelo a ter acesso ao sistema Android Auto, para além de acesso ao Apple CarPlay.

Para além disso, permite ainda realizar atualizações de software à distância via satélite.

Este modelo vem equipado com um ecrã tátil central de 8,8 polegadas um painel de instrumentos parcialmente digital com um ecrã de 5,1 polegadas.

Contudo, como extra, é possível adquirir um ecrã tátil central de 10,25 polegadas e um painel de instrumentos com um ecrã de 12,3 polegadas.

9. Preço

BMW Série 4

Os preços das primeiras motorizações do novo BMW série 4 a serem lançadas no nosso país já são conhecidas :

  • 420i: desde 49.500€
  • 430i: desde 56.600€
  • 420d: desde 52.800€
  • 420d xDrive: desde 55.300€
  • M440i xDrive: desde 84.800€

Os preços deste modelo começam perto dos 50.000€, sendo que o M440d xDrive Auto começa nos 85.000€, sendo esta a motorização mais cara divulgada até ao momento, estando pendente a apresentação do novo BMW M4.

10. Lançamento no mercado português

O novo BMW Série 4 começa a ser comercializado em Portugal em outubro deste ano.

Contudo, nem todas as motorizações estarão disponíveis nessa altura. Espera-se que a motorizações vão sendo introduzidas no mercado até final do ano 2021.

Veja também