Elsa Santos
Elsa Santos
25 Mar, 2021 - 11:12

Objetivos profissionais a curto e longo prazo em tempo de pandemia

Elsa Santos

Para muitos trabalhadores portugueses, os objetivos profissionais a curto e longo prazo mudaram ou são especialmente difíceis de definir no contexto atual.

mulher ao computador a definir Objetivos profissionais a curto e longo prazo

Ter objetivos profissionais a curto e longo prazo é importante para progredir na carreira. No entanto, o cenário atual pode ter trocado as voltas ou as prioridades para muitos trabalhadores portugueses. Saiba, assim, o que mudou e o que deve ter em conta.

A pandemia da COVID-19 mudou o mundo, em particular o do trabalho. Se em qualquer carreira de sucesso é fundamental traçar objetivos profissionais a curto e longo prazo, também é importante avaliar a viabilidade dos mesmos em condições tão atípicas como aquelas em que vivemos e trabalhamos.

O trabalho remoto, que inclui o teletrabalho e novas formas de trabalho, evidenciou as vantagens potenciais, mas também os limites e riscos associados. Destacam-se, por exemplo, as condições laborais, de saúde e segurança, o equilíbrio entre a vida profissional e pessoal ou a necessidade de garantir o direito à privacidade.

Para além disso, a flexibilidade de horário e os limites indefinidos entre os tempos de trabalho e de descanso, foram também alguns dos aspetos que ganharam destaque e que vieram mudar, em muitos casos, o rumo a seguir.

Afinal, houve mudanças que vieram para ficar, novas oportunidades que se abriram para uns e adaptações para outros.

Esta realidade e o futuro que se avizinha, muito distinto do passado recente, pode alterar os objetivos profissionais a curto e longo prazo de trabalhadores de diferentes setores de mercado. Se altera em especial a realidade dos mais afetados, é também verdade que muda a daqueles que viram desenhar, perante a crise, a oportunidade de se reinventarem e de crescer.

Objetivos profissionais a curto e longo prazo

Qualquer profissional tem objetivos para a sua carreira. Alguns só precisam de saber como os estruturar.

Definir objetivos profissionais a curto e a longo prazo pode ajudá-lo a encontra o rumo certo para a sua carreira. Provavelmente já passou algum tempo a pensar naquilo que quer alcançar profissionalmente. E se não o fez, talvez o queira fazer.

Ora, pode começar por definir objetivos profissionais a curto e longo prazo.

aumentar a produtividade no Chrome

Objetivos profissionais a curto prazo

Os objetivos a curto prazo são objetivos que se pretendem alcançar num futuro próximo, o que pode ser hoje, esta semana, este mês ou até este ano. Falamos, por exemplo de objetivos, como: conseguir um emprego numa determinada área ou fazer uma formação específica.

No fundo são objetivos que requerem ações mais imediatas e que são mais facilmente alcançáveis e que podem, inclusivamente, servir de alavanca para os segundos, os objetivos a longo prazo.

Objetivos profissionais a longo prazo

Nos objetivos a longo prazo, já se estabelecem metas mais abstratas e longínquas, mas também mais ambiciosas.

Falamos de metas que requerem mais tempo e um maior planeamento, como por exemplo, criar o seu próprio negócio, ser promovido para uma determinada posição, etc.

Por que são importantes?

O sucesso chegou lá por acaso. Além do trabalho árduo, e provavelmente uma boa dose de sorte no percurso, todos têm em comum o facto de terem objetivos profissionais bem definidos.

Estabelecer objetivos para a sua carreira pode ser fundamental para o crescimento profissional. De facto, definir um plano de ação, vai ajudá-lo a manter a direção certa e a trabalhar para alcançar essas suas metas profissionais, sejam elas quais forem.

Mais ainda, para além de o ajudarem a encontrar o rumo para a sua carreira, a questão dos objetivos a curto e longo prazo estará sempre presente na sua carreira.

Em contexto de entrevista de emprego, por exemplo, é algo quer será sempre assunto. Basta pensar nas perguntas mais frequentes numa entrevista. O mais provável é que, a determinada altura, os recrutadores o questionem sobre “onde se vê daqui a cinco anos?”.

Assim, é bom que nesta altura esteja preparado para mostrar seguro das suas metas. Aqui pode começar logo por falar dos seus objetivos a curto prazo. Estes podem passar, naturalmente, que por ser contratado pela empresa para a qual se está a candidatar e fazer um bom trabalho.

Objetivos ambiciosos, mas realistas

Lembre-se que estes objetivos devem ser bem pensados, realistas, alcançáveis. Mais importante, devem ser flexíveis, de forma a que funcionem como um plano orientador para a sua carreira. Desta forma, possibilitam o crescimento profissional e o preparam-no para eventuais ajustes.

Para além disso, tenha sempre em mente, que estes objetivos são apenas uma linha orientadora e que não é possível planear detalhadamente a sua carreira. Nenhum objetivo deve ser fechado já que a sua carreira está sujeita a eventuais mudanças.

Assim, caso aconteçam, deve estar preparado para moldar os seus objetivos e o rumo da sua carreira e aproveitar as oportunidades que lhe possam surgir pela frente.

reunião de trabalho virtual
Veja também 7 competências essenciais no teletrabalho

Objetivos de carreira em tempo de crise

Por muito que nos pareça que o mundo parou por causa do novo coronavírus, a verdade é que a vida continua e o trabalho também. Portanto, defina ou redefina objetivos.

Se é verdade que, particularmente, para muitos setores de atividade, como o turismo ou a cultura, assistimos a casos sérios de crise e o futuro próximo não se avizinha propriamente risonho, isso não significa que a sua carreira profissional tenha que ficar estagnada.

Ficar à espera que o mundo volte a ser exatamente como era até 2019 não parece ser uma opção. Assistimos a um “novo normal” e devemos continuar com a nossa vida neste novo registo. Isso requer ajustes e até alguma criatividade.

Os objetivos profissionais a curto e longo prazo podem mudar, mais ou menos, de acordo com o setor de atividade.

É certo que para muitos trabalhadores portugueses o grande objetivo, atualmente, passa por não perder o emprego ou por ganhar mais, nomeadamente por ter mais despesas inerentes ao facto de trabalhar em casa (teletrabalho), mas a realidade não é igual para todos.

rede de trabalho tecnológico

Progressão de carreira: é possível em pandemia?

Sim, a progressão na carreira em tempos de pandemia é possível, os desafios é que são outros.

Não é segredo para ninguém que em tempos de crise como a que estamos a viver, as empresas retraem-se e as contratações ficam para segundo plano, ou mesmo suspensas.

Contudo, há determinados aspetos que dependem unicamente de cada profissional e que podem ser trabalhados, no sentido de progredir na carreira, mesmo que com novos desafios ou dificuldades.

  • Tome a iniciativa: o seu sucesso depende, sobretudo, de si;
  • Defina o que quer e por quê: (re)avalie e (re)defina os seus objetivos profissionais a curto e longo prazo. Perceba de que forma poderá levar avante os seus projetos e atingir as suas metas, tendo em conta o contexto;
  • Ajuste deadlines (prazos): muitos podem ter de ser ajustados devido a limitações impostas pela pandemia. Pense em que medida o contexto poderá afetar o resultado e procure formas de contornar os obstáculos;
  • Não deixe de aprender: é fundamental manter-se atualizado e aumentar os seus conhecimentos e competências. Existem inúmeros cursos online, muitos gratuitos, sobre todas as áreas de atividade que podem ajuda-lo a melhorar conhecimentos ou desenvolver novas competências;
  • Mantenha os seus grandes objetivos: ainda que as metas possam ter-se tornado mais difíceis de alcançar devido à atual crise, isso não significa, necessariamente, que as oportunidades para no mundo laboral tenham acabado, ainda que possam, de facto, ter mudado.

Mudar de atividade profissional

Ter objetivos profissionais a curto e longo prazo pode implicar seguir um novo rumo. Se a decisão de abandonar uma carreira pode parecer o mais acertado devido a uma crise no setor, há que ter alguma cautela.

Caso se trate de uma ideia de negócio diretamente relacionada com a pandemia, tenha em mente que quando esta terminar, o seu negócio poderá também deixar de fazer sentido.

Se a sua carreira já estava em declínio antes da pandemia e sofreu um agravamento, aí sim poderá ser uma boa oportunidade para bater com a porta e começar do zero.

Trace os seus objetivos a curto e longo prazo

Comece pelos objetivos a longo prazo. Afinal, são esses a sua grande meta. Os objetivos a curto prazo serão “uma muleta” para lá chegar. Sabendo para onde quer ir, resta-lhe trabalhar (muito).

Veja também